Conheça Annecy, a linda Veneza dos Alpes Franceses

Canais de águas cristalinas passam pelas construções antigas, combinação perfeita de história, natureza e arquitetura.

- Tempo de leitura: 6 minutos -

Annecy, na França, é uma cidade que representa a ligação perfeita entre história, arquitetura e natureza. Conhecida como a “Veneza dos Alpes Franceses”, tem charmosas ruas e pontes passando por cima dos canais que cortam a cidade velha, ou Vieille Ville. As águas cristalinas contrastam com os prédios antigos em tons pastéis, conferindo o aspecto idílico de uma vila medieval. 

Localizada no sopé dos Alpes franceses, Annecy tem charmosas ruas de paralelepípedos e canais ao longo dos prédios antigos. O rio Thiou leva ao Lago Annecy, onde ainda é possível caminhar por trilhas ou fazer um relaxante passeio de barco durante o verão. 

Tantos atributos fazem que a cidade seja um dos principais destinos na França dos últimos tempos, com maior número de passagens vendidas. 

Canal em Annecy, na França
Annecy, na França

Porém, as mesmas qualidades somadas à localização geográfica deram à Annecy um passado turbulento. Isso porque a cidade estava mais exposta a saques, invasões e pilhagens ao longo dos séculos. Ainda, a Veneza alpina passou pelas mãos de vários povos vizinhos, até a unificação da região de Sabóia. Conheça Annecy, a linda Veneza dos Alpes Franceses e sua história. 

Onde fica Annecy?

Annecy fica nos Alpes Franceses, a 150 km de Lyon e 560 km de Paris, no sudeste da França. A cidade está na ponta norte do Lago Annecy, um charme à parte do qual vamos falar daqui a pouco. 

Annecy também fica bem pertinho de Genebra e Chamonix, a 40 km e 100 km de distância, respectivamente. Por isso, muita gente visita a cidade quando passam pelas baladas vizinhas. 

Breve história de Annecy

Annecy, como já falado, passou por séculos de conflitos e invasões, uma vez que sua localização geográfica a deixava exposta. Outro ponto importante dessa história é ter passado pela propriedade de diferentes reinados. 

Primeiro, foi propriedade do conde de Genebra, atual Suíça e, posteriormente, do conde de Sabóia. Tanto Annecy quanto a região de Sabóia passaram pelas mãos dos sicilianos, saboianos, espanhóis e austríacos. 

Com o fim da dominação do Império Austro-Húngaro, em 1860, o rei da Sardenha ofereceu toda a região da Sabóia, incluindo Annecy, a Napoleão III. Em troca, receberia ajuda do exército francês. 

Diante de tanta turbulência, os próprios saboianos votaram pela unificação, saindo vitoriosos. Sabóia, então, foi dividida entre as regiões de Haute-Savoie (Alta Sabóia), com a capital em Annecy, e Savoie, com sede na vila de Chambery, da segunda.  

O que fazer em Annecy?

Annecy, a bela Veneza Alpina, possui basicamente duas partes. A parte nova tem butiques contemporâneas, rede hoteleira e excelentes restaurantes. A chamada parte velha é um verdadeiro livro de história vivo, com suas construções seculares. 

Sem dúvida alguma, porém, o charme maior de Annecy está em seus canais que dão a impressão de substituírem as ruas.

Canal em Annecy, na França
O grande atrativo de Annecy são seus belos canais

Cercados pelo casario histórico, os canais têm origem no Rio Thiou, um dos mais curtos da Europa, conectado ao belo Lago Annecy. Porém, o Thiou mostra que, definitivamente, tamanho não é documento! 

O rio é responsável pelas mais belas paisagens da cidade. A natureza, aliás, foi bem generosa com Annecy. As águas do Rio Thiou formam pequenas ilhas pelo caminho, através das pontes enfeitadas pelas flores no verão e na primavera. 

O centro histórico é bem compacto e, com calma, é possível conhecer os cafés, lojas, restaurantes e galerias escondidos pelas passagens estreitas. Lá, está o chamado Palais d’Isle, construído no século XII e que já funcionou como prisão. Hoje, é um museu. 

Palais d’Isle, em Annecy (França)
Palais d’Isle

Ainda no centro velho, está o mercado da Rue St. Claire, que funciona durante todo o ano vendendo produções artesanais locais. 

