Quanto ganha um personal trainer em Portugal

O profissional é responsável por ministrar treinamentos personalizados e tem remuneração considerável no país europeu.

- Tempo de leitura: 3 minutos -

O personal trainer, também chamado de treinador pessoal, é o profissional indicado para ministrar treinamento físico personalizado. Seu diferencial é criar e supervisionar os exercícios conforme as necessidades específicas da pessoa atendida. A profissão está em alta, uma vez que o tempo está cada vez mais escasso. Na Europa, a tendência é a mesma e muitos educadores físicos se perguntam quanto ganha um personal trainer em Portugal, país que mais recebe brasileiros no outro lado do Atlântico. 

O personal trainer atua com clientes individuais e pequenos grupos em academias, clubes, praças, residências e condomínios. Nos treinos, inclui alongamento, pilates, yoga, corrida, triatlo, artes marciais, musculação, esportes coletivos reabilitação musculoesquelética e dança. Como já mencionado, seu principal diferencial é elaborar uma rotina adaptada às capacidades físicas e objetivos específicos do indivíduo. Assim, centra nas particularidades, potencializa os pontos fortes e foca nas partes do corpo até então não trabalhadas. 

Até pouco tempo atrás, o personal trainer era tido como privilégio de celebridades e esportistas profissionais. Felizmente, isso tem sido cada vez mais desmistificado e o serviço vem se tornando acessível. No Brasil, a profissão é relativamente recente e ganhou destaque nos anos 90. Talvez por isso, ainda não haja um salário mínimo unificado vigente no país, mas leis e acordos que definem o piso para professores de Educação Física. 

E, como é em outros países? Como um profissional de Educação Física brasileiro pode atuar como personal trainer na Europa, continente que mais recebe imigrantes. Mais ainda, quanto ganha um personal trainer em Portugal?

Como ser personal trainer em Portugal?

Naturalmente, sair do país de origem é sempre um grande desafio. Um deles é a burocracia para atuar na área de formação, validando diplomas ou completando carga horária. A boa notícia é que alguns países, como Brasil e Portugal, integram a Convenção de Haia, facilitando o processo de validação de documentos no exterior mais fácil. O primeiro passo é autenticar os documentos pelo apostilamento de Haia em cartórios autorizados.

Depois, é necessário obter a cédula profissional, processo que começa com o pedido de equivalência da graduação brasileira em uma universidade portuguesa. Basta acessar o site da Direção-Geral do Ensino Superior (DGES) e solicitar a equivalência de curso, escolhendo a universidade portuguesa já na hora de preencher o formulário. É interessante conferir, com antecedência, qual instituição se assemelha ao seu curso no Brasil. Anexe diploma, histórico escolar, ementas e o que mais a solicitar (todos apostilados). 

A análise leva aproximadamente três meses e, após a aprovação, é feita a solicitação da cédula pelo site do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Com o documento em mãos, o solicitante estará apto a atuar como profissional de Educação Física em Portugal, inclusive personal trainer.     

Quanto ganha um personal trainer em Portugal?

O rendimento de um personal trainer varia conforme a área de atuação do profissional, mas gira em torno de 35 euros por sessão. Porém, são descontados impostos e compartilhamento com a academia onde for empregado. Assim, pode receber 15 euros por sessão. No entanto, é importante destacar que quase todo profissional de Educação Física em Portugal trabalha com o chamado recibo verde, equivalente ao MEI no Brasil. Na prática, são profissionais independentes sem direito a férias remuneradas nem subsídios.   

Por outro lado, precisa pagar impostos e registrar mensalmente seus ganhos, o que dificulta a análise final da remuneração média, por mês, um personal trainer em Portugal. Inicialmente, um profissional da área recebe, em média, de 1200 a 1600 euros, sem descontar os impostos. Porém, mediante o crescimento das áreas desportivas no país, o mercado é farto e os ganhos mensais podem chegar a 2.740 euros mensais.

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Assumimos que você está de acordo, mas você pode não aceitar caso prefira. Aceitar Ler Mais

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->