História e curiosidades do Arco do Triunfo, o emblemático monumento de Paris

Junto à Torre Eiffel, o Arco do Triunfo está entre os pontos turísticos mais visitados da Cidade Luz, e tem séculos de história.

Ah, Paris, com sua elegância, monumentos históricos e gastronomia estrelada. A Cidade Luz, como merecidamente é chamada, é beleza em cada beco, charme em todos os cafés e bistrôs. Assim como tantas capitais europeias, Paris respira história, por ter sido palco de batalhas revolucionárias desde a Idade Média. Se cada monumento falasse, quanta coisa lida em livros seria confirmada ou até desmentida! E, falando em monumentos, como deixar de fora a história e curiosidades do Arco do Triunfo?

A construção é o ponto de encontro de doze importantes avenidades parisienses, entre elas, a famosa Champs Elysées. Com toda a sua opulência, o majestoso monumento está ali para celebrar conquistas, homenagear heróis de guerra e relembrar desafios. Também recorda feitos inimagináveis, como passar um avião por baixo de seu arco. Inspirado nas tradições romanas de celebrar conquistas militares através de construções, o Arco do Triunfo oferece uma das vistas mais lindas de Paris.

História e Curiosidades do Arco do Triunfo: O Arco do Triunfo à noite
O Arco do Triunfo à noite

Paris tem, sim, pontos turísticos que são parada obrigatória. Torre Eiffel, com toda a sua estrutura; Mona Lisa e seu sorriso enigmático cuidadosamente guardado no Museu du Louvre; a Catedral de Notre Dame e a vista de cartão postal (além do lar do Corcunda personagem de desenho animado); ou, os passeios pelo Rio Sena. Mas, conhecer a história, descobrir as curiosidades e visitar o Arco do Triunfo é, sem dúvida, uma experiência de valer a pena!

Conheça a história da Torre Eiffel, em Paris: Conheça a história da Torre Eiffel e várias curiosidades

A História do Arco do Triunfo    

O ícone conhecido como Arco do Triunfo é a pura história inscrita em paredes. Sua construção foi encomendada pelo imperador Napoleão Bonaparte ao arquiteto Jean Chalgrin, em 1806, para celebrar a vitória francesa na Batalha de Austerlitz. A ideia era seguir a tradição da Roma Antiga de comemorar conquistas militares mediante a construção de arcos. 

História e Curiosidades do Arco do Triunfo: A construção do monumento foi encomendada por Napoleão Bonaparte
A construção do monumento foi encomendada por Napoleão Bonaparte

É bem verdade que levantar o monumento não foi fácil e sua finalização demorou três décadas. A conclusão mesmo da obra se deu 15 anos após a morte de Bonaparte que, ele mesmo, protagonizou batalhas e saiu vencido de muitas delas. O monumento foi construído no centro da cidade, com 50m de altura e base de 45m por 22m. Apesar de, aparentemente ser uma estrutura maciça, o Arco do Triunfo permite visitas internas, incluindo um museu que mostra a origem e o processo de construção do monumento. 

As paredes do Arco do Triunfo trazem os nomes das batalhas vencidas pelo exército napoleônico nos quatro pilares, além dos 558 generais napoleônicos. Muitos, inclusive, foram mortos nas guerras. Além disso, as mesmas paredes também trazem frases e pequenos versos pertinentes à construção do país, além de guardar esculturas cênicas bonitas e importantes. Entre elas, A Marselhesa, figura de uma mulher que chama o povo francês para lutar e revolucionar o país.  

História e Curiosidades do Arco do Triunfo: Escultura La Marseillaise (A Marselhesa)
Escultura La Marseillaise (A Marselhesa), no Arco do Triunfo

Ao longo de sua história, o Arco do Triunfo representou, e ainda o faz, o patriotismo e orgulho que os franceses carregam da nação. A França foi palco de intensos movimentos sociais, com lutas históricas para derrubar governos e construir novos. Por isso, o monumento tornou-se ponto de partida para manifestações promovidas pela população. A construção também testemunhou momentos históricos, como passagem dos restos mortais de Napoleão (1840) e desfiles militares de duas grandes guerras (1919 e 1944).

Hoje, como planejado por Napoleão, o Arco serve para paradas militares e, nos desfiles, soldados passam por baixo dele. A história conta que, após alcançarem a vitória em Austerlitz, Napoleão teria prometido ao seu exército que, dali em diante, só caminhariam sob um arco triunfal. Por isso, a ordem para construí-lo. Como já mencionado, o monumento é confluência de doze avenidas parisienses, entre elas, a Champs Elysées. Dele, também se observa o Bairro de La Defense.

História e Curiosidades do Arco do Triunfo: Parada Militar, com o Arco do Triunfo ao fundo
Parada Militar, com o Arco do Triunfo ao fundo

Curiosidades sobre o Arco do Triunfo

  • Em 1919, o aviador francês Charles Godefroy passou sob o Arco do Triunfo com seu bimotor para homenagear os mortos durante a Primeira Guerra Mundial. 
  • Outra homenagem é a Tombe du soldat inconnu, lápide sob a qual um soldado francês morto na 1ª Guerra Mundial foi enterrado, em 1921, sob o arco. 
  • Epitácio Pessoa, presidente do Brasil em 1921, visitou São Paulo naquele ano e foi homenageado com uma réplica do Arco do Triunfo. A construção foi levantada em três dias, tendo 28 metros de altura e 27 de metros de largura. Mas, o arco foi desmontado após a celebração da Independência do Brasil, em 7 de setembro do mesmo ano.
  • Ainda que sua altura seja inferior à Torre Eiffel, vale a pena subir até o topo das escadarias internas para ter uma vista belíssima e diferente de Paris.  
  • A subida à parte superior é paga na entrada e exige subir 286 degraus. Já para chegar à base, existem passagens subterrâneas em diferentes avenidas.    
  • Não tente atravessar a rua ao redor do monumento, pois a rotatória do Arco é perigosa tanto para carros quanto para pedestres.

E você, já conhecia a história do Arco do Triunfo? E de outros monumentos de Paris? Teve a oportunidade de visitar algum deles?

Você pode gostar também

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Especial: Viagem com segurança durante a pandemia