9 bebidas típicas da Bahia para lá de massa!

Dono de uma culinária marcante, o estado também tem bebidas especialmente saborosas.

- Tempo de leitura: 4 minutos -

Como explicar a magia que a Bahia tem? Um estado que, de tão brasileiro, tem o mesmo formato do nosso país. Dono de praias que dispensam legenda e de um povo espirituoso cuja energia transcende a alegria e hospitalidade. O que falar da culinária? Pratos marcantes que ficam ainda melhores acompanhados de 9 bebidas típicas da Bahia pra lá de massa! 

Dizem que a melhor forma de conhecer a cultura de um povo é por meio de sua cozinha. Intrinsecamente ligada à hospitalidade – palavra que, convenhamos, o baiano conhece como ninguém – a comida sintetiza a história e os costumes de uma região. E, quando falamos em culinária, obviamente incluímos as bebidas. 

Booking.com

Alcoólicas e não-alcoólicas, bebidas como a batida de coco, guaraná axé e o licor de jenipapo fazem da gastronomia baiana um verdadeiro estudo do que há de melhor no mundo. Vamos conhecer? 

Bebidas típicas que você precisa provar na Bahia

Capeta

Bebidas Típicas da Bahia: Drink capeta com leite condensado
Drink capeta com leite condensado

Se você foi à Porto Seguro, provavelmente já provou dessa bebida que, de assustadora, só tem o nome. O capeta é um drink feito, originalmente, com cachaça, mel, limão e guaraná. Mas, a criatividade reina por ali e as barracas de praia vendem versões com outros ingredientes, como vodka, groselha, leite condensado, canela, gelo e abacaxi. 

Com certeza, a bebida embala e potencializa a animação de quem quer curtir shows de festas das barracas de praia de Porto Seguro! 

Suco de cacau

Bebidas Típicas da Bahia: Suco de cacau
Suco de cacau

Vamos dar uma aliviada nos efeitos do capeta com o licor de cacau? O fruto que é o ingrediente principal do doce responsável por aqueles quilinhos a mais na balança produz, também, uma bebida muito gostosa. A receita é simples, levando apenas cacau, água e açúcar que, também, pode ser substituído por mel ou adoçante. 

Guaraná Axé

Bebidas Típicas da Bahia: Guaraná Axé
Guaraná Axé

Mais democrática, impossível! O guaraná axé é uma bebida também nascida em Porto Seguro que, ao contrário do capeta, pode ser consumida por crianças e adultos que não ingerem álcool. 

O refresco é feito basicamente com refrigerante de guaraná, leite condensado, limão, gelo e pó de guaraná. Gostosa e dá energia para curtir as praias!

Batida de coco

Bebidas Típicas da Bahia: Batida de coco
Batida de coco

Voltando para quem quer dar uma animadinha, a batida de coco é uma bebida artesanal que até demora para ser preparada, mas vale a pena esperar! 

Primeiro, pegamos o coco seco, tiramos qualquer água que ainda tenha e completamos com vodka ou cachaça. Não, ainda não tá na hora de tomar! 

Após encher o coco com a bebida, é preciso selar o furinho com cera de vela e guardar a fruta em local arejado, com sombra, por um mês. O resultado é ótimo! 

Aluá

Bebidas Típicas da Bahia: Aluá
Aluá

O Rodrigo Hilbert não é o único que detesta desperdício! No aluá, aproveita-se a casca do abacaxi que, aliás, é saborosa e faz muito bem à saúde! Para o preparo, os ingredientes são a casca de um abacaxi maduro, água, açúcar mascavo, cravo da Índia e gengibre. A bebida também precisa ficar na conserva, mas só por 9 dias. 

Cachaças medicinais

Bebidas Típicas da Bahia: Cachaças medicinais 
Cachaças medicinais

Todo mundo conhece o poder das ervas medicinais, não é mesmo? Usadas através de gerações, elas incrementam as bebidas chamadas…. cachaças medicinais! A base pode ser tanto aguardente quanto vinhos e licores, misturados a frutas, ervas e condimentos. 

Licor de jenipapo

Bebidas Típicas da Bahia: Licor de jenipapo
Licor de jenipapo

Produzido a partir da fruta típica da Bahia, o licor de jenipapo pode ser feito em casa mesmo, usando cachaça e cinco frutas, deixando curtir por 30 dias. Depois, basta acrescentar a calda preparada com água e açúcar. A bebida pode ser consumida tanto natural quanto gelada. 

Cravinho

Bebidas Típicas da Bahia: Cravinho
Cravinho

Não tem festa no Pelourinho que deixe ter o cravinho! A bebida foi criada nos anos 80 e é feita com cachaça, cravo, mel e limão. Inclusive, existe um bar na parte histórica de Salvador, chamado Cravinho, que tem quatro ambientes internos, entre eles, a lojinha que comercializa diversas bebidas de infusão. 

Batida de gengibre artesanal

Bebidas Típicas da Bahia: Batida de gengibre artesanal 
Batida de gengibre artesanal

Mais uma figurinha constante nas festas do Pelô, a batida de gengibre artesanal, ou gengibrinho, é a mistura da raiz de gengibre, cachaça de engenho, limão e calda de açúcar. O processo é todo artesanal e faz o maior sucesso entre os bares do centro histórico. 


Bom conhecer as bebidas típicas da Bahia e, claro, ficar na ansiedade de provar todas elas, né? A verdade é que nosso país é muito diverso e rico em iguarias, como as bebidas típicas da Região Norte e, claro, dos outros estados do Nordeste!

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.