Quanto ganha uma babá na Suíça?

Veja detalhes e curiosidades sobre a profissão de babá na Suíça: mercado de trabalho, salário e qualificações necessárias.

- Tempo de leitura: 4 minutos -

Há muitos anos, brasileiras de todas as regiões deixam o país natal em busca de melhores condições de trabalho na Suíça. Boa parte delas não têm formação acadêmica. Sendo assim, encontram oportunidades em serviços domésticos como os de faxineira, passadeira e babá.

No entanto, apesar de não exigir curso superior, mesmo funções como babá exigem formação, ainda que apenas um curso de babysitter. No Brasil, várias instituições oferecem cursos pagos e gratuitos para capacitação de babás. Os certificados, desde que emitidos por escolas reconhecidas, são aceitos pelos suíços.

Booking.com

Outros pontos que aumentam muito as chances de conseguir emprego na área são o idioma e a experiência profissional.

Mesmo que a babá nem sempre fique sozinha com as crianças, ela precisa compreender minimamente suas necessidades, se está com fome, sede, dor, frio, etc., por isso é importante o domínio do idioma.

A Suíça tem quatro idiomas oficiais, sendo que 86% da população fala os dois principais: alemão (63,5%) e francês (22,5%). O restante das pessoas fala italiano, reto-romano ou outros idiomas. Além disso, o país recebe muitas famílias estrangeiras a trabalho, portanto, o inglês, como língua universal, também é válido.

Em relação às experiências profissionais, elas contam muito na hora de conseguir um emprego. A comprovação da experiência pode ser tanto de famílias brasileiras, quanto de outras famílias suíças.

Sobre o mercado de trabalho, a Suíça possui uma das economias mais estáveis do mundo e uma taxa de desemprego de apenas 4,5%, de acordo com a Organização Internacional do Trabalho.

Pessoas de diferentes nacionalidades conseguem trabalhar no país. Inclusive, conforme dados do sistema previdenciário suíço, no final de 2017 havia mais vagas de emprego do que desempregados.

Quanto ganha uma babá na Suíça?

Tão importante quanto conseguir uma colocação no mercado de trabalho, é conseguir ter bons ganhos para ter qualidade de vida e ainda conseguir juntar algum dinheiro, se este for o objetivo. Vamos, então, ao salário de uma babá na Suíça.

Diferente do Brasil, a legislação suíça não determina um salário mínimo. Dessa forma, o valor do salário é acordado entre empregado e empregador no momento da contratação.

Para assegurar os direitos dos trabalhadores, várias profissões são protegidas por acordos entre as instituições patronais e a CCT – “Conventions Collectives du Travail”, que consiste em uma negociação coletiva para definição de salários e outras questões relativas a determinada profissão, como por exemplo, os benefícios sociais.

As remunerações variam muito dependendo da região do país, mas de modo geral, de acordo com o site Job and Salary Abroad, o salário de uma babá na Suíça é de aproximadamente U$ 2.614 por mês. Convertendo para a moeda do país, o franco suíço, a remuneração mensal de uma babá na Suíça gira em torno de CHF 2.660.

Porém, esta é apenas uma estimativa, tendo em vista a quantidade de variáveis que devem ser levadas em consideração. Se por um lado existem babás que conseguem ganhar mais do que o valor mencionado, por outro, existem aquelas que recebem CHF 500 para trabalhar duas vezes na semana.

Au Pair na Suíça

Assim como em vários outros países da Europa e Estados Unidos, muitas famílias que precisam de uma pessoa para cuidar das crianças recorrem a uma au pair.

Por meio do programa, que dura em média 12 meses, podendo ser prorrogado por igual período, jovens estudantes vão para um país para viver com uma família, cuidando dos filhos. Porém, vale frisar que ela não é uma funcionária doméstica.

A única responsabilidade de uma au pair são os cuidados com os filhos da família anfitriã. Isso pode incluir preparo das refeições, brincadeiras, transporte, lavanderia, lição de casa e hora de dormir.

Por outro lado, a família anfitriã deverá se responsabilizar por fornecer quarto individual, refeições e remuneração ou “mesada”, que é mínima de CHF 500 a CHF 800 por mês, mas pode ultrapassar CHF 1.400.

De acordo com as regras do programa na Suíça, as participantes têm direito a férias remuneradas de quatro semanas (cinco se tiverem menos de 20 anos) e folgas semanais.

Ademais, durante a estadia a au pair deverá participar de um curso de idiomas, que será parcialmente pago pela família anfitriã. O restante dos custos deverão ser pagos pela participante.


Curso de Babá e Berçarista – Online e Gratuito!

Você que já trabalha ou quer trabalhar como babá e deseja se atualizar e capacitar para melhorar suas oportunidades de emprego, temos uma ótima sugestão!

Que tal fazer um curso gratuito de 40 horas, 100% online, com emissão de certificado, em um site associado à ABED (Associação Brasileira de Educação à Distância)?

➥ Confira as vantagens:

  • Melhorar seu currículo possibilitando mais chances de conseguir um bom emprego.
  • Aumentar a probabilidade de conseguir uma promoção no emprego.
  • Completar as horas necessárias nas atividades extracurriculares em faculdades e universidades.
  • Em alguns concursos públicos é necessário possuir um curso específico.
  • Ajudar com a progressão funcional para funcionários públicos.
  • Aumentar seus conhecimentos em uma nova profissão.

⇨ MATRICULE-SE ⇦ 

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.