Quanto ganha um professor nos Estados Unidos?

Saiba quais os níveis de remuneração para a carreira de professor nos Estados Unidos, além dos requisitos e informações sobre mercado de trabalho.

- Tempo de leitura: 3 minutos -

A carreira de professor, sem dúvida, está entre as mais importantes devido à contribuição para a formação do indivíduo, desde a Educação Básica até níveis superiores. No entanto, persiste a desvalorização salarial, especialmente nos países em desenvolvimento.

Por isso, existe a tendência migratória de profissionais acadêmicos em busca de melhores condições, como para o Hemisfério Norte. Diante disso, confira agora quanto ganha um professor nos Estados Unidos, um dos principais destinos para este fim. 

Na “terra do Tio Sam”, o salário mínimo pode variar segundo o estado, pois estes são independentes, mas existe o piso de US$ 7,25 por hora trabalhada a ser respeitado. A regulamentação foi estabelecida em 2009 por força de uma lei federal e, desde então, o país assiste a intensos debates e movimentos que lutam por melhorias salariais. O objetivo é elevar o mínimo para US$ 15 a hora trabalhada, o que beneficiaria inclusive imigrantes em condições de pobreza. 

Quanto ganha um professor nos Estados Unidos?

A média salarial de um professor nos Estados Unidos vai depender tanto do estado quanto do nível onde o profissional leciona. De maneira simplificada podemos resumir o sistema educacional dos EUA nas seguintes etapas:

  • Preschool: Equivalente à Educação Infantil
  • Kindergarten: Equivalente ao Jardim de Infância
  • Elementary School: Equivalente ao Ensino Fundamental I
  • Middle School: Equivalente ao Ensino Fundamental II. Preparatório para o Ensino médio
  • High School: Equivalente ao Ensino Médio brasileiro, porém com duração de 4 anos
  • College/University: Ensino Superior.

Segundo informações do U.S. Bureau of Labor Statistics, o salário médio inicial de educador do Jardim de Infância (Kindergarten) e da Elementary School é de US$ 59.420 anuais (US$ 4.951,67/mês), sendo que os 10% que ganham menos recebem menos de US$ 39.020 por ano (US$ 3.251,67/mês), enquanto os 10% que ganham melhor recebem salários maiores que US$ 97.900 anuais (US$ 8.158,33/mês).

Por outro lado, na Middle School, os salários variam de US$39.990 (US$3.332,50/mês) a US$ 96.280 anuais (US$ 8.023,33/mês), mas faz-se a estimativa geral de um valor médio de US$ 59.660 por ano (US$ 4.971,67/mês).

Já para o Ensino Médio (High School), o salário do professor varia de US$ 40.540 (US$ 3.378,33/mês) a US$ 99.660 anuais (US$ 8.305,00/mês).O salário médio considerando todas a faixa de valores gira em torno de US$ 61.660 por ano, o equivalente a US$ 5.138,33 mensais.

Professores universitários, cuja exigência em grande parte das universidades é ter doutorado, no entanto, Algumas instituições (os Community Colleges) permitem o ingresso de docentes portando apenas o título de mestrado. 

A média salarial de professores do nível superior (College/University) é de US$ 79.540 anuais, o equivalente a US$6.628,33 mensais. Por ser um nível do sistema educacional com uma grande variedade de áreas de conhecimento, a faixa salarial varia bastante conforme o curso em que o professor leciona. Sendo assim, os valores oscilam numa faixa que vai de US$ 40.480 (US$ 3.373,33/mês) a US$ 174.960 (US$ 14.580,00/mês) por ano.

Nos cursos de Direito, o salário média é de US$ 9.460,83 mensais, sendo uma das áreas mais bem remuneradas. Confira abaixo as médias salariais anuais para outras áreas de docência:

Salário Anual de Professores do Ensino Superior nos Estados Unidos:

  • Direito: US$ 113.530
  • Economia: US$ 104.370
  • Engenharia: US$ 101.010
  • Área Médica:  97.320
  • Física: 89.590
  • Arquitetura: 87.900
  • Ciências Políticas: 85.930
  • Ciências da Computação: 585.180
  • Psicologia: 76.620
  • Arte, Drama e Música: 69.530

Para informações sobre outras áreas basta acessar o site do BLS.

Onde ganhar mais nos Estados Unidos?

Alguns estados americanos se destacam por pagar melhor seus trabalhadores, como Columbia e Califórnia. Neles, o mínimo por hora trabalhada é de US$ 14 e US$ 11, respectivamente. Em cidades como Los Angeles e San Francisco, o mínimo de US$ 15 por hora já está em processo de implementação. Em Massachusetts, foi estabelecido o reajuste anual de US$ 1 ao salário vigente até alcançar os US$ 15 esperados, pagando US$ 12 por hora, atualmente. 

Vermont e Nova York seguem a tendência, pagando US$ 10,78 e US$ 11 a hora, cada um. No caso de Nova York, a variação chega aos US$ 15, dependendo da região pesquisada. Portanto, estas federações são excelentes opções na hora de programar uma mudança! 

Na outra ponta da lista, estão Rhode Island e Connecticut, com salários de US$ 10,50 e US$ 10,10 a hora. O estado do Alaska, por sua vez, está distante dos US$ 15 esperados – a hora trabalhada por lá é paga por US$ 9,89. 

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.