Conheça os 10 castelos mais antigos do mundo

São construções que datam de antes do nascimento de Cristo e vêm despertando o fascínio ao longo da história.

- Tempo de leitura: 8 minutos -

Os castelos despertam o encanto da humanidade há centenas de anos. Ainda hoje, é emocionante visitar uma construção de um milênio. Tudo fica ainda mais encantador se o tour considera um dos 10 castelos mais antigos do mundo.

Andar por blocos assentados ainda no século X e imaginar como tudo aquilo foi levantado é, indiscutivelmente, uma das experiências mais marcantes da vida!

O fascínio pelos castelos vem desde suas origens, séculos antes de Cristo e, a partir do século X, as construções se proliferaram, especialmente no Oriente Médio e Europa.

O objetivo destas construções era proteger reis, nobreza e o próprio povo dos conflitos por territórios tão comuns naquela época. Por isso, embora muitos tenham resistido a essas guerras, outros acabaram sendo destruídos.

Felizmente, alguns dos 10 castelos mais antigos do mundo podem ser visitados, mesmo que virtualmente. Vamos embarcar nessa viagem?

Os 10 castelos mais antigos do mundo

Cidadela de Aleppo (3000 a.C.)

Castelos mais antigos do mundo:
Cidadela de Aleppo (Memorino, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons)

A Cidadela de Aleppo, na Síria, é, de longe, o castelo mais antigo do mundo, além de estar também na lista dos maiores. Sua base foi construída em 3000 a.C., porém a maior parte de sua estrutura foi finalizada ao longo do século XII.

A fortaleza integra a Cidade Antiga de Aleppo, centro histórico com mais de 2,4 km² listado como Patrimônio Mundial da Unesco. Se destaca também por ser um dos poucos castelos fora da Europa.

Infelizmente, os intensos conflitos bélicos na Síria destruíram parte da estrutura da Cidadela de Aleppo. A boa notícia é que a construção segue aberta à visitação enquanto reparos são feitos na fortaleza.

Castelo de São Jorge (2 d.C)

Castelos mais antigos do mundo: Castelo de São Jorge, em Lisboa (Portugal)

O Castelo de São Jorge, em Lisboa, tem referências históricas que datam de meados do ano 2 d.C., sendo uma construção moura da época das Cruzadas. Porém, ainda nos séculos VII e II a.C., registros indicam haver um aglomerado na colina onde, hoje, fica o castelo.

No Império Romano, o alto da colina ganhou o nome de Oppidum, zona fortificada do castelo.

Porém, foi somente entre os séculos VII e XI, já no período muçulmano, que as muralhas foram fortificadas. Em 1255, serviu de residência para o clero, albergue para a nobreza e fortaleza militar.

Ao longo dos séculos, o Castelo de São Jorge passou por sucessivas reconstruções em razão dos fortes terremotos, especialmente o ocorrido em 1530.

Castelo de Praga (870)

Castelos mais antigos do mundo: Castelo de Praga
Castelo de Praga (Prague_Castle-3.jpg: Yair Haklaiderivative work: Ludwig Schneider, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons)

O Castelo de Praga foi construído em torno de 870, durante a dinastia Premyslid e, hoje, é considerado como o maior castelo do mundo! Com 70 mil m², não é só um castelo, mas um bairro inteiro, com igrejas, palácios e museus.

Inicialmente, foi habitado por reis da Boêmia, mas serviu de residência para vários governantes que, ao longo dos séculos, foram adicionando novas alas e edifícios.

Atualmente, abriga a residência presidencial, além de atrações turísticas importantes, como a Catedral de São Vito, Golden Lane, antigo Palácio Real, Basílica de São Jorge, Palácio Rosenberg, além dos belos Jardins do Castelo de Praga.

Reconhecido como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO e como o maior castelo do mundo pelo Guinness Book, permite uma bela vista de toda a cidade e é aberto ao público.

Saiba o que são os Patrimônios da Humanidade da UNESCO: O que são os Patrimônios Mundiais da UNESCO? E como são escolhidos?

Castelo Cochem (Reichsburg Cochem – 1000)

Castelos mais antigos do mundo: Castelo Cochem (Alemanha)
Castelo Cochem

Um dos castelos mais bonitos da Europa, o Cochem fica na Alemanha e foi dado como presente ao conde Palatino Henrique I por sua tia, ex-rainha da Polônia. Construído no ano 1000, o castelo tornou-se oficialmente imperial após o rei Konrad III tomá-lo à força.

Cochem foi parcialmente destruído pelas tropas do rei Luís XIV na Guerra dos Nove Anos, mais precisamente em 1688. Mais de um século depois, em 1868, foi restaurado.

Hoje, o castelo pertence à cidade de Cochem e está aberto à visitação. O público pode participar da visita guiada ou fazer o passeio de forma independente. Também são oferecidas refeições especiais e eventos de temporada.

Castelo de Warwick (1068)

Castelos mais antigos do mundo: Castelo de Warwick
Castelo de Warwick

O Castelo de Warwick fica em Warwickshire, na Inglaterra, e foi construído em 1068, por William, o Conquistador. A construção original era do tipo motte-and-bailey, feito de madeira. Depois, foi reconstruído, já como um castelo de pedra, a partir de 1260.

O interessante é que cada líder, conhecidos como Earls, ia gradativamente completando o castelo. Ao longo da Guerra dos Cem Anos, a fachada de Warwick foi refeita.

