Saiba como funciona a aposentadoria na Dinamarca

O sistema previdenciário dinamarquês é considerado um dos melhores do mundo.

- Tempo de leitura: 2 minutos -

A Dinamarca é um país europeu cujos índices de desenvolvimento despertam a atenção de quem pretende viver melhor no exterior. Com expectativa de vida de 81 anos, a nação também desponta quanto à qualidade de vida. Por isso, muitos procuram o país para viver uma velhice segura e confortável. Logo, como funciona a aposentadoria na Dinamarca?

Especialistas apontam o sistema previdenciário dinamarquês como um dos melhores do mundo. A classificação se dá graças à combinação bem sucedida do que é pago pelo Estado enquanto benefício e outros planos de aposentadoria. Nestes, estão incluídos o que a empresa precisa, obrigatoriamente, pagar aos empregados ou planos privados. 

Como funciona a aposentadoria na Dinamarca

O primeiro ponto a destacar sobre a aposentadoria na Dinamarca é que não há tempo mínimo obrigatório para contribuição. Mesmo assim, o valor do benefício será proporcional aos anos de pagamento enquanto o beneficiário atuou no mercado de trabalho. Porém, há planos para modificar esses requisitos. 

Atualmente, a idade mínima para aposentadoria básica universal é de 65 anos, tanto para homens quanto para mulheres. Entretanto, deve subir para 67 anos entre 2024 e 2027, considerando seis meses por ano. Depois, será considerado o índice de longevidade apresentado pela população. 

Quanto ao funcionamento em si da previdência dinamarquesa, trata-se de sistema misto. Isso significa que, na prática, a aposentadoria na Dinamarca combina valor pago pelo Estado e previdência trabalhista. Assim, alia capitalização, repartição e proteção social, que é um benefício pago ao cidadão que nunca contribuiu. Veja como cada um funciona: 

  • capitalização: contribuição paga pelo trabalhador durante sua própria jornada laborativa 
  • repartição: valor de contribuição pago por trabalhadores com o objetivo de subsidiar a aposentadoria de quem já é beneficiado
  • proteção social: benefício pago ao cidadão que nunca contribuiu ao longo da vida

A aposentadoria na Dinamarca tem plano consistente, razão pela qual ocupa o segundo lugar dos planos previdenciários no mundo. 

Viver na Dinamarca como aposentado

Além de ter bom plano previdenciário, a Dinamarca ainda oferece aos cidadãos relevante bem-estar social, isto é, qualidade de vida. O sistema de saúde, por exemplo, é gratuito, eficiente e pode ser usufruído por todos que vivem legalmente no país. Por isso, a Dinamarca está entre os dez melhores países do mundo para aposentados. 

O estudo realizado pela Blacktower Financial Management Group considera fatores como custo e expectativa de vida, criminalidade, além de preços de moradia. Por isso, 19,84% da população dinamarquesa, hoje, tem mais de 65 anos. Pessoas que, também, desfrutam de belas paisagens naturais e cidades deslumbrantes. 

Como se vê, a aposentadoria na Dinamarca configura um sistema invejável, razão pela qual atrai pessoas que, após longos anos de trabalho, querem viver bem. Porém, não é o único país onde aposentados têm vantagens. Confira como é a aposentadoria na Noruega, outro país escandinavo com altos índices de qualidade de vida. 

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Assumimos que você está de acordo, mas você pode não aceitar caso prefira. Aceitar Ler Mais

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->