Quatro manifestações culturais e danças típicas do Piauí para conhecer mais sobre o estado

Conhecido por seu povo hospitaleiro, o Piauí tem rico folclore que vê, na dança, uma de suas mais puras representações.

Ah, o Piauí! Terra de gente hospitaleira e acolhedora, cheia de alegria e fortes tradições culturais. Seu folclore é rico em simpatias, causos, cordéis, folguedos, histórias, simpatias, costumes e, claro, muita dança! Nela, o piauiense se expressa, conta um pouco de sua história e preserva sua cultura. Conheça, a seguir, quatro manifestações culturais e danças típicas do Piauí que encantam qualquer um!

O Piauí está localizado na região Nordeste, é banhado pelo Oceano Atlântico e faz fronteira com os estados do Ceará, Pernambuco, Bahia, Tocantins e Maranhão. Os mais de 3 milhões de habitantes são orgulhosos do folclore, conjunto de mitos e lendas transmitidos de geração a geração. O folclore piauiense caracteriza a região pelas poesias, músicas, danças e festas populares.  

A dança se posiciona como importante expressão cultural por envolver movimento, canto e dramatização. Em razão da necessidade de se expressar, o homem a utiliza e transforma em símbolo de seu povo ou cidade. É interessante observar que, no Brasil, as danças tradicionais guardam estreita ligação com a religiosidade, normalmente trazendo roupas e cenários populares. Veja como isso funciona nas  quatro manifestações culturais e danças típicas do Piauí. 

Manifestações Culturais e Danças Típicas do Piauí

1 Marujada

Marujada
Marujada

A marujada representa a história de uma nau perdida que, por sorte, é encontrada graças à intervenção de Nossa Senhora. Por isso, os dançarinos usam roupas remetendo aos trajes dos marinheiros. Também conhecida como fandango, o folguedo traz elementos ibéricos e é importante representação do folclore brasileiro. Na encenação, dois cordões de dançarinos puxam a réplica de um pequeno barco a vela.

Eles seguem o ritmo do balanço do mar e da quebra das ondas, batendo uma espécie de lata enquanto dançam. Enquanto dançam, os personagens gritam frases relacionadas à vida no mar e descobrimentos marítimos, como “somos marujos do mar ” e “marinheiros somos”. Para embalar, instrumentos de corda. 

2 Reisado

Reisado
Reisado

O reisado é uma dança típica festejada do Natal até o Dia de Reis (06 de janeiro) na qual pessoas mascaradas cantam músicas de chegada e despedida. Nele, aparecem diferentes personagens, como Jaraguá, Caipora, Cigana e Burrinha, que seguem ao som do violão, sanfona, banjos e outros instrumentos. No norte do Piauí, a comemoração é famosa no município de Boa Hora, onde tem até disputa entre os melhores grupos de Reisado. 

3 Cavalo Piancó

O cavalo piancó nasceu pelas mãos dos negros do município de Amarante, às margens dos rios Canindé, Parnaíba e Mulato para espantar o sono. Motivo de orgulho na cidade, faz parte de sua cultura, preservada entre as gerações. Na dança, casais se colocam em círculo e imitam o trote do cavalo. Os passos vão alternando a velocidade de moderada a rápida, improvisando a coreografia conforme a música. 

4 Quadrilha

Quadrilha
Quadrilha

Dança típica das festas juninas em todo o Brasil, a quadrilha carrega referências caipiras e matutas. Porém, surgiu mesmo nos salões parisienses do século XVIII. A indumentária colorida faz conjunto com os movimentos guiado pelo narrador da dança, normalmente representada em círculo por casais. Hoje, a quadrilha ganhou elementos carnavalizados, roupa mais extravagantes e até concursos entre os melhores grupos.

Você pode gostar também

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Especial: Viagem com segurança durante a pandemia