Labirinto Verde de Nova Petrópolis e a linda Praça das Flores

Uma das principais atrações turísticas de Nova Petrópolis é uma verdadeira cerca viva que convida para um passeio inusitado.

- Tempo de leitura: 4 minutos -

Você já se perdeu em um labirinto? Ou, em um Labirinto Verde bem no meio duma Praça das Flores? Não, não estamos falando de um cenário cinematográfico, mas de uma charmosa atração turística na aconchegante Nova Petrópolis. A cidade localizada na Serra Gaúcha tem, em sua praça principal, o passeio perfeito que te convida para se perder deliciosamente no meio de uma verdadeira cerca viva. 

O Labirinto Verde de Nova Petrópolis
O Labirinto Verde de Nova Petrópolis

Vamos combinar que a Serra Gaúcha, mais precisamente a Região das Hortênsias, já é um roteiro e tanto! Nomes badalados, como Gramado e Canela, se juntam às irmãs menores, mas não menos charmosas, Nova Petrópolis, Caxias do Sul e Bento Gonçalves para compor uma digna Rota Romântica. São tantos detalhes, tanto esmero em cada construção que o turista tem a sensação de estar em uma cidade de bonecas!

Por isso, não é, de fato, uma surpresa se deparar com o Labirinto Verde de Nova Petrópolis, um trançado de ciprestes bem na entrada da cidade. Além dele, a Praça das Flores guarda também um cantinho europeu para quem aprecia a cultura alpina. Vamos conhecer mais sobre a região?

Onde fica o Labirinto Verde de Nova Petrópolis?

O Labirinto Verde fica na Praça da República, carinhosamente conhecida como Praça das Flores (você logo vai saber por quê). Por sua vez, a Praça fica em Nova Petrópolis, cidade que integra a Região das Hortênsias e está a meros 40 km de Gramado e Canela. A proximidade facilita passeios bate e volta a partir de qualquer uma delas. A praça e, consequentemente, o Labirinto Verde ficam bem no centro de Nova Petrópolis

Antes de tudo, a Praça das Flores

Para não dizer que não falei das flores, a princípio, vamos conhecer a praça onde elas reinam: a Praça da República. A Praça das Flores está localizada na Avenida XV de Novembro, bem no centro de Nova Petrópolis. 

Recanto sempre florido, tem inúmeros canteiros e árvores no entorno. Mais do que um simples observatório colorido, a Praça da República é uma homenagem aos colonizadores que lutaram pela emancipação da cidade.  

A Praça da República (Praça das Flores) de Nova Petrópolis
A Praça da República (Praça das Flores) de Nova Petrópolis

Além do Labirinto Verde, a praça abriga o Portal da Imigração, monumento que homenageia os colonizadores, e o monumento do Cooperativismo que, por sua vez, comemora o Centenário da Cooperativa de Crédito Rural na América Latina. 

Pensa que acabou? No meio da praça, fica a Casa do Artesão e, em dezembro, sedia a Pirâmide de Natal, a Weihnachts Pyramide, que ganha uma iluminação bem especial. 

A Praça das Flores fica a duas quadras da rodoviária e, como a cidade é de colonização alemã, tem casas e prédios no estilo enxaimel. Estilo forte na praça, visto que o pequeno pórtico para fotos, a casinha de bonecas e a sede do setor de Informações Turísticas representam bem a construção típica da Alemanha. Bem ali do lado, fica também a Rua Coberta de Nova Petrópolis.  

Praça das Flores, com a Rua Coberta ao fundo
Praça das Flores, com a Rua Coberta ao fundo

Afinal, o que é o Labirinto Verde de Nova Petrópolis?

E aí, vamos falar do Labirinto Verde? A Praça da República sempre foi muito visitada pelos lindos canteiros de flores além de um pequeno campo de futebol. Até que, em 1989, um grande atrativo somou-se à beleza das flores, com o plantio dos ciprestes cuidadosamente cortados em forma de “cerca viva”: o Labirinto Verde. Tudo começou quando, no final da década de 80, um grupo se reuniu para ter ideias de revitalizar o espaço. 

Daí, o Sr. Hans Hesse, alemão que residia em Nova Petrópolis, teve a  magnífica ideia do Labirinto. O monumento vivo foi inaugurado em 1989, passando por um grande plantio em 2011. 

Hoje, possui 28 metros de diâmetro, dois metros de altura, além de composto por mais de 1.700 mudas de ciprestes plantadas em círculos, de modo a formar uma passagem que leva ao centro. 

Como são cuidadosamente cortados, os ciprestes do Labirinto Verde dão a impressão de cerca viva. O desafio do labirinto é chegar ao centro da atração, alcançando o pequeno pódio que registra a conquista. Depois, é só encontrar a saída dos corredores naturais. A intenção, então, não é fazer as pessoas se perderem. Tanto que sua altura permite que a pessoa refaça o caminho quantas vezes precisar.

O Labirinto Verde de Nova Petrópolis
Não se preocupe em ficar perdido, pois a pequena altura do labirinto e seu pequeno diâmetro ajudam o visitante a localizar facilmente a saída

E como curtir muito o Labirinto Verde de Nova Petrópolis? O tempo médio de permanência na atração é de 20 minutos e a dica é chegar à praça após às 16h, caso não esteja frio. Assim, pode rir de si mesmo à vontade enquanto acha o caminho da saída.

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.