Seguro de carro cobre inundações ou enchentes? Confira como funciona!

Entenda como funciona o seguro de carro em casos de enchentes!

- Tempo de leitura: 2 minutos -

Saber se o seguro de carro cobre inundações ou enchentes é uma dúvida comum entre a população. Contudo, a questão tem se tornado ainda mais frequente em virtude das grandes mudanças climáticas e alagamentos recorrentes.

E a resposta para essa pergunta é simples. O seguro de carro cobre esses acontecimentos, porém você precisa ter em mente como funciona e quais são os cuidados necessários! Por isso, acompanhe a leitura deste artigo e entenda!

Leia mais: Novas regras! Tudo que mudou na hora de fazer o seguro do seu carro

Como funciona o seguro de carro em casos de inundações ou enchentes

Por conta das recentes e repetidas inundações, muitas pessoas perderam diversos materiais e propriedades, inclusive os seus veículos. Entre os cidadãos que possuem seguro para os seus carros, o dano é menor, já que o benefício cobre os prejuízos ao automóvel.

Entretanto, você como cliente precisa estar atento(a), pois nem todos os seguros fornecem esse direito. Assim, o consumidor precisa ter contratado a cobertura compreensiva, conhecida por seguro total, que protege contra incêndios, batidas, roubos e danos da natureza.

Dessa forma, quando ocorrerem enchentes ou inundações, basta você buscar a seguradora para dar entrada na indenização dos danos. Caso a agência constate que a perda do carro foi total, o processo de ressarcimento do valor é o mesmo de batidas.

Independentemente de onde estava o seu veículo no momento da enchente, seja na rua ou garagem, o seguro irá cobrir o prejuízo. Porém, durante as inundações existem situações ou atos que a seguradora não cobre, confira a seguir quais são elas!

Ações que as seguradoras não cobrem durante as inundações

Assim que você notar que o automóvel foi atingido por uma enchente, acione imediatamente o guincho. Não tente ligar o carro, pois quando a água entra no motor, o ato de dar partida no veículo agrava ainda mais o dano. Desse modo, a seguradora não é responsável por esse último ato.

Certamente você já sabe que atravessar áreas inundadas é um risco para o automóvel. Portanto, se for comprovado de alguma forma que o motorista percorreu o caminho de forma consciente, a seguradora não se responsabiliza.

Por fim, não se esqueça que as seguradoras só cobrem danos de enchentes causadas por água de chuva. Então os episódios de inundações com água salgada ficam fora do contrato!

Quer acessar mais conteúdos como esse? Então basta clicar aqui!

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Assumimos que você está de acordo, mas você pode não aceitar caso prefira. Aceitar Ler Mais

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->