Como ir para a Península de Maraú (BA)?

Localizada no litoral sul da Bahia, a Península de Maraú oferece sossego em meio a cenários esplêndidos de tirar o fôlego.

Praias quase intocáveis, piscinas naturais, coqueirais, faixas de areia praticamente desertas e um pôr do sol incrivelmente belo. Isso é a Península de Maraú, cantinho da Bahia que, pouco a pouco, vai sendo conhecido pelos brasileiros apaixonados pelo Nordeste. Uma das mais belas regiões do país guarda belezas naturais irresistíveis, como corais, manguezais, restingas, cachoeiras e trilhas. Mas, como ir para a Península de Maraú? Aliás, como chegar e não querer sair de lá?

Barra Grande é a base para quem quer se hospedar na Península de Maraú, inclusive por oferecer a melhor infraestrutura. Ainda assim, é uma vila bem pacata com ruas de chão batido e a impressão de que a vida segue em ritmo devagar. Taipu de Fora, as Praias de Algodões, Saquaíra, do Cassange e Bombaça também realizam o sonho de ficar no bangalô frente mar, rede estendida na varanda e tendo o som do mar como o único barulho nos ouvidos.

Praia de Algodões, na Península de Maraú
Praia de Algodões, na Península de Maraú

Onde fica a Península de Maraú?

Mapa: Onde fica a Península de Maraú (BA)?
Mapa: Onde fica a Península de Maraú

A Península de Maraú está localizada no litoral sul da Bahia, mais precisamente na Costa do Dendê. A região fica a 200 km ao sul de Salvador, capital do estado, e 150 km a norte de Ilhéus, conhecida pelas plantações de cacau. De Itacaré, a distância é de 66 km. O clima por lá é agradável, do tipo tropical úmido, com temperatura média anual de 28ºC.

Como ir para a Península de Maraú?

O acesso a Península de Maraú não é dos mais fáceis, mas acredite: todo o esforço vai valer a pena! Independente do ponto de partida, o trecho final deve ser feito de barco, carro ou lancha. O aeroporto mais próximo da Península é o de Ilhéus, distante 127 km de Barra Grande. A segunda opção é pegar um voo até Salvador, cujo aeroporto dista 270 km também de Barra Grande. De lá, veja quais as opções para chegar até o paraíso:

Como ir de carro (de Salvador, Ilhéus e Itacaré):

Saindo de Ilhéus ou Itacaré, o trecho inicial é feito pela BA-001 que, apesar de asfaltada, tem vários buracos. 

De Salvador, o ideal é fazer a travessia de barca por Itaparica e seguir, também, pela BA-001 até BR-030. O trecho final é pela BR-030, essa sem asfalto.

Se não quiser encarar a estrada, dá para deixar o carro estacionado em Camamu pagando diárias a cerca de R$ 25,00 em estacionamentos. Dali, basta finalizar a viagem em barcos e lanchas até Barra Grande. Atente-se sempre as condições da estrada, já que o trecho final sem asfalto é de 46 km, dependendo do clima, pode estar intransitável.

Como ir para Península de Maraú (BA): Estrada de terra
A estrada para Barra Grande não é asfaltada, e pode exigir carros mais potentes principalmente quando há chuva

Sem carro:

quem está sem carro deve fazer o trajeto de barco por Camamu, cidade que está a 195 km de Salvador, 55 km de Itacaré e 115 km de Ilhéus. Existem ônibus que saem das três cidades até lá, o que facilita pegar barcos ou lanchas para Barra Grande. 

De Ilhéus, são duas saídas de ônibus pela Águia Branca, mesma empresa que opera seis linhas saindo de Itacaré. Lá, também opera a Viação Santana. Por fim, para quem sai de Salvador, é necessário combinar o ferry até Itaparica (Terminal de Bom Despacho) e ônibus até Camamu pelas empresas Viação Cidade do Sol e Águia Branca. Até há empresas que fazem traslados particulares via terrestre, mas as condições das estradas não compensam. 

Barcos e lanchas de Camamu:

a viagem entre Camamu e Barra Grande leva de meia hora a 1h30, dependendo da opção (lanchas e barcos, respectivamente). As lanchas têm saídas diárias, de hora em hora, das 06h às 17h. As principais empresas operantes são a Princesinha Turismo e Camamu Adventure.


Aproveite e planeje a sua viagem conferindo nossas dicas sobre a Península de Maraú: Península de Maraú – tudo o que você precisa saber sobre este paraíso!


Quando ir para a Península de Maraú?

A Península de Maraú pode ser visitada em qualquer período do ano, mas é interessante checar épocas de chuva e das marés para não atrapalhar a vista das piscinas naturais. O clima é sempre quente e registra as maiores temperaturas entre dezembro e março. Nos meses de junho a setembro, os termômetros batem temperaturas de até 24°C. Não há um estação propriamente seca na região, já que as chuvas caem o ano todo. Porém, os índices pluviométricos costumam ser mais baixos de setembro a fevereiro.

Outro ponto importante é verificar a tábua das marés, pois as piscinas naturais são mais visíveis em períodos de maré baixa, preferencialmente na lua nova e lua cheia. E como verificar na tábua de marés? Quanto menor o número indicado, mais baixa a maré e mais fácil de ver as piscinas. O ideal é o índice de até 0,5 m. Como as praias da Península de Maraú tem difícil acesso, a região quase nunca está lotada, mesmo nas férias ou feriados prolongados.

Você pode gostar também

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.