Outro mercado é o de antiguidades, que ocorre no último sábado de cada mês no quarteirão Vicenza. Por fim, o Au Rendez-Vouz du Terroir é um farmer market de alimentos frescos que acontece de terça-feira a sábado. 

Retomando um pouco da história, Annecy se tornou um centro estratégico da Contra Reforma, legado que deixou várias igrejas como herança. As mais famosas são:

✦ Igreja de São Francisco de Sales (Église Saint-François de Sales): construída em 1610 e que, hoje, é destino de peregrinação, além de abrigar os restos mortais dos fundadores (São Francisco de Sales e Janne de Chantal).

O que fazer em Annecy (França): Igreja de São Francisco de Sales
Igreja de São Francisco de Sales (Tiia Monto, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons)

 

✦ Catedral de São Maurício (Eglise St. Maurice): construída por volta de 1420, é a última capela do convento dominicado local.   

O que fazer em Annecy (França): Igreja de São Maurício
Igreja de São Maurício

Caminhe pela Rue Royale, apreciando as lojas, escolhendo em qual restaurante irá comer e pare na fonte de Saint Jean. Aliás, uma dica é alugar uma bicicleta e dar um giro pelo centro histórico até chegar ao lago. 

Sem falar no raclette, prato suíço feito com queijo derretido e servido com batatas, uma deliciosa especialidade local. Próximo ao lago, estão os Jardins de L’Europe, com vista para os alpes. 

Jardins de L’Europe, às margens do canal em Annecy, na França
Jardins de L’Europe, às margens do canal (Guilhem Vellut from Annecy, France, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons)

Lago de Annecy

Falando em Lago de Annecy, este merece um capítulo à parte! Um dos maiores lagos da França, é famoso pelas águas azuis cristalinas que rodeiam a cidade. Além da caminhada pelo parque à beira do lago, dá para fazer um belo passeio de barco que leva a outras vilas próximas. 

Vista do Lago Annecy, em Annecy (França)
Lago Annecy (Alex Brown, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons)

O Lago é ligado ao centro histórico pela Pont des Amours, que oferece uma linda vista da cidade, além da promessa de amor eterno para os casais que passam por ali. 

Canal de Annecy, com a Pont des Amours ao fundo, com uma bela vista dos alpes
Canal de Annecy, com a Pont des Amours ao fundo, com uma bela vista dos alpes

Lembra do passeio de bicicleta? Se animar, pode separar quatro horas do seu dia e dar a volta completa no Lac Annecy. São 40 km de contemplação absoluta!

Castelo de Annecy

O Castelo de Annecy (Château d’Annecy) fica na parte histórica e já serviu de residência para os condes de Genebra. Desde 1953, funciona como museu com uma invejável exposição permanente de artes, esculturas e mobiliários tradicionais dos alpes. 

Também abriga exposições temporárias, além do Observatório Regional dos Lagos Alpinos. O nome é justo, uma vez que o alto do castelo oferece uma vista belíssima da cidade.  

O que fazer em Annecy (França): Castelo de Annecy
Castelo de Annecy (Torsade de Pointes, CC0, via Wikimedia Commons)

Praias e esportes náuticos

Se você não é só de contemplação, arrisque-se nos esportes náuticos em Annecy! O Lago Annecy tem opções como paddleboarding, wakeboard, mergulho, aluguel de catamarãs e iates. 

No verão, há praias de areia ou grama ao longo do lago, permitindo momentos de apreciação e, claro, mergulhos refrescantes nas águas cristalinas. 

Pessoas praticando parapente no Lago de Annecy
Caso prefira um programa ainda mais radical, você pode praticar parapente no Lago de Annecy

Chegando à cidade, não faça nada com pressa, afinal Annecy merece visitas contemplativas! Em vez de um bate e volta, fique pelo menos três dias na cidade, comendo um croissant nos cafés ou tomando um banho no Lago de Annecy no verão. 

Gostou de conhecer a Veneza alpina? Que tal seguir viagem com a gente e conferir o que fazer no Porto

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Assumimos que você está de acordo, mas você pode não aceitar caso prefira. Aceitar Ler Mais

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->