Melhores lugares do mundo para viajar, segundo a National Geographic – Confira o Top 3!

Vem com a gente e descubra qual seu próximo destino!

- Tempo de leitura: 2 minutos -

Aproveitar o tempo livre viajando sem dúvidas é uma das melhores atividades de lazer a se realizar. Além de contemplar uma bela paisagem, você pode ser agraciado por uma incrível história local, mas também por atividades culturais únicas, podendo entrar em um mar de aventuras inesquecíveis. Por conta disso, separamos alguns dos melhores locais do mundo para viajar e contemplar a natureza, segundo a National Geographic.

Melhores lugares do mundo para viajar

Rússia

Lago Baikal, na Rússia
Lago Baikal, na Rússia

Para os amantes da natureza, o Lago Baikal, na Rússia, é um ótimo lugar e é de tirar o fôlego. Repleto de uma vegetação característica e animais singulares, como a única foca de água doce, o lago é considerado um patrimônio mundial da UNESCO desde 1996. 

Namíbia

safari na Namíbia
Safari na Namíbia

Indo em direção a parte mais equatorial do globo, então temos o próximo desafio: um safari na Namíbia. De desertos e montanhas ressecadas a um terreno verde e rico em vida selvagem. Será possível observar a maior população de búfalos da Namíbia em um dos mais espetaculares parques da região. Além dos maiores predadores do reino animal como leões, leopardos e hienas. 

LEIA MAIS: 21 Fatos interessante sobre o Parque Nacional Kruger

Austrália

Koala em santuário na Austrália
Koala em santuário na Austrália

Seguindo a linha do equador e modificando somente o meridiano, então chegamos ao menor continente do mundo. A Austrália, lar de animais insólitos como o Canguru, tem incríveis santuários de vida selvagem escondidos, como cachoeiras, exuberantes florestas repletas de arbustos de eucaliptos onde se pode observar coalas, bem como marsupiais. 

Biodiversidade ameaçada e a importância do turismo

Todos esses maravilhosos lugares para se visitar mencionados acima guardam uma grande biodiversidade que vem sendo ameaçada com o passar dos anos. O lago Baikal apesar de ter sofrido poluição contínua e exploração por conta do turismo vem recebendo ajuda da União Internacional para a conservação que vêm unindo forças para manter esse patrimônio cada vez mais belo e acessível a população sem devastar o bioma ali presente. 

Não muito diferente da Namíbia, que durante o século passado foi palco de intensa atividade militar antes de conquistar sua independência em 1990, por conta disso a vida selvagem nesse lugar sofreu bastante, mas vem agora encontrando a paz e retornando gradualmente para seu habitat natural.

É difícil não lembrar das intensas queimadas que aconteceram na Austrália e devastaram grande parte da fauna e flora do local. O turismo nessas regiões incentiva a manter toda a biodiversidade intacta para que exista um futuro melhor para todos.

Gostou desse artigo? Você pode encontrar mais artigos como esse clicando aqui!

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Se você continuar a usar este site, assumiremos que você está de acordo com isso. Aceitar Ler Mais

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->