Após séculos servindo como fortaleza, o castelo foi dado a Sir Fulke Greville em 1604, quando foi transformado em casa de campo. Até que, em 1978, o Tussauds Group comprou o Warwick Castle da família Greville pela bagatela de 1,3 milhão de libras.

Hoje, o castelo sedia exposições sazonais, eventos musicais e festas particulares.

Castelo de Windsor (1070)

Castelos mais antigos do mundo: Castelo de Windsor
Castelo de Windsor

Você, com certeza, já ouviu falar muito no Castelo de Windsor, afinal, é propriedade da família real inglesa. Construído em 1070, é o maior e mais antigo castelo habitado do mundo.

Como assim? Porque a maior parte dos castelos serve como atração turística, enquanto Windsor é uma residência real, a casa de temporada preferida da rainha Elizabeth II. O castelo foi levantado logo após William, o Conquistador, assumir o reinado.

Desde então, trinta e nove monarcas o usaram como residência, passando para a família real a partir do Rei Henrique I. Obviamente, passou por várias mudanças, sendo as mais significativas nas mãos de Henrique III. Nesse período, construiu um palácio dentro de Windsor.

Eduardo III, em seguida, ampliou o castelo com mais benfeitorias. Atualmente, a propriedade tem cinco hectares de área.

Apesar de ser uma da residência real, parte do castelo é aberta para visitação do público em determinados períodos do ano.

Quer saber mais sobre a residência da família real inglesa? Confira: Castelo de Windsor – Fatos e Curiosidades

Castelo Hohensalzburg (1077)

Castelos mais antigos do mundo: Castelo Hohensalzburg
Castelo Hohensalzburg

O Castelo Hohensalzburg foi construído em Salzburgo, na Áustria, em 1077. O projeto foi iniciado por Gebhard I de Helffenstein, mas finalizado pelos sucessores, uma vez que ele foi forçado ao exílio.

Situado no topo de uma colina, foi ampliado diversas vezes, especialmente nos séculos XV e XVII, até atingir proporções impressionantes para os padrões de um castelo medieval.

Depois de 400 anos de ampliações, o castelo como conhecemos hoje foi concluído em 1500.

No século XIX, tornou-se atração turística popular, mas também serviu de prisão durante a Primeira Guerra Mundial.

Atualmente, o Castelo Hohensalzburg é totalmente aberto à visitação e permite animais de estimação nas áreas externas.

Castelo Rochester (1080)

Castelos mais antigos do mundo: Castelo Rochester
Castelo Rochester (Clem Rutter, Rochester, Kent, CC BY 3.0, via Wikimedia Commons)

O Castelo Rochester, na Inglaterra, foi construído por volta de 1080 por Willian II. O objetivo inicial era proteger das invasões a partir do litoral sudeste, além de permitir o controle da travessia do rio.

A obra foi empreendida por ordens do bispo Gundulf e acabou inspirando outras pela região. A fortaleza de Rochester, entretanto, só foi construída a partir de 1127, permanecendo de pé até hoje.

No início do século XIII, o rei João cercou o castelo, o que trouxe danos significativos à estrutura principal.

Apesar disso, o castelo é um dos mais bem preservados castelos da Inglaterra. O que é surpreendente, uma vez que a fortaleza passou por várias mãos, além de ter sido sitiada duas vezes no século XIII.

No século XIX, o castelo tornou-se uma atração turística, embora esteja atualmente fechado para manutenção.

Château de Doué-la-Fontaine (século X)

Castelos mais antigos do mundo: Château de Doué-la-Fontaine
Château de Doué-la-Fontaine (Llann Wé², CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons)

O Château de Doué-la-Fontaine é, talvez, o menos famoso desta lista. Situado no oeste da França, no centro da província histórica de Anjou, pode ter sido o primeiro castelo de pedra europeu. Construído no topo de uma estrutura carolíngia, é aberto à visitação.

Alcázar de Segóvia (1120)

Castelos mais antigos do mundo: Alcázar de Segóvia
Alcázar de Segóvia

O Alcázar de Segóvia, ou “Fortaleza de Segóvia”, na Espanha, é uma construção árabe levantada sobre ruínas do Império Romano em 1120, pelo Rei Afonso VI.

O castelo foi usado como fortaleza, palácio, prisão, faculdade e academia militar.

Um de seus principais diferenciais é a localização em um penhasco rochoso, acima da confluência de dois rios.

Assim como os demais desta lista, passou por inúmeras modificações ao longo da história. A estrutura mais antiga era um forte romano e a atual foi construída no início do século XII.

A partir do reinado de Afonso VIII, passou a ser residência real e ganhou mais ampliações, até chegar ao que conhecemos hoje. Há quem afirme que Alcázar inspirou partes do projeto para o castelo da Cinderela.

Patrimônio Mundial da UNESCO, é um museu e arquivo militar aberto à visitação durante todo o ano.


Então, gostou de conhecer os 10 castelos mais antigos do mundo? Siga conosco e admire, também, os 10 templos budistas mais famosos do mundo! Ou então conheça mais castelos sobre o  mundo?

🔗 17 castelos da Escócia que são um verdadeiro conto de fadas

🔗 História e curiosidades sobre o Castelo de Osaka

🔗 Castelo de Eltz – história e fatos interessantes sobre a construção alemã

🔗 História e curiosidades sobre o castelo de Neuschwanstein

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.