Quanto ganha um cabeleireiro em Portugal?

Confira detalhes sobre o mercado de trabalho e qual o salário de um cabeleireiro em Portugal.

Mais do que a questão estética, cuidar da aparência está relacionado a saúde e bem-estar. Ainda que os brasileiros sejam conhecidos por serem extremamente zelosos com o visual, essa realidade não é diferente em outros países, dentre os quais, Portugal.

Uma matéria publicada pelo site Observador afirma que, embora ainda foquem nos cuidados básicos, 68% das mulheres portuguesas preocupa-se com aparência. E não é só isso. A mesma fonte revela que 76% das portuguesas confiam nos conselhos de seus cabeleireiros.

Já deu para ver que a profissão é mais do que importante, independente do lugar do mundo. Mas, e em relação ao mercado de trabalho, será que essa percepção aumenta a demanda por trabalhadores da área?

Não só cabeleireiros, mas profissionais da área de estética em geral (barbeiros maquiadores, manicures e depiladoras) são muito requisitados em Portugal. Porém, assim como em outras áreas, é preciso ter alguma experiência e boas qualificações.

Em alguns salões, quando o profissional vai fazer entrevista, é necessário ter alguns modelos para demonstrar o trabalho. Assim sendo, se você não tem muitos conhecidos para levar, poderá ter que procurar por voluntários nas proximidades do estabelecimento.

Brasileiros que desejam exercer a profissão em terras lusitanas têm dois pontos a favor. O primeiro é a língua e o segundo, a fama de excelência na prestação de serviços na área de estética.

Quanto ganha um cabeleireiro em Portugal

Apesar de o mercado de trabalho oferecer diversas oportunidades, será que o salário pago aos cabeleireiros em Portugal vale a pena?

Segundo  informações do site Indeed, o salário de um cabeleireiro em Portugal é em média € 680 por mês. Porém, o valor pode ficar muito abaixo ou muito acima dessa estimativa.

De acordo com salários informados ao site pelos próprios profissionais, há locais que pagam € 505 por mês e outros onde o vencimento mensal fica na casa dos € 950.

Importante ressaltar que os valores informados condizem com cabeleireiros que trabalham em salões de beleza. Profissionais autônomos dependem muito da clientela e das jornadas de trabalho.

Outro ponto importante é que, mesmo trabalhando para uma empresa, nem sempre o salário é fixo. Em muitos casos, paga-se apenas comissão, ou seja, quanto mais atendimentos, maior o salário no final do mês.

Além disso, quanto mais experiente e qualificado for o profissional, maiores as chances de conseguir remunerações mais altas.

Você pode gostar também

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.