Um breve histórico de dez belas cidades planejadas do Brasil

Saiba quais são as dez cidades planejadas brasileiras e como foi o projeto inicial de cada uma delas.

- Tempo de leitura: 7 minutos -

Você sabe o que é uma cidade planejada? Uma cidade planejada é qualquer município cuja construção tenha seguido um planejamento prévio. Normalmente, são construídas em áreas subdesenvolvidas para que cresçam conforme projeto desenhado por arquitetos e engenheiros. Desde o início, partem de um plano diretor, documento que apresenta as especificações da cidade. As dez cidades planejadas do Brasil são exemplos de como funciona a construção de um município assim. 

E por que uma cidade planejada é tão importante? Por permitir a implantação de ruas bem dimensionadas, áreas públicas configuradas, esquematizar sistemas de infraestrutura e segurança. O intuito é que o planejamento permita que seus moradores vivam em uma cidade que, apesar dos desafios e crescimento populacional, mantenha um funcionamento sustentável e harmonioso. 

Veja, agora, como foram pensadas as dez cidades planejadas do Brasil e seu contexto de criação. 

Dez cidades planejadas do Brasil

1 Salvador

Salvador
Salvador (BA), cujo plano diretor foi elaborado pelo arquiteto Luís Dias

A capital baiana foi a primeira cidade planejada do Brasil, fundada ainda em 1549. O projeto é de autoria do arquiteto Luís Dias no intuito de organizar a primeira capital brasileira. A preocupação, então, era combinar as funções militar e administrativa. Por isso, Salvador foi construída tendo como base uma geometria quadrangular inspirada em trabalhos renascentistas que a colocava, ao mesmo tempo, como centro administrativo e forte militar.

2 Teresina

Teresina
Teresina, no Piauí, fundada durante o período colonial

Teresina, capital do Piauí, foi fundada em 1852, em pleno período imperial, tendo João Isidoro França e José Antônio Saraiva como principais responsáveis. No projeto, constava a preocupação em separar atividades políticas, econômicas, religiosas e construções do mercado velhas nas áreas específicas para cada uma delas.

Teresina está entre os rios Parnaíba e Poti, facilitando o acesso à água e deslocamento entre regiões no traçado do tipo ortogonal xadrez. É importante destacar que a cidade é a única capital nordestina que não fica no litoral. Atualmente, as avenidas de Teresina são amplas e repletas de áreas verdes.

3 Aracaju

Aracaju
Aracaju, capital do estado de Sergipe

A capital do Sergipe mudou de São Cristóvão para Aracaju, cidade que foi construída justamente para abrigar o poder administrativo estatal. O engenheiro Sebastião José Basílio Pirro foi o responsável pelo projeto em forma do tabuleiro de um jogo de xadrez. Mas, algumas dificuldades foram encontradas no empreendimento, como o solo pantanoso. Felizmente, Aracaju seguiu prosperando graças a localização estratégica para as atividades portuárias.

4 Belo Horizonte

Belo Horizonte
Belo Horizonte, capital de Minas Gerais

Belo Horizonte foi fundada em 1897 seguindo o projeto elaborado por Aarão Reis. A partir daí, substituiu Ouro Preto como capital do estado de Minas Gerais. A divisão das zonas central, suburbana e rural, além da construção de grandes avenidas (boulevards) são influência europeia, especialmente da França, representando características bastante modernas para a época. Rompendo com padrões das capitais planejadas anteriormente, o traçado de BH é composto por uma malha perpendicular com ruas cortadas por avenidas em diagonal cercadas pela Avenida do Contorno.

No projeto inicial, a área central da cidade concentra infraestrutura de transporte, educação, saúde e saneamento, enquanto um cinturão verde externo é responsável pelo seu abastecimento. Pois bem, até que havia a previsão de que a área externa ao contorno cresceria, mas não de forma tão rápida. Consequentemente, essa região acabou habitada sem a infraestrutura básica necessária.

Mais tarde, planos de desenvolvimento vieram mediante a industrialização.  Nesta época, o Conjunto Arquitetônico da Pampulha, incluindo projetos de Oscar Niemeyer, foi construído. No entanto, o plano diretor da capital mineira veio apenas anos depois.

5 Goiânia

Goiânia
Goiânia, capital de Goiás, foi inicialmente planejada visando a valorização das áreas verdes, praças e parques

No Centro-Oeste brasileiro, Goiânia ocupa o posto de 5ª cidade planejada do país. A capital de Goiás foi inaugurada em 1933 e seu planejamento prévio foi influenciado pelo modelo de cidade-jardim do urbanista Ebenezer Howard. Por isso, existe a valorização de áreas verdes, praças e parques. Tanta preocupação rendeu ao município projetado por Atílio Corrêa Lima o título de Capital Verde do Brasil.

