Praias de Itanhaém – onde ficam e as melhores para banho

A segunda cidade mais antiga de São Paulo atrai visitantes de todo o país pela beleza de seu litoral, digna de cartão postal.

As praias de Itanhaém, a 109 km de São Paulo, são o tipo de atração que reúne tudo que um turista procura. A região tem o melhor do turismo religioso, ecológico, náutico, fluvial, histórico e, claro, muita beleza! A segunda cidade mais antiga do estado atrai visitantes de todo o país em busca de descanso sob sombra, água fresca e mar azul! Confira, a seguir, onde ficam as praias de Itanhaém  e quais são as melhores para banho

Itanhaém foi fundada em 1532, sediando a antiga capitania de São Vicente. Por isso, visitar a cidade é, literalmente, viajar pela história do Brasil, a partir de construções, como o Pelourinho, Convento Nossa Senhora da Conceição, Casa de Câmara e Cadeia, além do Convento Nossa Senhora da Conceição. Os adeptos ao mergulho também podem se esbaldar na Laje da Conceição e nas Ilhas da Queimada Grande e Pequena.

Como se não bastasse, a cidade tem, nada menos, que 2.000 km de riachos, rios e cachoeiras que, até hoje, seguem pouco exploradas. E as praias de Itanhaém? Merecem um capítulo à parte! Ao todo, são 14 delas, espalhadas por 26 quilômetros de muita beleza natural que compõem um maravilhoso cartão de visitas da cidade. Muitas oferecem atividades esportivas variadas, eventos e shows, alguns promovidos pela própria Administração Municipal. 

Agora, chega de “enrolação” e vamos, direto, às melhores praias de Itanhaém!    

As praias de Itanhaém

1 Praia do Sonho

Praia do Sonho
Praia do Sonho

A praia mais agitada da cidade é, também, uma das mais bonitas de Itanhaém. A Praia do Sonho, antes conhecida como Praia do Meio, tem o característico caminho de pedras que levam a um magnífico pôr do sol. Localizada entre a Praia do Cibratel e a Praia dos Pescadores, tem 800 metros de extensão, onde ficam a Passarela e a Cama de Anchieta, importantes pontos turísticos da cidade. 

2 Praião ou Praia de Itanhaém

Praião ou Praia de Itanhaém
Praia de Itanhaém (Praião)

O Praião ou Praia de Itanhaém se estende desde a Boca da Barra do Rio Itanhaém até a divisa com a cidade vizinha de Mongaguá. Com 11,5km de extensão, a praia é uma das principais praias do município e conta com quiosques pela orla. Destaque para a Praia do Tombo, ponto de encontro do mar com o rio Itanhaém. A praia é balneável e tem guarda-vidas durante todo o ano. Contudo, as fortes correntes do encontro das águas do rio com o mar oferecem risco aos banhistas, conforme orientado pelas placas.

3 Praia dos Pescadores

Praia dos Pescadores
Monumento Mulheres de Areia, na Praia dos Pescadores

A referência que vamos fazer a essa praia, certamente, pode entregar a sua idade! A Praia dos Pescadores tem uma escultura feita pelo artista Serafim Gonzales para homenagear a novela Mulheres de Areia, originalmente exibida pela extinta Tv Tupi. A estátua está bem de frente ao mar, no final de um caminho de pedras, entre o costão rochoso do Morro do Sapucaitava e a Ilha das Cabras.

Mas, a Praia dos Pescadores não é só isso! Apesar dos meros 600m de orla, é um dos melhores pontos para ondas de Itanhaém e, por isso, o reduto preferido dos surfistas.

4 Praia da Saudade

Praia da Saudade
Praia da Saudade

Sossego, praia deserta e um canto para quem quer pensar na vida, em tempos passados, amores perdidos ou entes que já se foram. Essa é a Praia da Saudade, nome dado justamente por ser bucólico e fazer o visitante buscar a nostalgia. Principalmente, se a ideia for contemplar um inesquecível pôr do sol após uma caminhada até o cume do morro de Sapucaitava.

A praia é, de fato, o leito do rio que rodeia o morro, sendo protegida por formações rochosas, como a Pedra do Carioca e o costão que leva, pelo lado sul, à Praia dos Pescadores. Para chegar à praia, é necessário entrar pela Rua Sebastião das Dores.

5 Praia da Boca da Barra

Praia da Boca da Barra
Praia do Tombo (Praia da Boca da Barra)

Falamos dela agora há pouco, mas reservamos um tópico só para a Praia da Boca da Barra. Também conhecida por Praia do Tombo, tem coqueiros e quiosques que, literalmente, proporcionam sombra e água fresca para apreciar a vista dos morros Sapucaitava e Piraguyra. Ainda, sedia o campeonato de Jet-Ski durante o verão recebendo, é claro, uma horda de banhistas na alta temporada. Ah, e se quer variar um pouco o spot para o pôr do sol, faça isso no alto do Morro do Piraguyra.

É interessante pontuar que, ao longo do ano, há alteração do relevo, alternando entre grande quantidade de areia e a força da maré. Isso vai de encontro ao degrau que se forma pela retirada da areia pelas correntes marítimas.

6 Praia do Suarão 

Praia do Suarão 
Praia do Suarão

Diz-se que, há algum tempo, em uma parte de Itanhaém, animais de grande porte habitavam a região e produziam ruídos. Assim, uniu-se o termo tupi  “çuu”, usado para se referir a animais de grande porte, e o radical “aron”, que significa ronco ou rugido, dando origem ao nome Suarão. O nome acabou dando nome a um bairro antigo, criado em 1917, onde fica a Praia do Suarão

7 Praia do Gaivota

Praia do Gaivota
Praia do Gaivota

Localizada no bairro Cibratel II, a Praia do Gaivota passou, recentemente, por projeto de urbanização que melhorou a infraestrutura local, de modo a atrair cada vez mais visitantes. De fato, ela vai até a divisa com Peruíbe e conta, ainda, com uma ilha próxima à orla de onde conseguimos avistar as aves que dão nome à praia. 

8 Praia das Conchas

Praia das Conchas
Praia das Conchas, com seu solo coberto de conchinhas

A Praia das Conchas é mais uma enseada que fica após a Cama de Anchieta, aos pés do Morro de Paranambuco. Lá, está a gruta Nossa Senhora de Lourdes, ponto de peregrinação religiosa. O seu nome vem por um motivo que se torna óbvio assim que você avisa a praia: ao invés de areia, a praia é coberta por conchas coloridas de diversos tipos, dando um ar especial e único ao local. Ainda é possível admirar tartarugas marinhas nas pedras da praia!

Como chegar à Itanhaém?

Para chegar à cidade, basta seguir pela Rodovia Anchieta ou, ainda, a Rodovia dos Imigrantes, passando pela Rodovia Padre Manoel da Nóbrega. Outra opção é a Rodovia Régis Bittencourt.

Você pode gostar também

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Especial: Viagem com segurança durante a pandemia