Manifestações e Danças típicas do Uruguai

O país tem, na dança, uma forte representação de sua cultura que apresenta traços europeus, indígenas e africanos.

O Uruguai, país latino americano conhecido pelo litoral de belas praias e interior colonial, tem cultura pulsante, como seus vizinhos Brasil e Argentina. Como forte manifestação de suas tradições e história, as danças típicas do Uruguai trazem as raízes formadoras daquele povo, sendo apreciadas desde a escola. Os ritmos campesinos se misturam às influências europeias e africanas para resultar em manifestações únicas. 

A paixão dos uruguaios pela dança começa cedo, desde a primeira infância, quando as crianças têm aulas de ritmos tradicionais e os apresentam para os pais. Quando adultos, bailam em clubes, bares e shows mostrando que, no país, o movimento corporal é intensamente valorizado. As atividades musicais e de dança compõem o rico patrimônio cultural do Uruguai, sendo apoiadas pelo governo e entidades de classe. 

As manifestações folclóricas uruguaias são variadas e carregam influências campesinas, africanas e europeias. Imigrantes do além-mar chegaram ao país no século XIX, especialmente espanhóis e italianos. Escravos africanos, assim como em outros países da América, deixaram sua forte contribuição em ritmos muito característicos. A fusão das raízes europeias, africanas e dos pampas resultou na riqueza das manifestações de danças típicas do Uruguai

Danças e Manifestações típicas do Uruguai

1 Candombe

Dança imortalizada nos quadros de Feagri, o candombe é um dos ritmos mais tradicionais do Uruguai e tem o poder de converter espectadores em participantes. O candombe chegou ao país com os escravos africanos que lutaram para preservar suas tradições. Tocado e dançado nas ruas, tem nos três tipos de tambores (chico, piano e repique) a instrumentalização do desabafo das dores e sentimentos dos escravos. Atualmente, é muito tocado nos “Desfiles de Llamadas”, durante o carnaval do Uruguai. 

2 Payada

A payada é um dos primeiros estilos tradicionais do Uruguai e nasceu nos campos do interior do país. Os responsáveis pela criação do estilo musical poético são os homens gaúchos que viram, na payada, o modo de expressar seu cotidiano e modo de vida. Na payada, dois “pagadores” investem em um tipo de duelo verbal, ao som de violões, estabelecendo um diálogo poético. 

3 Milonga

A milonga é, sem dúvida, um dos ritmos mais tradicionais do Uruguai, incorporando elementos da payada e candombe. A dança nascida em Montevidéu veio pelos ritmos trazidos pelos portugueses e espanhóis. A milonga parece um tipo mais rápido de tango, usando o violão para tratar do cotidiano gaúcho, além de tocar em temas mais profundos da vida pessoal. 

A milonga uruguaia logo atravessou fronteiras e chegou ao território argentino. A diferença é que, no país hermano, não incorpora os ritmos africanos de forma tão evidente.

4 Tango

O tango é um estilo de música e dança originado nas cidades de Montevidéu e Buenos Aires. Suas origens misturam candombe, milonga, além de ritmos europeus, com letras falando do amor. Muitas delas incluem gírias características da classe trabalhadora dos dois países. Icônico em todo o Uruguai, o tango tornou-se espetáculo praticado e apresentado em clubes, bares e shows. 

5 Pericón

O pericón é um ritmo criado em 1887 pelo músico uruguaio Gerardo Grasso. Dançado tanto no Uruguai quanto na Argentina, o pericón consiste na disposição de oito casais que seguem um passo básico para, depois, executar coreografias mais elaboradas, gritando “Aura”. Uma das figuras coreográficas mais conhecidas é a pabellón, na qual os casais fazem um círculo, se abraçando e segurando lenços azuis e brancos, representando a bandeira uruguaia, no alto da cabeça. 

6 Malambo

O malambo é uma dança cuja criação é compartilhada entre gaúchos e escravos africanos. Tradicionalmente, é dançada por homens que se revezam, em pares: enquanto um dança, o outro espera, abaixando-se e observando o companheiro pisar, bater palmas, arquear as pernas, cruzar os joelhos e pular.

7 Cumbia

A cumbia é um gênero originário do Caribe, chegando ao Uruguai pelas mãos da classe trabalhadora que, aos poucos, foi ganhando toda a sociedade, sempre ao ritmo de tambores. 

8 Murga

A murga chegou ao Uruguai com um grupo de espanhóis que a representavam nas ruas em troca de dinheiro. É um tipo de teatro musical composto por 15 pessoas que cantam a política, economia e atualidades do país ao som da bateria. Um dos selos culturais mais importantes do país, a murga integra os rituais do carnaval uruguaio.

Você pode gostar também

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.