Vale lembrar que a criação de Goiânia integrou a Marcha para o Oeste, plano de desenvolvimento do interior brasileiro. Isso permitiu que houvesse bons investimentos no planejamento e construção.

Entretanto, Goiânia também não previa ter crescimento desenfreado e o número cada vez maior de habitantes trouxe a necessidade de ações rápidas de desenvolvimento. Hoje, a capital goiana porta grande área verde e bom Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

6 Brasília

Brasília
Brasília, capital do Brasil, teve o Plano Piloto elaborado pelo urbanista Lúcio Costa e pelo arquiteto Oscar Niemeyer

Foram décadas de estudo e planejamento para criar a nova capital federal, tendo como objetivo a interiorização do país. Na gestão de Juscelino Kubitschek, a construção da nova sede do Poder fez parte do plano de metas de desenvolvimento para, finalmente, ser colocado em prática. O urbanista Lúcio Costa e o arquiteto Oscar Niemeyer foram responsáveis pelo Plano Piloto  de Brasília. Complexa, a construção se estendeu por quatro anos e rendeu o custo total de US$ 1 bilhão.

Brasília está situada no coração do Planalto Central e a escolha por um território tão longe do litoral para construir a capital tem motivos. Um deles, além de desenvolver o centro brasileiro, era a inexistência de riscos de ataques marítimos. O plano piloto de Brasília inseriu a construção de superquadras para promover espaços de convívio. Nelas, os prédios são suspensos de modo a permitir que os moradores cruzem a área e circulem de forma livre. Inaugurada em 1960, Brasília abriga muito mais moradores que o inicialmente previsto.

7 Palmas

Palmas
Palmas, capital do Tocantins, teve seu projeto inspirado no Plano Piloto de Brasília

A mais jovem capital de estado no país, Palmas foi construída em 1990 para sediar o poder administrativo do novo estado do Tocantins. Os arquitetos Luiz Fernando Cruvinel Teixeira e Walfredo Antunes de Oliveira Filho tiveram como ponto de partida o projeto de Brasília. 

A inspiração maior para o projeto foi o arquiteto suíço Le Corbusier, pensando mais em carros do que pessoas. O resultado foi a implantação de avenidas e quadras mais largas. Atualmente, Palmas apresenta índices de desenvolvimento de relevância, especialmente na segurança, educação e saúde. Na contramão de outras capitais, Palmas ainda não tem a população prevista em seu projeto inicial.

8 Curitiba 

Curitiba 
Curitiba, capital do Paraná, não foi planejada em seu início, mas sim repensada com um planejamento feito após a sua construção

Ainda que o seu projeto inicial não tenha sido planejado, Curitiba passou por intenso processo de reestruturação urbana, aprimorando a estrutura de diversas áreas, como o sistema de transporte público. As mudanças na capital paranaense a colocaram como referência de desenvolvimento no Brasil e no mundo.

9 Boa Vista

Boa Vista
Boa Vista, capital de Roraima, foi totalmente remodelada na década de 40 conforme projeto do engenheiro Darcy Aleixo Derenusson

Boa Vista é uma cidade planejada? Bom, há quem não considere a capital de Roraima uma capital planejada porque surgiu antes do planejamento propriamente dito. Porém, a cidade foi totalmente remodelada na década de 40, mediante um projeto em forma de leque sob a responsabilidade do engenheiro Darcy Aleixo Derenusson. Neste contexto, a melhoria do saneamento urbano foi ponto primordial na contenção dos graves surtos de malária. Porém, o projeto de Boa Vista tinha horizonte de 25 anos e, passado esse período, não houve novos projetos que dessem continuidade aos planos de modernização.

10 Maringá

Maringá
Maringá, no estado do Paraná, foi inaugurada em 1947

A cidade localizada ao norte do Paraná foi inaugurada em 1947, seguindo o projeto de Jorge de Macedo. Assim como Teresina, a ideia foi separar pontos destinados a áreas comerciais, industriais e residenciais. Uma avenida cruza toda a cidade e o contato com áreas verdes é provido por dois parques que contribuem para a melhoria da qualidade de vida urbana.

Você pode gostar também
1 comentário
  1. Maria Diz

    Muito bom, para nos planejarmos melhor.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Assumimos que você está de acordo, mas você pode não aceitar caso prefira. Aceitar Ler Mais

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->