Jericoacoara: um paraíso no Ceará

A praia de Jericoacoara chama a atenção pelas águas cristalinas, natureza intocada e moradores hospitaleiros.

Jericoacoara, o paraíso é aqui” tornou-se o lema deste lugar. E não é para menos! As praias paradisíacas, onde céu e mar se confundem, de fato, fazem jus ao mote.

Até meados de 1985, o local, até então, sem visibilidade, consistia apenas em uma isolada vila de pescadores em meio às dunas.

A partir dessa época a história começou a mudar de tal forma que, Jeri – para os íntimos -, tornou-se um dos destinos turísticos mais procurados do nordeste brasileiro.

Destino de muitos brasileiros e pessoas de vários países, hoje, a vila tem uma ampla e consolidada estrutura turística.

No local, são perceptíveis apenas duas estações. A alta temporada, que vai de julho a janeiro, é ideal para a prática de esportes náuticos, como por exemplo, kitesurf e windsurf. A baixa temporada dura pouco, vai de fevereiro a maio. Nessa época, por causa das chuvas, a quantidade de turistas cai drasticamente.

Onde fica

Onde fica Jericoacoara: Mapa de Jericoacoara
Jericoacoara: Mapa

O município de Jijoca de Jericoacoara é o mais setentrional do Ceará, ou seja, é o ponto mais ao norte do estado. Está localizado a aproximadamente 300 quilômetros da capital, Fortaleza.

Distante cerca de 20,5 quilômetros (cerca de 50 minutos) está a Vila de Jericoacoara, que tem a praia de mesmo nome, principal atração natural da região.

A vila é constituída por apenas quatro ruas. Asfalto? Nem pensar! Todas elas são cobertas por areia. Jericoacoara foi declarada uma Área de Proteção Ambiental (APA) e, desde 2002, transformada em PARNA (Parque Nacional). Por isso não pode ser pavimentada.

São três ruas importantes – Principal, do Forró e São Francisco, entrecortadas por vielas repletas de bares, lojinhas e restaurantes.

Como chegar

Há duas maneiras de chegar até Jericoacoara: via aérea ou terrestre.

Desde 2017 a Azul opera regularmente no aeroporto de Cruz, que fica a 40 quilômetros de Jijoca de Jericoacoara. Os voos saem de Recife – PE para lá. A Gol tem voos diretos, saindo de Guarulhos, em São Paulo.

Da mesma forma, para quem opta pela via terrestre, a melhor forma de chegar também é por Jijoca. Entretanto, seguir para o vilarejo de carro não é recomendado. Além do alto risco de atolar no caminho, veículos particulares são proibidos em Jericoacoara.

Se não tiver outro jeito e tiver que optar por chegar até lá de veículo próprio, o mesmo deverá ser guardado em um estacionamento pago. O caminho até Jeri, cerca de uma hora, é percorrido em caminhonetes chamadas de “jardineiras”.

Como chegar - Jardineira em Jericoacoara
Transporte de Jardineira para Jericoacoara

De ônibus, é possível sair da rodoviária de Fortaleza e fazer a viagem de aproximadamente seis horas com a empresa Fretcar, que também vende pacote incluindo a “jardineira” até Jeri.

Para quem vai para Jeri pela primeira vez, é importante ressaltar que, por conta da proibição de carros, conhecer o local só é possível com as caminhonetes da prefeitura, que circulam carregando as pessoas gratuitamente, ou ainda, andar a pé, que é considerada a melhor forma de apreciar todos os encantos locais.

Outra opção, para visitar lugares mais distantes, é lançar mão dos passeios de bugue. Verifique no hotel ou agência de viagem as melhores opções de profissionais certificados.

Pousadas e Hotéis

Se comparadas aos outros destinos turísticos do nordeste, as opções de hospedagem em Jericoacoara são um pouco mais restritas. Entretanto, é possível encontrar hotéis e pousadas para todos os gostos, bolsos e estilos.

La Villa é um dos locais preferidos pelos casais. As acomodações recebem arranjos de flores caprichados. Destaque também para as espreguiçadeiras em frente à piscina, de onde é possível avistar as dunas.

Hotéis em Jericoacoara: La Villa
La Villa Jericoacoara: Pousada em frente às dunas do Parque Nacional de Jericoacoara

Para os adeptos de hospedagem “pé na areia”, as melhores indicações são as pousadas Vila Kalango e Jeribá e o Myblue Hotel. A primeira tem uma vista privilegiada para a Duna do Pôr do Sol, enquanto o último conta com os famosos redários.

