Quanto ganha um pedreiro na Suíça?

Para trabalhar como pedreiro no país europeu, o tempo de formação varia entre dois e quatro anos. No entanto, remuneração é bastante atrativa.

- Tempo de leitura: 2 minutos -

Ao contrário do Brasil, país em que uma boa parcela desses profissionais possuem apenas ensino fundamental, a Suíça exige uma formação mais extensa, adquirida principalmente por meio do ensino técnico, neste caso, chamado de curso básico de aprendizagem de formação para pedreiro.

A duração, em média, é de dois anos. No entanto, aqueles que desejam ir além podem estudar por três ou quatro anos, recebendo, então, qualificação avançada na profissão.

Além do conhecimento adquirido que, obviamente, auxilia no desempenho do trabalho no dia a dia, profissionais mais qualificados têm mais chances de alcançar melhores postos de trabalho e, portanto, remunerações ainda mais atrativas.

O sistema de formação de aprendizagem, categoria em que se insere o curso básico de aprendizagem de formação para pedreiro, é adotado por boa parte dos estudantes suíços.

Ao todo, mais de 250 profissões podem ser aprendidas por meio desse sistema. A grande vantagem dele é o ensino prático, ou seja, desde o começo, teoria e prática caminham lado a lado, permitindo uma entrada precoce no mercado de trabalho.

No caso dos pedreiros, em especial, a formação em sala de aula é mesclada com atividades práticas em construtoras e empresas de outros ramos que, futuramente, vão absorver os profissionais recém-formados.

Isso porque, os estudantes que concluem o curso com destaque rapidamente recebem ofertas de emprego da empresa onde desenvolveram as atividades práticas.

Quanto ganha um pedreiro na Suíça?

Se no ensino há uma grande diferença em relação ao mercado brasileiro, e em relação aos vencimentos, será que a discrepância também é notória?

Antes de tudo é importante frisar que, diferente do Brasil, a lei suíça não especifica um salário mínimo. Por isso, na maioria das vezes os valores são acordados entre patrões e empregados durante o processo de contratação.

De acordo com reportagem publicada pelo site da BBC Brasil, em setembro de 2018, na Suíça um pedreiro ganha aproximadamente 5,5 mil francos suíços mensais, o que equivale a aproximadamente R$ 24 mil.

Embora possam ocorrer variações dependendo da região, empresa e formação do pedreiro, de acordo com o site Job and Salary Abroad, as jornadas de trabalho vão de segunda a sexta-feira, totalizando 42 horas semanais.

As altas remunerações, aliadas à qualidade de vida, estão entre os fatores que fazem com que a Suíça seja um dos países mais procurados pelos brasileiros que desejam conquistar a vida na Europa.

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Se você continuar a usar este site, assumiremos que você está de acordo com isso. Aceitar Ler Mais

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->