Saiba quanto ganha um arquiteto nos Estados Unidos!

O país está entre os que melhor remuneram profissionais da área e garante boas oportunidades para quem quer investir no mercado estrangeiro.

- Tempo de leitura: 3 minutos -

A Arquitetura é uma das áreas profissionais mais encantadoras, já percebeu? Afinal, quem não se deslumbra com prédios de design arrojado, projetos paisagísticos inovadores ou um bem estruturado planejamento urbano? A profissão exige talentos bem específicos e estas habilidades são bem valorizadas no Brasil e outros países, especialmente aqueles situados no Hemisfério Norte. Quanto ganha um arquiteto nos Estados Unidos, por exemplo?

O país está entre os que melhor pagam o arquiteto no mundo, ficando atrás apenas da Suíça e Reino Unido. Obviamente, as médias salariais variam conforme região e tamanho da empresa. Outro ponto bastante discutido no salário do arquiteto pelo mundo é a discrepância entre quanto ganham homens e mulheres. Apesar da luta constante, persistem as remunerações inferiores pagas a elas, ainda que sua formação seja superior. 

A posição ocupada dentro de uma empresa também influencia no salário do arquiteto nos Estados Unidos. A possibilidade de uma sociedade pode alavancar as chances de bons rendimentos. Ademais, a própria área de atuação pode dizer muito sobre quanto um arquiteto pode ganhar por lá. Confira, a seguir, quanto ganha um arquiteto nos Estados Unidos e como é o mercado no país

Áreas de atuação do arquiteto

No Brasil, as áreas melhor remuneradas são as arquiteturas de edificações e urbanismo. A primeira é uma das mais requisitadas e permite que o profissional atue em todas as fases da construção civil. Caso opte pela arquitetura urbanista, o arquiteto deve idealizar, projetar ou gerenciar construções, pensando na prática do projeto. Já o urbanista é empregado no planejamento urbano, incluindo o saneamento. 

Nos Estados Unidos, a realidade é bem próxima, mas também remunera bem profissionais atuantes em outras áreas, tais como:

  • arquiteto de interiores: responsável pela decoração do projeto 
  • arquiteto de patrimônio: cuida do patrimônio físico através de restaurações
  • arquiteto paisagista: parques, jardins, além da ambientação física 

Quanto ganha um arquiteto nos Estados Unidos?

A média salarial nos EUA, de acordo com o Bureau de Trabalho e Estatística dos Estados Unidos, é de U$ 76.930 anuais, o equivalente a U$ 6.410 por mês. Os estados onde o profissional tem melhores perspectivas são Georgia (U$ 97.090 anuais), Massachusetts (U$ 95.900 anuais) e Califórnia (U$ 95.070 anuais). Nestas federações, os salários mais altos estão nas cidades de São Francisco, Salinas e Palm Beach. 

Porém, a geografia não é o único fator que diferencia a remuneração do arquiteto nos Estados Unidos. Ser sócio em uma firma de arquitetura pode aumentar, de forma considerável, os ganhos de um profissional. E, como já mencionado, a diferença de gênero ainda persiste no país. Para se ter uma ideia, o número de homens com salários anuais superiores a U$ 100 mil é 7% maior que o de mulheres. 

Por outro lado, o número de arquitetas que ganham menos de U$ 50 mil é 36% superior quando comparado ao montante de profissionais do sexo masculino. É bom frisar que, quanto à formação, 58% das mulheres graduação de quatro anos de curso, contra 54% dos homens. Os dados são de pesquisa realizada pela ClearEdge3D. E como conseguir emprego de arquiteto nos Estados Unidos?

Para um estrangeiro, o processo pode ser um pouco mais difícil em razão do visto e validação do diploma. Mas, plataformas como o Architect-US trabalham com renomados escritórios de arquitetura no país (OMA, SOM, SHoP Architects, entre outros) e podem ajudar os candidatos com os processos legais.


Curso de Inglês – Online e Gratuito!

Você que deseja trabalhar nos Estados Unidos e quer se capacitar para melhorar suas oportunidades de emprego, temos uma ótima sugestão!

Que tal fazer cursos gratuitos de inglês, do básico ao avançado, 100% online, com emissão de certificado, em um site associado à ABED (Associação Brasileira de Educação à Distância)?

➥ Confira as vantagens:

  • Melhorar seu currículo possibilitando mais chances de conseguir um bom emprego.
  • Aumentar a probabilidade de conseguir uma promoção no emprego.
  • Completar as horas necessárias nas atividades extracurriculares em faculdades e universidades.
  • Em alguns concursos públicos é necessário possuir um curso específico.
  • Ajudar com a progressão funcional para funcionários públicos.
  • Aumentar seus conhecimentos em uma nova profissão.

➥ CURSOS DISPONÍVEIS:

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Se você continuar a usar este site, assumiremos que você está de acordo com isso. Aceitar Ler Mais

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->