O que fazer no Bairro da Liberdade (SP)?

Pontos turísticos, restaurantes tradicionais e lojinhas: veja dicas do que fazer no Bairro da Liberdade.

- Tempo de leitura: 6 minutos -

De festas típicas a festivais e campeonatos de sumô, o bairro da Liberdade tem opções para visitantes de todos os gostos e estilos. Confira o que fazer na Liberdade:

O que fazer no Bairro da Liberdade em SP

Feira da Liberdade

Sem dúvidas, é um dos locais mais pop da Liberdade. Apesar de funcionar apenas aos finais de semana, a feira é responsável por atrair diversos turistas, principalmente aqueles que estão em busca da culinária típica oriental.

Mas, nem só de tempurá, guioza e yakissoba vive a Feira a Liberdade. Isso porque, além de também servir pratos tradicionais brasileiros, por lá é possível encontrar muitos outros artigos da cultura oriental e bugigangas em geral.

O que fazer no Bairro da Liberdade (SP): Feira da Liberdade
Feira da Liberdade

Museu Histórico da Imigração Japonesa

A imigração japonesa no Brasil teve início oficialmente em junho de 1908, quando o navio Kasato Maru aportou em São Paulo, trazendo 781 trabalhadores para as fazendas de café do estado.

Mais de 110 anos depois, o Museu Histórico da Imigração Japonesa possui um acervo com mais de 100 mil objetos, documentos e fotos que contam a história dos japoneses em solo brasileiro.

O que fazer no Bairro da Liberdade (SP): Museu Histórico da Imigração Japonesa
Museu Histórico da Imigração Japonesa

O museu fica na Rua São Joaquim, 381 – 7º, 8º e 9º andares – Liberdade – São Paulo – SP. O funcionamento é de terça a domingo, das 13h30 até o último visitante.

Jardim Oriental  

Localizado entre o Viaduto Osaka e a Praça da Liberdade, o Jardim Oriental é parada obrigatória para quem visita o bairro. Apesar de muito conhecido, pouca gente sabe que tudo que tem ali possui um significado ligado à cultura japonesa.

O cenário tranquilo encanta muitos turistas com o pequeno lago repleto de carpas e todo rodeado com pés de bambu, cascata e lanterna de pedras.

O que fazer no Bairro da Liberdade (SP): Jardim Oriental
Jardim Oriental, no Bairro da Liberdade

Festival Moti Tsuki

Procurando um destino para passar a virada de ano? A Liberdade pode ser o local escolhido. O festival Moti Tsuki acontece no último dia do ano e pode ser considerado equivalente ao nosso Réveillon.

Durante a festa há apresentações de percussão e, além disso, são distribuídos motis, já que segundo a cultura japonesa esses bolinhos de arroz dão sorte.

O que fazer no Bairro da Liberdade (SP): Festival Moti Tsuki
Festival Moti Tsuki

Tanabata Matsuri, Hanamatsuri e Toyo Matsuri

As festas típicas realizadas na Liberdade não se restringem ao Moti Tsuki. Há mais de 50 anos, durante o mês de abril, o bairro recebe o Hanamatsuri (ou Festival das Flores). Em julho é a vez do Tanabata Matsuri, ocasião em que as ruas ficam decoradas e, em bambus, as pessoas penduram papéis com desejos. Por fim, o Toyo Matsuri, em dezembro, celebra a cultura oriental.

O que fazer no Bairro da Liberdade (SP): Festival Hanamatsuri
Festival Hanamatsuri

Festividades do Ano Novo Chinês

As festividades chinesas também têm espaço no bairro. O Ano Novo Chinês ocorre na Praça da Liberdade em dois dias de comemoração, quando, comida, música e danças típicas invadem as ruas do local. Não perca o desfile do dragão, que é o ponto alto da celebração.

O que fazer no Bairro da Liberdade (SP): Festividades do Ano Novo Chinês
Festividades do Ano Novo Chinês no Bairro da Liberdade

Templo Busshinji

Ideal para quem pretende iniciar na prática da meditação, o Templo Busshinji acolhe aqueles que estão em busca da tradição do zen-budismo. Funciona de segunda a domingo, na Rua São Joaquim, 285 – Liberdade – São Paulo – SP. Horários de meditação e demais informações estão disponíveis aqui.

