Península de Maraú – tudo o que você precisa saber sobre este paraíso!

Como chegar, onde se hospedar, o que fazer, além da distância entre a Península de Maraú e praias como Itacaré e Salvador

A Península de Maraú é um daqueles cenários que melhor descrevem o que definimos por paraíso: longas faixas de areia branca pontilhadas por coqueirais, piscinas naturais e um pôr do sol de deixar qualquer um sem palavras.

Localizada ao sul do Bahia, está entre os destinos mais procurados pelos turistas que, por lá, encontram respeitável estrutura. Por isso, reunimos, tudo o que você precisa saber sobre a Península de Maraú!

A península contorna a Baía de Camamu, a terceira maior do país, situada na Costa do Dendê. É importante destacar que a Península de Maraú é uma das áreas mais reservadas do estado em razão do difícil acesso à região. O santuário ecológico abriga, ainda, estuários, manguezais, recifes, campos naturais, Mata Atlântica, além de belíssimas cachoeiras e trilhas ecológicas.

Ao todo, são 40 quilômetros de praias praticamente desertas e pertencentes a Área de Proteção Ambiental (APA), unidade de conservação de uso sustentável da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica. A maior vila da península é a de Barra Grande, que abriga pousadas de diferentes estilos e preços, bare e restaurantes, mas ainda conserva a simplicidade da vida caiçara.

Onde fica a Península de Maraú

A Península de Maraú está localizada a uma distância de 270km ao sul de Salvador (via balsa de Itaparica), 127km de Ilhéus e a 66km de Itacaré.

Como chegar à Península de Maraú

O aeroporto mais próximo à Península de Maraú é o Aeroporto de Ilhéus – Jorge Amado, mas também é possível chegar até Barra Grande, o principal ponto de hospedagem da região, por voos aterrisando na capital baiana. De qualquer forma, o turista precisa locar um carro ou optar pelos barcos e lanchas que saem de Camamu, a 115km de Ilhéus. Saindo de carro a partir de Ilhéus ou Itacaré, o trecho inicial é feito pela BA-001 no sentido norte.

A partir de Salvador, o melhor é optar pela travessia de barco via Itaparica e descer até a BA-030 pela BA-001, sentido sul. Para quem vai de carro, é necessário ser cauteloso quanto às condições da estrada, pois o trecho de 46km na BR-030, que leva até Barra Grande, é todo de terra. O trajeto chega a ser intransitável para carros sem tração nas quatro rodas em períodos chuvosos!

Estrada para Barra Grande/BA
O acesso a Barra Grande requer atenção, e recomenda-se ser feito com veículos tracionados nas quatro rodas

Uma boa opção, ainda, é deixar o veículo estacionado em Camamu, e de lá, pegar os barcos e lanchas que fazem o percurso até Barra Grande.

Se o turista está sem carro, o ideal é, também, partir de Camamu, onde chegam ônibus partindo de Ilhéus, Salvador e Itacaré. A partir da primeira, a empresa Águia Branca tem saídas pela manhã e à tarde. Ademais, empresas de táxi ou transfer fazem o percurso Ilhéus x Camamu.

Já a partir de Itacaré, seis linhas entre 06h10 e 15h45 saem para Camamu. Aliás, quem está hospedado na cidade e tem apenas um dia para conhecer a Península pode contratar o passeio de lancha até as ilhas de Camamu, parando na Praia de Taipu de Fora, em Maraú.

Se o voo chega a Salvador, faça a travessia de ferry até Itaparica e, de lá, pegue o ônibus até Camamu, com saídas durante todo o dia.

Chegando a Camamu, o turista pode optar pelas lanchas (trajeto de 30 minutos) ou barcos (trajeto de 1h30), com operação das 06h às 17h. Todos têm como destino o vilarejo de Barra Grande.

O que fazer na Península de Maraú

Além do cenário de tirar o fôlego, uma das grandes vantagens da Península de Maraú é a possibilidade de percorrer todas as praias em poucos dias. A sugestão é começar o percurso pela Praia de Taipu de Fora.

O que fazer na Península de Maraú: Praia de Taipu de Fora
Praia de Taipu de Fora

Dotada de piscinas naturais e longa faixa de areia, vale dar um mergulho nas piscinas e apreciar a fauna e flora marinhas ou, pelo menos, ficar com a água na altura dos quadris.

O que fazer na Península de Maraú: Praia de Taipu de Fora (Piscinas Naturais)
Piscinas naturais da Praia Taipu de Fora

Ainda em Taipu de Fora, siga até o Mirante do Morro do Farol, o ponto mais alto da península. Com 51 metros de altura, oferece uma visão de toda a extensão de praias. Tire, também, um dia para ir da Praia de Taipu de Fora até a Ponta do Mutá (para assistir ao pôr do sol em um dos vários bares da orla), um percurso paradisíaco de seis quilômetros que passa pelas praias de Bombaça e Três Coqueiros (onde é interessante parar para almoçar).

O que fazer na Península de Maraú: Mirante do Morro do Farol
Mirante do Morro do Farol

Um adendo extra para o pôr do sol na Ponta do Mutá – a praia reflete a cor do entardecer de uma forma indescritível, variando a cada dia! Por isso, se der, tente ir até lá mais de uma vez durante a viagem.

