Quanto ganha um professor em Cuba, ilha socialista das Antilhas?

No ano passado, professores deixaram a profissão em razão dos baixos salários, o que trouxe grave déficit na Educação cubana.

- Tempo de leitura: 2 minutos -

Cuba paga aos seus professores quase o mesmo salário de seus garis. Esta foi a manchete de notícia publicada no portal Cibercuba, em outubro de 2018. A matéria compara as remunerações das duas profissões mais mal pagas no país, frente ao que recebem trabalhadores da indústria açucareira, na outra ponta. Os baixos “soldos” são razão para grave déficit dos profissionais. Mas, quanto ganha um professor em Cuba?

No período em que a matéria sobre os salários de professores e varredores de rua foi publicada, os profissionais da Educação recebiam, em média, 533 pesos cubanos (CUC) por mês. Trabalhadores de serviços comunitários ganhavam, na época, 532 CUC. O texto expunha que o montante não era suficiente para pagar serviços básicos à profissão, como uma simples conexão de internet. 

O resultado foi alarmante déficit de professores, em todas as regiões, de modo que as vagas fossem preenchidas por universitários e funcionários de meio período. O quadro grave, não só na Educação mas em outros setores, levou o governo a reajustar o salário de servidores públicos. A notícia estimulou que, ao menos, 5 mil docentes inativos voltassem à sala de aula. Veja quanto ganha um professor em Cuba e a realidade no país.  

Déficit de professores em Cuba

Em 2019, pouco tempo depois da reportagem do portal Cibercuba, o déficit de professores para iniciar o ano letivo era de 6%. No intuito de cobrir a vacância, o plano era ir em busca de professores contratados, assistentes estudantis, entre outras alternativas. E, não era para menos! Enquanto o salário mínimo nacional era de 777 CUC, professores ganhavam entre 533 CUC e 538 CUC.

Em 2019, pouco tempo depois da reportagem do portal Cibercuba, o déficit de professores para iniciar o ano letivo era de 6%.

Obviamente, a qualidade do ensino caiu, assim como houve a deterioração da infraestrutura das instituições educacionais. Após o aumento salarial anunciado, mais de 5 mil docentes cubanos pediram para voltar ao trabalho. A medida beneficiou outros setores públicos e usuários, alcançando cerca de 2,7 milhões de pessoas. 

Salário do professor em Cuba

Após o aumento salarial projetado para a partir de julho de 2019, professores passaram a ter remuneração mensal média de 1000 CUC. Docentes universitários, auxiliares e assistentes tiveram aumento salarial para 1700 CUC, 1600 CUC e 1400 CUC, respectivamente. Vale destacar que, com o novo salário do professor em Cuba, voltaram ao trabalho profissionais aposentados que querem complementar a renda previdenciária.

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Assumimos que você está de acordo, mas você pode não aceitar caso prefira. Aceitar Ler Mais

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->