O que fazer no Bairro da Liberdade (SP): Templo Busshinji
Templo Busshinji

Cine Joia

Inaugurado em 1952, até a década de 80 o Cine Joia era dedicado às produções japonesas. Assim como vários cinemas das regiões centrais das capitais brasileiras, acabou cedendo espaço a uma igreja pentecostal.

Contudo, em 2011, após uma grande intervenção estética e tecnológica, foi reaberto como uma casa de shows. A programação de baladas é bem bacana e, vez ou outra são exibidos alguns filmes no local. O Cine Joia fica na Praça Carlos Gomes, 82 – Centro – São Paulo – SP.

O que fazer no Bairro da Liberdade (SP): Cine Joia
Cine Joia

Chopperia Liberdade

Os karaokês são um verdadeiro clássico da cultura oriental e não é diferente no bairro paulistano. O mais famoso fica na Chopperia Liberdade. No ambiente de decoração kitsch descendentes de japoneses e ocidentais soltam a voz.

O que fazer no Bairro da Liberdade (SP): Chopperia Liberdade
Chopperia Liberdade

Lojas e horário de funcionamento

Além de aproveitar a efervescência da cultura oriental, muitas pessoas aproveitam o passeio pela Liberdade para fazer compras de artigos japoneses, coreanos e chineses. Confira algumas das principais lojas e seus respectivos horários de funcionamento.

Sabe aqueles itens de cozinha “diferentões”? A Omiyague oferece uma infinidade de opções. Localizada na Rua dos Estudantes, 64 – Sé, fica aberta de segunda a domingo, das 9h ao último cliente.

Se você é do time que se arrisca na culinária japonesa, a Tenman-ya (Rua dos Estudantes, 19 – Liberdade, de segunda a domingo, das 9h ao último cliente) é a opção perfeita. É possível encontrar diversos itens típicos do Japão, incluindo as famosas facas super afiadas e hashis com estampas no cabo de madeira.

Ainda na vibe da gastronomia tradicional, as diversas mercearias da região comercializam as principais comidas e ingredientes orientais. A mais famosa delas é a Marukai (Rua Galvão Bueno, 34 – Liberdade, de segunda a domingo, das 8h às 20h). Lá é possível encontrar itens como raiz de lótus em conserva, pasta de missô, maruten e guioza.

Os fãs de mangás não podem deixar de visitar a Livraria Sol. O lugar oferece diversos títulos em português e outros tantos em versão estrangeira. Localizada na Praça da Liberdade, 153 – Liberdade, a loja fica aberta de segunda a sábado das 9h ao último cliente e aos domingos das 11h ao último cliente.

Para quem está em busca de itens de papelaria e variedades em geral, a Fancy Goods (Rua Galvão Bueno, 224 – Liberdade, de segunda a sábado das 9h ao último cliente e aos domingos das 9h30 ao último cliente) é uma excelente opção. Lá é possível encontrar desde as famosas borrachas em formatos divertidos até marmitas e guarda-chuvas.

Se o intuito é buscar produtos de beleza, a Ikesaki e a Audrey são os melhores locais. Variedade e preços baixos são os principais atrativos de ambas, que ficam bem próximas.

A primeira fica na Rua Galvão Bueno, 37 – Liberdade e funciona de segunda a sábado das 8h15 até o último cliente e aos domingos das 11h ao último cliente. A segunda está na mesma rua, mas no número 69. O horário de funcionamento é de segunda a domingo, das 9h ao último cliente.

Onde comer na Liberdade

Ao visitar o bairro, não deixe de provar a culinária tradicional. Por todos os lados há restaurantes que servem comidas típicas do Japão, China e Coreia.

As famosas casas de lámem Aska e Lámen Kazu nunca decepcionam quando o assunto são as tigelas fumegantes de massa com um saboroso caldo. A cara da Ásia.

Os restaurantes japoneses, desde os mais modernos até os tradicionais rodízios também são excelentes pedidas. Ali, fica o mais antigo restaurante japonês de São Paulo, o Hinodê. Localizado na Rua Tomás Gonzaga, o lugar tem mais de 50 anos de história.Para degustar um bom “japa” você pode visitar  também outros locais como Sendai, Ban, Sushi Yassu e Sushi Lika.

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Assumimos que você está de acordo, mas você pode não aceitar caso prefira. Aceitar Ler Mais

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->