Novas regras! Tudo que mudou na hora de fazer o seguro do seu carro

Susep publicou as mudanças no início do mês de setembro. Decreto vai facilitar o acesso da população ao seguro veicular, segundo o órgão.

- Tempo de leitura: 1 minuto -

A Superintendência de Seguros Privados (Susep) alterou as regras para a aquisição de seguros de automóveis. A novidade começou a valer em 1º de setembro e muda alguns critérios na hora de adquirir esse serviço. De acordo com a Susep, a medida tem como objetivo facilitar a aquisição e desenvolver o mercado.

O seguro de automóveis arrecadou, apenas no primeiro semestre de 2021, R$ 17,43 bilhões. Esse valor foi 6,8% maior em comparação com o mesmo período do ano passado. Apesar disso, informações do Denatran destacam que apenas 16% dos veículos brasileiros possuem seguro.

De acordo com a superintendente da Susep, Solange Vieira, a nova medida foi desenvolvida para deixar o seguro de automóveis mais acessíveis ao público. “Temos trabalhado para que o seguro seja cada vez mais uma opção para que o cidadão possa se proteger e proteger seu patrimônio. As mudanças no seguro auto propiciarão muitas oportunidades para o mercado e, principalmente, para novos consumidores de seguro. Trata-se de oferecer mais acesso e possibilidade de escolhas”, destacou.

Agora os seguros podem ser contratados de diversas maneiras. O principal destaque é que o seguro veicular agora pode ser feito vinculado ao motorista e não ao modelo exato do veículo. A medida foi pensada para facilitar o acesso ao seguro para motoristas de aplicativos e condutores compartilham automóveis.

As empresas de seguro também podem vender seguros para ocorrências específicas como batidas, furto, roubo e incêndio. A partir de agora eles podem ser vendidos de forma isolada ou combinada.

O diretor da Susep, Rafael Scherre, disse que as medidas vão fortalecer o mercado. “Esperamos um crescimento significativo do mercado nos próximos anos, com ampliação de cobertura, inclusão e, principalmente, inovação. E, a partir de agora, as bases para um ambiente favorável à competição e novos negócios, com menos restrições regulatórias, estão lançadas”, enfatizou.

Você pode conferir a nova norma completa aqui.

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Se você continuar a usar este site, assumiremos que você está de acordo com isso. Aceitar Ler Mais

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->