Fuga da realidade? Entenda o Metaverso, a nova tecnologia criada pelo Facebook!

Veja essa grande aposta de Mark Zuckerberg.

- Tempo de leitura: 2 minutos -

Recentemente, o Facebook mudou seu nome para “Meta” para alinhar a empresa com suas ambições de construir o “metaverso”. Mas você sabe o que isso significa? Entenda mais sobre esse assunto no artigo que preparamos!

O que é metaverso?

O termo metaverso tornou-se uma palavra de ordem em tecnologia e negócios. Trata-se de uma espécie de hub social futuro ou ambiente virtual onde os usuários podem entrar e interagir como avatares em vez de apenas olhar para a tela. É uma espécie de mundo 3D que permite que as pessoas se conheçam, trabalhem e joguem. Tudo isso, fazendo uso de fones de ouvido de realidade virtual, óculos de realidade aumentada, aplicativos para smartphones e muito mais. Ele envolve outras atividades, como compras e mídias sociais também.

Em suma, o metaverso fornece um conjunto de espaços digitais interconectados. Ele permite que os indivíduos façam coisas que não podem fazer no mundo real e até mesmo fazendo-os sentir que estão ali com outra pessoa, mesmo que possam estar fisicamente distantes dela.

Qual pode ser a razão para o Facebook apostar muito nessa tecnologia?

O Facebook, a maior rede social do mundo, tem investido maciçamente em metaverso. Já que Mark Zuckerberg não quer que sua empresa seja conhecida apenas como uma empresa de mídia social.

“O Facebook é uma marca icônica de mídia social, mas cada vez mais falha em abranger tudo o que fazemos”, disse Zuckerberg em coletiva para imprensa.

“Hoje somos vistos como uma empresa de mídia social”, acrescentou, “mas em nosso DNA, somos uma empresa que constrói tecnologia para conectar pessoas. E o metaverso é a próxima fronteira, assim como as redes sociais foi quando começamos.”

Embora pareça que o Facebook quer avançar para o futuro, há controvérsias de que a razão por trás de tal decisão pode ser apenas para criar uma espécie de distração da má imprensa. É sabido que a marca Facebook tem passado por constantes ataques de controvérsias. Tudo isso, por incentivar a disseminação de desinformação e por suas políticas opacas em torno dos dados dos usuários. Portanto, presume-se que há ainda outras razões por trás dessa escolha.

De todo modo, a ideia do metaverso parece muito promissora, razão pela qual muitas das principais empresas de tecnologia do mundo estão investindo em seu desenvolvimento. Se o metaverso puder se concretizar, ele transformará drasticamente  o comportamento do consumidor e empresas como conhecemos hoje.

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Se você continuar a usar este site, assumiremos que você está de acordo com isso. Aceitar Ler Mais

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->