14 festas populares do Japão para conhecer mais da cultura milenar

O Japão realizada inúmeros festivais para celebrar a transição das estações, fato que mostra a força de suas tradições.

O Japão é mundialmente conhecido por suas tradições milenares e a preocupação em preservá-las, a despeito da modernização acelerada do país. Além da culinária, vestimentas e rituais, os festivais são representações claras da riqueza cultural do povo japonês. E, são tantas que fica difícil listar quais são as 14 festas populares do Japão que melhor traduzem os costumes do país. 

O Japão promove diferentes festivais em suas províncias para marcar as quatro estações do ano, bem como a transição entre elas. Por isso, durante a primavera, há festas para celebrar a estação das flores, em especial, as simbólicas cerejeiras. As belas esculturas de gelo marcam os festivais realizados no inverno, enquanto o verão traz fogos de artifício e lanternas. O que importa é celebrar, independente da estação do ano. 

Muitos até são reproduzidos no Brasil, nação que concentra um dos maiores contingentes de imigração japonesa no mundo. Abaixo, listamos 14 festas populares do Japão que valem a pena conhecer, especialmente, caso algum deles coincida com sua próxima viagem ao país. 

Principais festivais japoneses

1 Yuki Matsuri

Yuki Matsuri
Esculturas do Festival de Sapporo, em Hokkaido

O norte do Japão concentra boa parte dos festivais de inverno do país, mas cada região tem um jeito diferente de celebrar. Um dos mais conhecidos é o Festival de Sapporo, realizado na província de Hokkaido. Nele, são esculpidas enormes esculturas artísticas que representam  personagens famosos ou cenas importantes. Em Akita, crianças e suas famílias brincam na neve durante o Festival de Kamura, além de construir cabanas (kamuras), também de neve, para que possam brincar dentro delas. 

2 Festival Hakata Dontaku

Festival Hakata Dontaku
Festival Hakata Dontaku

O Festival Hakata Dontaku teve sua primeira edição em 1179 para celebrar o novo ano, chamado então de Matsubayashi. Por isso, o nome (Dontaku), que significa domingo ou feriado. O festival acontece na golden week, período compreendido entre o fim de abril e início de maio que concentra uma série de feriados nacionais. Anualmente, a celebração reúne cerca de 2 milhões de pessoas.

3 Bonenkai

Bonenkai
O Bonenkai é uma festa regada a bastante bebida, comemorada nos izakayas

No mês de dezembro, as empresas japonesas realizam o Bonenkai, a “festa para esquecer o ano”. Porém, a festa para celebrar o fim de um ano de muito trabalho acabou saindo do campo profissional para ser comemorada, também, entre amigos. Neste caso, as pessoas celebram em lugares chamados izakayas.

4 Yamayaki

Yamayaki
Yamayaki

O Yamayaki, ou “montanha queimando”, é um festival realizado em algumas regiões do país antes da primavera. Nele, é feita a queima simbólica da vegetação de uma montanha para, depois, empreender apresentações de fogos de artifício.

5 Festival Asakusa Sanja

Festival Asakusa Sanja
Festival Asakusa Sanja

O Festival Asakusa Sanja é uma conhecida celebração do bairro de Asakusa, em Tóquio, famoso por ainda preservar casas e ruas tradicionais. Sua principal marca é a presença dos omikoshi, espécies de santuários portáteis. Anualmente, milhares de visitantes chegam para conhecer o festival e assistir a homens carregando os santuários nos ombros. 

6 Obon

Obon
Festival Obon

O Obon é um festival fortemente presente na tradição budista para honrar os ancestrais. Realizado em meados de agosto, em pleno verão japonês, reúne famílias que prestam homenagens aos antepassados, realizando oferendas e limpando os túmulos. Durante a noite, protagonizam a dança ancestral, ou Bon-Odori. Diz-se que o Obon acontece no verão por ser o período no qual os espíritos estão mais próximos da Terra.

7 Mamemaki

Mamemaki
Mamemaki

Os japoneses acreditam que, no início da primavera, os mundos espiritual e material estão bem próximos, favorecendo o aparecimento de demônios. É nessa época que é celebrado o feriado de Setsubun (divisão das estações) por meio do Festival Mamemaki. Nele, crianças jogam soja queimada e adultos usam máscaras Oni para afastar o mal e assustar os demônios.

8 Hanami

Hanami
Hanami

O Hanami é mais uma festa para celebrar a chegada da primavera. Os japoneses amam flores, por isso, se reúnem em grupos para piqueniques, lanches ou, simplesmente, apreciar a natureza. Nessa época, é fácil admirar a beleza das cerejeiras e ameixeiras.

9 Tooro Nagashi

Tooro Nagashi
Festival das Lanternas

O Tooro Nagashi, ou Festival das Lanternas é um dos mais belos rituais conhecidos no mundo. A cerimônia é realizada no feriado japonês Obon, quando os espíritos visitam a Terra. Além de homenagear os mortos, o Tooro Nagashi também é uma memória a acontecimentos trágicos. Por isso, diz-se que o Festival das Lanternas representa a jornada da alma no pós vida.

10 Hanabi

Hanabi
Hanabi

O Hanabi é a tradicional queima de fogos herdada da Era Edo. Acontece entre os meses de julho e agosto, em todo o país, com shows pirotécnicos em parques ou beira de rios. Os mais incrementados duram até duas horas, contando com luzes que assumem formas diversas, como corações, flores e smileys

11 Dondo Yaki

Dondo Yaki
Fogueira no Dondo Yaki

Uma crença forte no Japão é de que jogar fora velhos objetos da sorte dá azar, então, é melhor queimá-los. No mês de janeiro, é época do Dondo Yaki, quando os objetos são queimados ou os japoneses buscam pelo Omikuji, papel da sorte presente em santuários Shitô. Diferente do papelzinho encontrado nos biscoitos da sorte, podem trazer mensagens boas ou ruins. 

12 Tanabata Matsuri

Tanabata Matsuri
Tanabata Matsuri

O Tanabata Matsuri, ou Festival das Estrelas, nasceu de uma lenda. Diz-se que uma estrela se apaixonou por um pastor e a paixão entre eles era tão forte que as obrigações acabavam sendo deixadas de lado. O pai da estrela, uma princesa, era um poderoso rei celestial e castigou os amantes separando-os pela Via-Láctea. Deus, porém, se compadeceu da tristeza da estrela e propôs um acordo: os dois poderiam se encontrar uma vez ao ano, desde que atendessem aos pedidos vindos da Terra. Por isso, milhares de japoneses escrevem bilhetes e os penduram em bambus decorados.

13 Hina Nagashi

Hina Nagashi
Barcos utilizados no Hina Nagashi

Parte da comemoração do Hina Matsuri, a cerimônia Hina Nagashi também carrega uma lenda. Nela, bonecas tradicionais devem ser colocadas em pequenos barquinhos rio abaixo até desembocar no mar. O intuito é fazer com que a má sorte seja transferida das crianças para as bonecas.

14 Festival Aomori Nebuta e Festival Hirosaki Neputa

Festival Aomori Nebuta e Festival Hirosaki Neputa
Festival Aomori Nebuta

O Festival Nebuta acontece no dia 7 de julho nas cidades de Aomori e Hirosaki. Hastes de madeira e bambu são decoradas com figuras, retratos de samurais, pássaros e demônios. Os desfiles ainda contam com carros e palanquins.

Você pode gostar também

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Especial: Viagem com segurança durante a pandemia