Hotéis em Jericoacoara: Vila Kalango
Vila Kalango: localizada entre a Praia de Jericoacoara e a Duna do Pôr do Sol

Para quem gosta de estar pertinho do mar, a Casa na Praia é uma excelente escolha. É possível entrar pela praia e aproveitar a piscina ao som das ondas do mar, quebrando ao fundo.

Hotéis em Jericoacoara: Hotel Casa na Praia
Hotel Casa na Praia: vista panorâmica para a Duna do Pôr do Sol

Por fim, aqueles que estão planejando uma viagem com grana mais curta encontram a diária mais barata no Jeri Brasil Hostel. As pousadas Samba do Kite e Blue Jeri são outras opções viáveis.

Além disso, também é possível encontrar hospedagem em Jijoca de Jericoacoara, onde o sossego reina absoluto. A Pousada do Paulo tem itens indispensáveis para uma boa experiência de hospedagem: gastronomia perfeita, boas acomodações e muita gentileza.

Taxa de Turismo Sustentável

Importante lembrar que, desde setembro de 2017, a prefeitura de Jijoca de Jericoacoara instituiu uma taxa de R$ 5,00 ao dia para cada turista que visita a região. A chamada Taxa de Turismo Sustentável é cobrada para quem tem entre 13 e 59 anos, com exceção de deficientes físicos e moradores locais.

Uma boa dica para enviar a espera em longas filas é fazer o pagamento antecipado. Para isso, a Secretaria de Turismo disponibiliza um site para gerar a taxa. Para acessá-lo, basta clicar aqui.

O que fazer/Passeios

Alguns passeios são obrigatórios para quem visita Jeri. Para começar, as lagoas do Paraíso e Azul. Para chegar até elas, assim como na maioria dos locais, apenas de carro 4×4 ou bugue.

O que mais impressiona no local é a mistura dos tons de azul entre água e mar. As barracas são rústicas, porém, o atendimento cortês e caloroso faz valer cada segundo do passeio.

Lagoa do Paraíso Jericoacoara
Tradicionais redes dentro da água na Lagoa do Paraíso

Para quem está disposto a ir um pouquinho mais longe, a Lagoa Tatajuba, próxima à cidade de Camocim, fica a aproximadamente 50 minutos de Jericoacoara. O lugar, de água doce e tranquila, é bastante procurado por quem gosta de praticar esportes.

Lagoa da Tatajuba Jericoacoara
Lagoa da Tatajuba, localizada no litoral oeste de Jericoacoara

Para relaxar e se refrescar do calor, nada melhor que aproveitar as mesas, cadeiras e redes dentro da água. Amantes de atividades náuticas têm a opção de alugar pranchas de stand up paddle e caiaques.

Entre todos os lugares para conhecer, um, em especial, não pode deixar de ser visitado. Verdadeiro cartão postal de Jeri, a Pedra Furada vale muito a caminhada ou aluguel do quadriciclo.

Pedra Furada Jericoacoara
Pedra Furada em Jericoacoara

Ah, o passeio só é completo com a foto da famosa árvore da preguiça.

Árvore da Preguiça Jericoacoara
Árvore da Preguiça: localizada no Parque Nacional de Jericoacoara

O pôr do sol é um dos pontos altos da estadia em Jericoacoara. Aliás, por conta de sua localização peninsular, é um dos poucos locais do país onde é possível acompanhar o sol nascendo e se pondo no oceano.

Por conta de sua altura e posição privilegiada frente ao mar, a duna mais próxima da vila, chamada de Duna do Pôr do Sol, é ponto de encontro diário dos turistas que desejam acompanhar o espetáculo. Para não perder nada, o ideal é chegar por volta de 17 horas.

Duna do Pôr do Sol em Jericoacoara
Fim de tarde na Duna do Pôr do Sol

Ao cair da noite, a praia, sobretudo, o final da rua principal, se enche de barracas, onde é possível provar uma enorme variedade de coquetéis.

E é só o começo da noite! O forró do restaurante Dona Amélia, na Rua do Forró, sempre tem uma banda para embalar a noite.

Onde comer

Em relação aos restaurantes, há opções para todos os paladares. Praia, afinal de contas, combina com frutos do mar. O Pimenta Verde, localizado do Centro de Jeri, serve almoço, jantar, lanches e drinks.

Além de frutos do mar, praia também combina com comidas leves e naturais. Amantes de açaí, sucos, frozen yogurt, saladas e tapiocas podem se esbaldar no Granola e no Gelato & Grano.

Para quem prefere um espaço mais aconchegante, o Tamarindo é o mais disputado. Por outro lado, aqueles que gostam de dançar forró até tarde da noite, encontram uma boa opção de lanches da Padaria Santo Antônio, que só funciona de madrugada.

Você pode gostar também

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.