Ilha dos Macacos: a experiência de uma vida na Tailândia!

A mais famosa ilha tailandesa tem, além dos primatas, areias branquíssimas e mar esmeralda.

- Tempo de leitura: 4 minutos -

Daí, você está fazendo seu passeio pelas praias e ilhas da Tailândia e, de repente, aporta em uma habitada por vários macaquinhos. Sim, você chegou à Ilha dos Macacos, uma falésia muito arborizada e habitada por macacos (daí, o nome). Localizada na famosa Ilha de Phi Phi, certamente será uma das melhores experiências da sua viagem. 

A Ilha dos Macacos fica em uma península em Koh Phi Phi Don, a maior das duas principais ilhas Phi Phi. A impressionante faixa com 150 metros de areia branca está no lado sudoeste da Baía de Tonsai, a cerca de 700 metros do cais, onde chegam a grande maioria dos barcos.

Cenário paradisíaco na Ilha dos Macacos (Tailândia)
Cenário paradisíaco na Ilha dos Macacos

Além dos moradores inusitados, a Ilha dos Macacos, ou Monkey Beach, tem areia branca  que emoldura as águas de cor esmeralda. Mar que a torna um dos 10 melhores pontos de mergulho da Tailândia. Como pano de fundo, um penhasco íngreme de calcário coberto por vegetação exuberante, a pausa perfeita da agitada vida noturna em Pukhet. 

Como chegar à Ilha dos Macacos

Como chegar à ilha dos macacos, na Tailândia: Barco de Cauda
Para chegar à Ilha dos Macacos, é necessário pegar um barco

Existem diferentes maneiras de chegar à Monkey Beach. Uma delas é alugar um barco de cauda no cais de Tonsai ou um caiaque cujo trajeto é de 40 minutos. Não há entrada para carros nem estradas que conduzam até lá. O ideal é contratar um passeio, pois o tráfego de embarcações é intenso.

Os destaques da Ilha dos Macacos

Em um lugar tão cheio de superlativos, fica até difícil listar aquilo que é destaque! Mas, vamos começar pelas águas rasas que dão a sensação de nadar dentro de um aquário. O mar abriga um dos mais diversos ecossistemas subaquáticos e contrasta com a areia branca. Depois, as impressionantes formações geológicas que contornam a ilha. 

Macacos na Ilha dos Macacos (Tailândia)
Macacos na Ilha

Por isso, na sua visita à Ilha dos Macacos, não deixe de mergulhar! Através do snorkeling, é possível avistar enorme variedade de peixes, como peixe-palhaço em suas anêmonas, além de belos corais. 

Como são os macacos da Monkey Beach?

Porém, o mais interessante mesmo é ter a oportunidade de ver o mundo animal ali, no seu habitat, especialmente os famosos habitantes da ilha: os macacos! Simpáticos e amigáveis, chegam a ter alguma interação humana, momentos perfeitos para tirar algumas fotos. Mas, sempre respeitando seus limites, afinal, você está na casa deles! 

A espécie que habita a ilha, de modo geral, é a dos macacos de cauda longa que descem a rocha para receber os turistas. Também não é difícil vê-los à procura de caranguejos, mesmo que sua dieta seja composta por 80% de frutas. Apesar de os macacos serem seres bastante curiosos, os coleguinhas da ilha são bem menos intimidadores. 

Os macacos de cauda longa são de menor porte e muito, muito fofos, principalmente os filhotes. Imagine vê-los grudados nas mamães ou tomando leite! Já os adultos dificilmente ultrapassam o tamanho de um gato doméstico. Normalmente, chegam em bandos majoritariamente compostos por fêmeas adultas e macacos jovens. 

Filhotes de macacos na Ilha dos Macacos (Tailândia)
Filhotes de macacos encontrados na ilha

Embora sejam tranquilos e até façam graça para os turistas, imitando os humanos, são animais selvagens. Isso significa que, ao mesmo tempo em que podemos apreciá-los em perfeita harmonia, de repente testemunhamos uma briga por território. As interações com os humanos também são sempre interessantes. 

Mas, aqui vale alguma cautela. Inevitavelmente, chegamos à ilha sorrindo e mostrando barcos e pertences a eles, fazendo contato visual imediato. Porém, para os macacos, mostrar os dentes e olhar direto nos olhos pode sinalizar agressividade. Outra questão é vigiar sempre seus objetos, pois eles podem surrupiá-los (inocentemente, claro). 

Macacos da Ilha dos Macacos (Tailândia)
Os macacos são seres curiosos, por isso vigie seus objetos pessoais

Os macacos são muito inteligentes e, na maior parte do tempo, amigáveis. Contudo, devemos evitar qualquer atitude que passe a impressão de risco ou de deixá-los encurralados porque, naturalmente, vão se defender. Daí, o risco de tomar uma mordida, o que pode trazer infecções. 

O que você precisa saber antes de ir para a Ilha dos Macacos

É bom lembrar que há pouca infraestrutura na Ilha dos Macacos, então não se esqueça de trazer um pouco de água e lanches. A Ilha dos Macacos é uma baía muito pequena, porém, também bastante movimentada, por isso, é melhor chegar lá de manhã, antes que as lanchas comecem a chegar. 

Ou, no final da tarde, quando os macacos ​​estarão bem alimentados e um pouco menos agressivos. Ainda que não seja permitido alimentá-los, alguém teve, no passado, a péssima ideia de fazer isso – e ainda o fazem. Agora, eles sempre abordam os visitantes em busca de algo para comer, o que não é nada seguro nem para você, nem para eles. 

Afinal, são animais selvagens e qualquer movimento que os deixe inseguros pode levá-los a morder. Por outro lado, não é nada saudável para eles comer alimentos feitos para seres humanos. Sendo assim, se for abordado, prefira dar uma fruta para não fazer mal aos animais. 

Visitar a Ilha dos Macacos é, com certeza, uma experiência marcante na Tailândia, oportunidade de passar um dia divertido desfrutando de experiência única. O país, em si, é incrível e permite passeios maravilhosos, inclusive entre alguns dos mais impressionantes templos budistas

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Assumimos que você está de acordo, mas você pode não aceitar caso prefira. Aceitar Ler Mais

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->