Cidade no Canadá destruída após registrar 49,6ºC – Entenda os motivos!

Veja como os impactos no meio ambientem estão causando danos ao mundo.

- Tempo de leitura: 1 minuto -

Não é de hoje que a Organização das Nações Unidas (ONU) alerta quanto à questão do aquecimento global. Infelizmente, há pouco tempo, cidades como Lytton, no sul do Canadá, foram palco das consequências desastrosas desse fenômeno. Após registrar em junho de 2021 a maior temperatura (49,6°C) em um lugar tão ao norte do planeta, o pequeno município de Lytton foi tomado pelo fogo. Por uns diagnosticado como espontâneo devido às secas e por outros devido a pequenas fagulhas de linhas férreas próximas.

Durante a COP 26, o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, afirmou que o país está se aquecendo em uma velocidade duas vezes maior que o restante do mundo.

LEIA MAIS: Qual a maior temperatura que o corpo humano suporta?

Patrick Michell e o alerta sobre a necessidade de frear os desastres ambientais

Em um vídeo divulgado pela BBC, o líder da comunidade indígena, Patrick Michell, que também foi vítima do trágico acontecimento, alerta sobre a necessidade de frear esses e outros desastres ambientais. E não é só o fogo que queima. Após perder a sua casa no incêndio, desabrigado, Patrick teve que lutar contra o gélido inverno canadense e morar em um motorhome com a esposa. Isto é, sem ter nenhuma previsão mínima de voltar para suas terras pois serviços como água e esgoto não foram reparados e nem tem previsão para isso. 

Conclusão sobre cidade tomada de fogo no Canadá

Os danos causados em Lytton não são isolados, é perceptível que as mudanças climáticas vêm trazendo muitas perdas, não só física e/ou monetárias como também perdas culturais, como no caso descrito onde uma aldeia inteira perdeu muitos de seus registros históricos. Não se pode culpar o fogo ou a enchentes pelas destruições, mas é extremamente possível evitar que as próximas venham a deixar famílias desamparadas com soluções individuais simples.

Gostou desse artigo? Pois saiba que você pode encontrar mais artigos como esse no nosso Portal, você pode fazer isso, clicando aqui! 

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Assumimos que você está de acordo, mas você pode não aceitar caso prefira. Aceitar Ler Mais

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->