Quanto ganha um médico nos Estados Unidos?

Estudo realizado por um site de recrutamento mostrou que os médicos são os profissionais com melhores salários no país.

Em praticamente todo o mundo, os médicos são profissionais extremamente reconhecidos e, não é diferente quando se trata dos Estados Unidos. Assim como no Brasil, o exercício da medicina no país proporciona excelentes remunerações, além de prestígio social.

Se você é formado em outro país e alimenta o sonho de exercer a profissão em território estadunidense, saiba que o processo de validação do diploma é longo e difícil, mas não impossível.

Antes de falar sobre o processo, é necessário pontuar a questão da residência, que não é aceita no país. Portanto, se você pretende trabalhar em alguma especialidade, como por exemplo, pediatria, saiba que terá que começar a residência do zero.

Validação do diploma de médico nos EUA

Dito isso, vamos ao processo de validação do diploma. A prova para médicos formados em outros países é a mesma aplicada aos formandos em medicina de universidades estadunidenses.

Funciona como uma espécie de OAB, onde somente os aprovados são considerados aptos ao exercício da profissão. O ponto positivo dessa avaliação é que ela também é usada na classificação da residência médica, ou seja, contribui para mais um passo importante.

A prova recebe o nome de USMLE – United States Medical Licensing Examination e é constituída por três testes, estes, chamados de STEPs: Step 1, Step 2 CK e Step 2 CS. Todos eles são aplicados em inglês, portanto, proficiência na língua é indispensável.

Além do conhecimento no idioma, os testes vão avaliar se o candidato possui conhecimento médico suficiente para o exercício da profissão.

Ademais, será necessário enviar traduções juramentadas do diploma, histórico escolar e um formulário autorizado que é usado para conferir os dados fornecidos junto à faculdade de origem.

O processo pode ser realizado durante o ano todo. Assim que confirmado o pagamento da inscrição, o candidato poderá agendar a avaliação. Vale destacar que atualmente (no ano de 2020) o candidato pode fazer até 6 tentativas para cada Step, desde que pague as taxas necessárias e respeite os intervalos de tempo estabelecidos entre cada tentativa. No entanto, uma nova política, a ser implementada no dia 1º de Janeiro de 2021, reduzir a quantidade de tentativas permitidas por cada etapa para quatro.

O custo da inscrição para as quatro provas é bastante elevado, cerca de U$4.000. Confira mais detalhes pelo site da ECFMG – Educational Commission For Foreign Medical Graduates.

Sendo um processo longo, caro e difícil, será que o salário para médicos que trabalham no país norte-americano vale o esforço da validação do diploma?

Salário de um médico nos Estados Unidos

Nos Estados Unidos, as carreiras na área de saúde estão entre as mais rentáveis. Levantamento feito pelo US Department of Labor (Departamento de Trabalho dos Estados Unidos da América) mostra a realidade dos salários e do mercado de trabalho para médicos nos EUA.

Segundo o levantamento, os médicos estão entre os profissionais mais bem remunerados entre todas as ocupações no país. Ainda de acordo com o US Department of Labor, o salário médio anual de um médico nos Estados Unidos no ano de 2019 girou em torno de U$208.000, o equivalente a cerca de $100,00 por hora.

No entanto, os vencimentos podem variar muito dependendo de vários fatores, dentre os quais, especialidade do profissional, tempo de experiência e estado onde desempenha suas funções. Muitos médicos trabalham full time, isto é, estão disponíveis o tempo todo e trabalham por longas e irregulares horas, muitas vezes em plantões noturnos, que acabam por justificar a remuneração elevada.

Confira o salário anual de algumas especialidades, segundo o site do Departamento de Trabalho dos EUA:

  • Anestesiologista – U$261,730;
  • Cirurgião – U$252,040;
  • Obstetras e Ginecologistas – $233,610;
  • Psiquiatras – U$220,430;
  • Médicos da Família – 213,270;
  • Pediatra– U$184,410.

Você pode gostar também

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.