O que fazer na Península de Maraú: Pôr do sol na Ponta do Mutá
Pôr do sol na Ponta do Mutá, em Barra Grande

Não deixe, ainda, de visitar a Praia de Algodões, distante 22km da Barra Grande. Como o acesso é difícil, é necessário ir de carro ou quadriciclo, mas cada metro percorrido vale a pena ao chegar às impressionantes praias desertas.

O que fazer na Península de Maraú: Praia de Algodões
Praia de Algodões, em Barra Grande

Aliás, percorrer a Península de Maraú de quadriciclo é uma ótima pedida! O veículo é ideal para percorrer trajetos ruins para carros comuns, como o caminho entre Taipu de Fora e a Lagoa do Cassange (cinco quilômetros de extensão separando água doce e oceano pela faixa de areia de 300m). Faça, ainda, um passeio de lancha pelas ilhas da Baía de Camamu a partir do Pier de Barra Grande.

O que fazer na Península de Maraú: Passeio de quadriciclo na Península de Maraú
Passeio de quadriciclo na Península de Maraú

Por fim, se o perfil do turista for do tipo mais badalado, não deve perder os bares de praia (beach clubs) abertos durantes o verão. Nomes famosos, como Café de la Musique (em Barra Grande), Buda Beach e Bar das Meninas (ambos em Taipu de Fora) oferecem ambientes agradáveis com espreguiçadeiras, lounges e música boa.

Buda Beach: Taipu de Fora (Península de Maraú)
Buda Beach: na Praia de Taipu de Fora

Barra Grande e Taipu de Fora

A Vila de Barra Grande abriga a maior parte dos restaurantes, lojinhas, atividades culturais, igreja e pracinhas com música ao vivo. A maior opção de comércio e hospedagem faz dela a melhor infraestrutura, ideal para quem está sem carro, já que é possível traçar vários percursos a pé. É mais agitada que a Taipu de Fora, pacata, porém, repleta de boas opções de pousadas.

Vila de Barra Grande, na Península de Maraú
Vila de Barra Grande, na Península de Maraú

Quem opta por Barra Grande, acaba distante de Taipu de Fora, uma das mais bonitas da região. Até lá, só é possível pegar a estrada de jardineira ou carro.

Outras atrações para conhecer na Península do Maraú:

  • Praia do Cassange
  • Praia de Taipú de Dentro
  • Praia Bombaça
  • Caminhada ao rio Carapitangui
  • Coroa Vermelha
  • Ilha do Goió
  • Morro Bela Vista
  • Praia Piracanga
  • Ilha da Pedra Furada
  • Cachoeira do Tremembé

Quando ir para a Península de Maraú

O destino é bom para visitar o ano todo, mas detalhes podem fazer a diferença na hora de agendar a viagem. A alta temporada, especialmente entre o Natal e Carnaval, tem temperatura mais alta e menor ocorrência de chuvas.

As piscinas naturais, por sua vez, só são visíveis durante a maré baixa, preferencialmente nas luas nova e cheia, quando a variação do nível do mar é maior.  A dica é consultar a tábua de marés: quanto menor o número indicado, menor a maré.

Clima na Península de Maraú
Clima na Península de Maraú (fonte: climate-data.org)

O clima é sempre quente, com maiores temperaturas registradas entre dezembro e março (mínima de 23°C e máxima de 29°C). O inverno, entre junho e setembro, é marcado por temperaturas um pouco mais baixas (mínima de 21°C e máxima de 24°C). As chuvas persistem o ano todo, ou seja, não há uma estação seca na Península de Maraú.

O período de menor índice pluviométrico vai de setembro a fevereiro, ideal para aproveitar o verão. O período com maior incidência de chuvas vai de março a julho, sendo o mês de abril o mais chuvoso, com média de 224 mm. Quando há maior incidência de chuvas, é preciso ser cauteloso quanto às condições das estradas, que podem se tornar intransitáveis para carros comuns.

Onde ficar na Península de Maraú

As melhores opções de hospedagem na Península de Maraú estão localizadas em Barra Grande e Taipu de Fora, cada uma com seu estilo. Porém, é possível encontrar isolamento e contato com natureza em praias afastadas de pouca infraestrutura, como as praias do Cassange, de Algodões e de Saquaíra. De qualquer maneira, o turista não vai encontrar resorts e hotéis de luxo, até mesmo pelo próprio estilo da região.

A hospedagem é formada por pousadas charmosas, muitas pé na areia, além de hostels e hotéis boutique. Em Barra Grande, é possível escolher entre pousadas no centro da vila ou à beira da praia, inclusive a caminho de outras praias. Se a opção for Taipu de Fora, o turista pode optar pelas pousadas encontradas nos arredores das piscinas naturais, inclusive para ter acesso à melhor infraestrutura.

Onde ficar na Península de Maraú: Hotel Villa Balidendê
Hotel Villa Balidendê

Nas praias de Algodões, Saquaíra e do Cassange, existem pousadas mais isoladas, com pouco comércio e alguns restaurantes. Veja opções de hospedagem mais indicadas:

Onde ficar em Barra Grande

Onde ficar em Taipu de Fora

Onde ficar na Praia de Algodões

Onde ficar na Praia de Saquaíra

Onde ficar na Praia do Cassange

Você pode gostar também

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.