Novas funcionalidades do Pix vão permitir transferência internacional e sem internet

A plataforma quer expandir ainda mais os serviços oferecidos ao público.

- Tempo de leitura: 1 minuto -

O Pix pretende expandir suas operações nos próximos anos. De acordo com o presidente do do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, a expectativa é tornar o serviço acessível sem a necessidade de internet e também liberar a opção de pagamentos internacionais. 

Campos Neto repassou as informações durante o evento de aniversário de um ano da plataforma de pagamentos. Ele aproveitou para destacar que o projeto foi uma grande revolução na forma que as transações financeiras são feitas no país.

LEIA MAIS: Como funcionará o Saque e Troco via PIX?

“As expressões ‘Me faz um Pix’, ‘Aceita Pix?’, ‘Quer pagar com Pix?’ já são o ‘novo normal’ para a maioria da população. Esse sucesso é resultado do trabalho árduo não só do time do BC, como das equipes de todas as instituições participantes, que construíram o Pix a múltiplas mãos e possibilitaram o início dessa revolução”, disse Campos Neto em discurso para a imprensa.

Ele também destacou que o Pix chegou em um momento ideal. A digitalização dos negócios aliada a plataforma fez com que o mercado financeiro se tornasse mais eficiente. 

“O Pix incentiva a eletronização dos pagamentos, faz frente ao contexto de digitalização dos negócios, amplia a eficiência do mercado e é um importante vetor para a promoção da inclusão financeira. Em um momento em que a economia ainda sofre os impactos da pandemia, o Pix foi especialmente importante, viabilizando negócios, pagamentos rápidos e doações”, destacou.

De acordo com informações do Banco Central, o Pix, em menos de três meses de operação, ultrapassou as tradicionais operações de TED e DOC. Atualmente o Pix já realiza mais transações do que boletos. São cerca de 7 bilhões de transações realizadas desde o início do programa. 

O BC também informou que 348,1 milhões de chaves já estão cadastradas no sistema. São 112,65 milhões de usuários e 762 instituições financeiras envolvidas no processo.

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Se você continuar a usar este site, assumiremos que você está de acordo com isso. Aceitar Ler Mais

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->