O que realmente esperar da onda de frio desta semana?

A frente fria, que chegará nesta semana, vem despertando curiosidades e muitas notícias.

- Tempo de leitura: 3 minutos -

Onda de frio mais intensa do século? Neve no Rio de Janeiro? Temperatura de -15ºC?

Nos últimos dias os noticiários foram tomados por informações sobre a chegada de uma frente fria que derrubará a temperatura em várias localidades do Brasil a partir desta quarta-feira (28). Juntamente com as notícias vieram as dúvidas: até que ponto o que lemos é verdade ou apenas um exagero amplamente disseminado?

Verdades e “exageros” sobre o fenômeno

É fato que a massa de ar frio de origem polar irá provocar quedas acentuadas na região centro-sul, principalmente na Região Sul, onde possivelmente essa será a onda de frio mais intensa deste ano, podendo inclusive nevar nas regiões mais altas da serras gaúchas e catarinenses.

Em Florianópolis,  a temperatura pode ficar negativa já na manhã da quinta feira, com termômetros marcando -1ºC. Além disso, há grandes chances de geada em toda a região sul, inclusive nas capitais.

Em muitas cidades do Sul do país será o frio mais intenso de 2021 até agora, mas na maior parte da região Centro-Oeste e do Sudeste as baixas temperaturas não devem superar as registradas há algumas semanas atrás.

Desta vez, no entanto, a onda deverá ser mais duradoura e as temperaturas devem permanecer baixas por mais dias. Espera-se temperaturas mínimas negativas nas serras da Região Sul e máximas abaixo de 10ºC a partir do dia 28/07 até 30/07. Também estão previstas temperaturas negativas na região da Serra da Mantiqueira (SP), no Mato Grosso do Sul e no sudeste paulista.

Os estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina podem enfrentar seis a sete dias com baixas temperaturas em seu território, com pico entre quarta-feira e sexta-feira.

Por outro lado, não é verdade que o Brasil vá encarar a maior onda de frio do século, pois, como já vimos, em alguns lugares ela não será sequer mais intensa que as anteriores deste ano.

Então não espere temperaturas abaixo de -15ºC no Sul como tem sido divulgado, mas, se você mora nas regiões altas do sul do país, espere sim sensações térmicas baixíssimas que podem atingir -25ºC. Isso será motivado pela ação de ventos moderados no local.

Recordes em São Paulo? Neve no Rio de Janeiro?

Ok, vamos por partes. De acordo com o site Climatempo. A menor temperatura já registrada na cidade de São Paulo foi de -2,0ºC, em agosto de 1943, pelo INMET, no Mirante de Santana. Na onda de frio desta semana espera-se registrar temperaturas negativas em regiões mais ao sul da Grande São Paulo, porém na cidade de São Paulo em si espera-se temperaturas mínimas de 4ºC, com risco de geada.

Agora sobre o Rio de Janeiro… Lendo a notícia você pode até achar estranho cogitar neve no Rio de Janeiro, mas pasmem: há uma região no estado em que já foram registradas quedas de neve… e mais de uma vez!

Estamos falando do Pico do Itatiaia. Segundo o ICMBIO, no dia 26 de setembro de 2012 nevou na região e os termômetros marcaram -9ºC. Outro episódio semelhante foi registrado em 1988 no mesmo local. Ou seja, é algo bem raro.

E continuará assim, pois, apesar de modelos meteorológicos terem apontado para a possibilidade de neve fraca no Pico do Itatiaia, o Climatempo não confirma que haja essa possibilidade. Haverá sim chances de geada.

Qual a temperatura mais baixa registrada no Brasil?

Uma curiosidade: a temperatura mais baixa registrada em locais habitados e com atividade humana regular no Brasil é de -8,2ºC no dia 20 de julho, em Urupema, no estado de Santa Catarina, de acordo com medição do Epagri-Ciram.


Fonte: Climatempo

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Se você continuar a usar este site, assumiremos que você está de acordo com isso. Aceitar Ler Mais

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->