Como ir para a Ilha do Campeche, em Florianópolis?

Conheça os três pontos de partida a partir da capital catarinense, além das principais atrações turísticas da Ilha do Campeche.

- Tempo de leitura: 4 minutos -

Florianópolis está entre as cidades brasileiras que oferecem melhor qualidade de vida. Também, pudera! A capital com altos índices de desenvolvimento humano tem praias de tirar o fôlego, boas universidades, mercado de trabalho e um alto astral que faz juz ao apelido de “Ilha da Magia”. 

Um ponto específico apresenta crescimento vertiginoso e é alcançável em poucos minutos de barco. Veja como ir para a Ilha do Campeche e o que fazer por lá! 

Onde fica a Ilha do Campeche?

Mapa: Onde fica a Ilha do Campeche
Mapa: Onde fica a Ilha do Campechesc

A Ilha do Campeche está localizada em frente à praia de mesmo nome, a Praia de Campeche, ao sul de Florianópolis. A pequena floresta de 2.400 m² tem muito verde e trilhas que levam para conhecer inscrições rupestres, mergulho com snorkel e trilha subaquática. Suas águas cristalinas e areia branquinha a tornaram conhecida por “Caribe Catarinense” e um dos destinos mais procurados do estado. Porém, a alta demanda e o tombamento como Patrimônio Histórico e Paisagístico restringem a visita. 

Ilha do Campeche (SC)
Ilha do Campeche

Só é permitida a entrada de 800 pessoas por dia que podem ficar, no máximo, quatro horas no local, cada uma. A recomendação, então, é planejar e reservar seu passeio com alguma antecedência. Os sortudos encontram trechos preservados da Mata Atlântica, animais silvestres, como o quati, e um sítio arqueológico com inscrições deixadas pelo homem pré-histórico há milhões de anos. A dica, também, é chegar cedo à Ilha, pois os passeios costumam ser realizados entre as 09h e 16h, em razão da maré. 

Desde fevereiro de 1940, a Ilha do Campeche está sob os cuidados da Associação Couto de Magalhães, e atualmente está sob a gestão do IPHAN, compartilhada com distintas associações que auxiliam na conservação do lugar. 

O que fazer na Ilha do Campeche?

A atividade mais popular dos visitantes é o mergulho, pois o mar calmo e cristalino é perfeito para ver corais e pequenos peixes. As trilhas, por sua vez, possuem níveis diferentes de dificuldade, mas todas só devem ser feitas na companhia de um guia cadastrado pelo Iphan. 

Mar cristalino da Ilha do Campeche
Mar cristalino da Ilha do Campeche

Voltando aos desenhos rupestres, são mais de 100 petróglifos cravados nas rochas, tendo como temas flechas, animais, símbolos geométricos e o próprio homem. O local possui mais inscrições rupestres que a Ilha de Santa Catarina, a Ilha do Arvoredo e a Ilha das Aranhas, todas juntas. 

Arte Rupestre na Ilha do Campeche
Arte Rupestre na Ilha do Campeche

Como ir para Ilha do Campeche?

A Ilha do Campeche só é acessível pelo mar, portanto, em passeios de barco conduzidos por poucas empresas autorizadas. O valor varia entre a baixa e alta temporada, sendo que, nos meses mais concorridos, é necessário agendar o passeio. 

três pontos de partida, todos na região sul da capital, e a dica é levar dinheiro em espécie. Na ilha, há restaurante, mas é permitido levar lanches no barco (mas, nada de deixar lixo na Ilha, ok?). Pois bem, os pontos de partida para a ilha são: 

  • Praia do Campeche

Ponto mais próximo da Ilha do Campeche, o transporte é feito por pequenos botes infláveis em uma viagem que leva de 10 a 15 minutos. Mas, dependendo das condições climáticas, o turista pode se molhar durante o trajeto. Apesar de ser o mais próximo, é o que tem valores mais salgados, variando de R$ 100,00 a R$ 150,00 a travessia (sujeito a alterações). 

  • Praia da Armação

O trajeto é executado por barcos de pescadores no tempo aproximado de 40 minutos, saindo do píer na ponta da praia, próximo à Igreja Santana. É o mais usado e tem preços em torno de R$ 100,00 (sujeito a alterações).

  • Barra da Lagoa

Opção é mais distante da Ilha do Campeche com trajeto executado por escunas, no tempo aproximado a uma hora e vinte minutos. Mesmo diante da duração maior, a viagem é compensada pela vista da ilha de Florianópolis, pois a embarcação navega beirando o litoral. O píer de onde partem os barcos fica próximo à rua Amaro Coelho, na ponta da praia da Barra da Lagoa. Os preços podem chegar a R$ 150,00 (sujeito a alterações).

É importante frisar que as saídas podem sofrer atrasos, dependendo das condições meteorológicas, podendo ser até canceladas por motivos de segurança. Lembre-se, também, que a viagem pode provocar enjoos em passageiros mais sensíveis ao balanço do mar, sendo recomendado o uso de medicação própria prescrita pelo médico de confiança. 

Quando ir para a Ilha do Campeche?

A alta temporada vai de 15 Dezembro até final de Março, período em que os passeios ocorrem diariamente. Na baixa temporada, os passeios são feitos apenas aos finais de semana e em feriados prolongados.

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.