Proteja o aplicativo do seu banco com essas 4 dicas simples!

Veja, neste artigo, as ações necessárias para garantir uma maior proteção para o seu celular e tornar os seus dados pessoais mais seguros

- Tempo de leitura: 2 minutos -

O Brasil é um dos países que possuem os maiores índices de roubos e furtos no mundo. Contudo, dentre esses tipos de golpes, os mais comuns são os desvios de celulares, especialmente em ambientes públicos, como é o caso dos ônibus.

Desse modo, depois de cometer o crime, os bandidos costumam acessar os aplicativos dos bancos que estão nos celulares das vítimas e transferem o dinheiro presente para as suas contas particulares.

Diante disso, cada vez mais as pessoas têm pesquisado sobre como proteger o aplicativo do banco no celular, como uma maneira de tornar os seus dados pessoais e financeiros mais seguros e difíceis para a ação dos criminosos, caso elas tenham o seu celular roubado ou furtado.

Por esse motivo, para te ajudar a dificultar a ação desses malfeitores e tornar o seu smartphone mais protegido, confira neste artigo 3 dicas que preparamos especialmente para você reforçar a segurança do seu celular.

LEIA MAIS:

Como proteger o aplicativo do banco no celular

Saiba qual é o número do IMEI do seu celular para proteger o aplicativo do banco

Basicamente, o IMEI é o número de identificação do seu celular. Com isso, ele funciona como se fosse a carteira de identidade do seu smartphone. Logo, você pode apresentar essa numeração ao registrar o boletim de ocorrência e também para bloquear o smartphone ao ligar para a sua operadora.

Para saber essa numeração, abra o local de ligações do seu celular e digite *#06#. Procure qualquer informação sobre o IMEI, anote o número e guarde-o em um lugar seguro.

Utilize uma senha numérica para desbloquear os aplicativos

De fato, o desbloqueio por identificação facial e/ou digital é um método bem mais prático para desbloquear o celular e seus apps. Contudo, essa opção não pode ser a principal, já que ela deixa o seu aparelho muito mais vulnerável para a ação dos bandidos.

Portanto, a melhor opção é cadastrar uma senha numérica, pois ela possui um sistema mais complexo de proteção e, assim, a ação dos criminosos será mais dificultada.

Não deixe dados pessoais salvos no smartphone ou nos apps

Apesar de ter se tornado rotineiro deixar os dados do cartão em aplicativos como Shopee, iFood e Uber, esse hábito pode custar muito caro caso o seu celular seja roubado. Isso porque, não são todos os cartões que solicitam o código de segurança para efetuar as compras.

Diante disso, o ideal é utilizar um cartão virtual e temporário para esses tipos de aplicativos. Além de mantê-los sempre com o limite baixo.

Simplesmente esconda os aplicativos

Outra dica muito útil para proteger o aplicativo do banco no seu celular é simplesmente escondendo-o! Tratamos sobre isso em um outro artigo. Para saber mais, acesse: Como ocultar aplicativos no seu celular?

Gostou deste artigo? Confira vários outros semelhantes aqui no Rotas de Viagem!

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Se você continuar a usar este site, assumiremos que você está de acordo com isso. Aceitar Ler Mais

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->