Como ir para a Ilha do Mel, canto ainda intocado no litoral paranaense?

Distante cerca de 120 quilômetros de Curitiba, o acesso à Ilha do Mel é feito por barco e leva a um dos pedaços mais bonitos do Paraná.

Caminhadas por trilhas de terra, praias muito bem preservadas, lanterna como item obrigatório nos passeios noturnos e a impressão de que o tempo parou. Isso é Ilha do Mel, paraíso quase intocado no litoral do Paraná. Pousadas rústicas, restaurantes charmosos, história, monumentos seculares e geografia singular também caracterizam a região. Mas, como ir para a Ilha do Mel?

Ilha do Mel, vista do Farol das Conchas
Ilha do Mel, vista do Farol das Conchas

Antes de descrever o trajeto, é bom saber que a Ilha do Mel tem quase três mil hectares de mata preservada e foi transformada em estação ecológica pela UNESCO. Bastou receber o título para que a área cheia de costões, trilhas, mangues, morros e atrativos históricos fosse promovido. Mas, isso não significa um turismo desenfreado! A região é protegida, limita o acesso de visitantes por dia e não permite carros, nem outros veículos. 

Onde fica a Ilha do Mel?

Mapa: Onde fica a Ilha do Mel
Mapa: Onde fica a Ilha do Mel

A Ilha do Mel está localizada no município de Paranaguá, a cerca de 120 km de Curitiba, capital paranaense. Trata-se de uma área de preservação administrada pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP) com 25 quilômetros de praias ainda desertas ou pouco urbanizadas. A população se distribui entre pequenas vilas, como a Encantadas, Nova Brasília, Farol, Praia Grande e Fortaleza.

Como chegar na Ilha do Mel?

A capital mais próxima à Ilha do Mel é Curitiba, distante cerca de 120 km. Porém, o acesso à Ilha só é feito por barco, partindo de Paranaguá ou Pontal do Paraná. De Curitiba ao  Pontal do Paraná, o turista pode optar por trafegar pela BR-277, PR-407 e PR-412. Se a opção for Paranaguá, deve seguir pela BR-277. As rodovias são duplicada, com exceção de um trecho de 40km de pista simples para quem vai para Pontal.

A travessia saindo do Pontal leva 30 minutos, além de ter horários variados e flexíveis. As partidas ocorrem de hora em hora, desde às 8h até 18h, a R$ 35,00 ida e volta (sujeito a alterações). Enquanto isso, o trajeto a partir de Paranaguá demora 1h45. Porém, apesar de mais longo, é lindo e permite ao turista conhecer as atrações da cidade antes de embarcar. Existem três saídas diárias a R$ 53,00 para ida e volta (valores sujeitos a alterações)

A Ilha do Mel dispõe de dois destinos, as vilas de Nova Brasília e de Encantadas, ambas com trapiche para desembarque. Cabe a você ver qual deles é mais próximo de sua pousada. Para verificar os horários, valores e outras informações sobre as saídas, basta entrar no site: http://www.abaline.com.br/ . Também há a opção para quem sai de ônibus a partir de Curitiba. A empresa que faz a rota até Pontal e Paranaguá é a Viação Graciosa

É bom lembrar que, por se tratar de uma área preservada, não é permitido trafegar pela Ilha do Mel em veículos automotores, nem de tração animal. Ainda, o acesso é limitado a 5.000 pessoas por dia em espaços delimitados. Isso significa que você não vai poder sair perambulando livremente por lá! Mas, não desanime, pois o lugar guarda jóias em forma de pontos turísticos, como a Gruta das Encantadas, o Farol das Conchas e a Fortaleza de N. S. dos Prazeres.

Gruta das Encantadas, na Ilha do Mel
Gruta das Encantadas, na Ilha do Mel

Você pode gostar também

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.