Conheça 14 Danças Típicas Mexicanas e suas características!

Os ritmos fazem jus à fama de alegria e cores do país localizado no Hemisfério Norte com danças que contam muito de sua história e cultura.

0

A alegria e animação para uma boa festa são características bastante conhecidas dos mexicanos, não é verdade? Assim, não dá para esperar menos do que celebrar comemorações tradicionais com muita dança. A cultura diversificada permite grande variação de ritmos, dando origem a diferentes danças. Conheça, a seguir, 14 danças típicas mexicanas e suas principais características. 

Antes de falarmos sobre as danças mexicanas, é importante destacar que o país é rico em variedade desde a chegada dos espanhóis à América. Neste período, inclusive, evangelizadores tentaram acabar com várias danças tradicionais, mas o resultado foi a modificação aparente, ou seja, muitos passos e vestimentas seguem conforme o que era praticado nos tempos pré-colombianos. 

Hoje, podemos dizer que as danças mexicanas são constituídas por coreografias típicas originadas de várias regiões do país. Os passos são ricos em melodia, movimento e ritmo, sempre acompanhados por instrumentos e canto. Dentre os vários ritmos dançados no país, existem aqueles que não foram originados no México, mas incorporados à cultura como danças tradicionais. 

Trajes

Um ponto muito interessante nas danças mexicanas está concentrado nas vestimentas dos dançarinos. Os trajes carregam cores vibrantes ou, pelo menos, fundo branco com bordados vivos. As mulheres usam roupas com bastante tecido, fazendo com que suas saias se movimentem durante a dança. Os homens, em determinadas regiões, se vestem com paletós e calças de botões prateados, sempre coloridos. 

Danças Típicas do México: Trajes
Os trajes utilizados durante as danças mexicanas são bem característicos

Danças típicas do México

1 Danzon

A dança tem origem cubana, mas acabou se popularizando no México com a chegada de imigrantes ao país. Romântica, é bem parecida com a valsa, porém mais animada. Dançada a dois, é frequente nos salões e ocasiões especiais da capital. 

2 Salsa

A salsa mistura diversos ritmos mexicanos e latinos, tendo Cuba como seu país de origem, ainda na década de 40. Seu nome, em castelhano, quer dizer “tempero” e, obviamente, cairia muito bem no gosto mexicano. Seu ritmo dançante embala nativos e turistas noite a fora. 

3 Chá chá chá

A dança popular mexicana é bailada ao som do estilo de mesmo nome, bem similar a diversos ritmos latinos, como o mambo. A expressão corporal é muito presente, é uma das variações de dança mais calientes do país. 

4 Danza de La Conquista

A dança conta a história da conquista espanhola, sendo bastante tradicional nos estados ocidentais mexicanos. Relata as invasões trazendo bailarinos mascarados que representam figuras históricas, como Hernán Cortés. 

5 Jarabe Tapatío

Uma das danças mais patriotas do país, o Jarabe Tapatío é intrinsecamente ligada ao orgulho nacional. Um tipo de dança de corte, o Jarabe traz bailarinos com trajes distintos, como roupas de harro e vestidos tradicionais. A dança conta a história de amor entre um homem e uma mulher, namoro percebido pelas figuras e passos ensaiados. 

6 Danza del Venado

A dança conta a história de uma caça ao veado e, por isso, seus bailarinos usam galhadas reais ou imitações com fitas vermelhas. Realizada na primavera, a dança nasceu nas regiões Yaqui de Sonora e Sinaloa, conservando seus principais elementos onde quer que seja representada. 

7 Danza de los Viejitos

Muito popular no estado de Michoacán, foi criada no século XX, mas tem fortes raízes no folclore tradicional. Uma de suas principais características é o uso dos sapatos de madeira, trazendo impacto a cada passo dado. Os bailarinos são embalados por instrumentos tradicionais e trajam vestimentas indígenas. 

8 Concheros

Dança protagonizada por bailarinos trajados de roupas indígenas, penteados e pintura corporal. Apesar da leve influência européia, a concheros tem, como principal característica, o uso de instrumentos autênticos, como tambores e flautas. 

9 Los Voladores de Papantla

Considerada como Patrimônio Cultural Imaterial pela Unesco, a dança começa com cinco participantes, literalmente, escalando um mastro de 30m de altura. De repente, quatro começam a cair, enquanto um segue no topo tocando flauta e tambor. Os demais são presos a uma corda e giram em torno do mastro, até descer ao chão. 

10 Danza de los Diablos

Dança fundamental para compreender o legado africano no país, tem origens no período colonial quando escravos foram trazidos pelos espanhóis. Os participantes usam máscaras e se vestem todos iguais, com exceção do dançarino que representa o Diabo e, por isso, traja roupas mais elegantes. 

11 Chinelos

Símbolo cultural do estado de Morelos, a chinelos é também praticada no Carnaval do sul mexicano. A dança é uma zombaria aos espanhóis, trazendo dançarinos disfarçados que imitam os colonizadores, incluindo as roupas claras. 

12 Matlachines

Dança popular em todo o país, a matlachines é conhecida pelos trajes coloridos e cocares de penas combinando com a bandeira do país. Seus dançarinos também usam sapatos com solado de madeira para marcar os passos.

13 Los Sembradores

Variação artística que representa os elementos mais importantes da vida, como plantio, colheita, trabalho com a terra e em comunidade. 

14 Danza de Nuevo Leon

Dança típica do estado de Nuevo Leon que enfatiza batidas fortes, como na polka. Animadas, incluem batidas com os pés, gritos, trajes vibrantes e coloridos. 

Você pode gostar também

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.