Animais que vivem no Pantanal – uma lista que não tem fim!

Bioma de extrema riqueza fica no coração do Brasil e tem fauna com exemplares únicos da região.

- Tempo de leitura: 12 minutos -

Os animais que vivem no Pantanal, sempre tão exuberantes, recentemente ganharam os holofotes da mídia por motivo de extrema tristeza. O complexo outrora tão verde e alagado virou fogo em razão de um incêndio criminoso. Milhões de animais, entre onças, cobras, jacarés e micos, se foram nas chamas, comovendo o Brasil por meses a fio. Aos poucos, a natureza vai se recuperando, graças ao trabalho árduo de biólogos e veterinários, além das chuvas que, finalmente, começaram a cair na região. 

Mas, o Complexo do Pantanal nem sempre foi feito de cinzas. Pelo contrário, o bioma constituído por estepes, alagado na maior parte do território, teve seus 250 mil km² de extensão patrimoniados pela Unesco em 2000. 

Banhado pelo Rio Paraguai e contemplando Bolívia, Brasil e Paraguai, o Pantanal sempre encantou pela biodiversidade da fauna e flora. A maior bacia inundável do mundo e um dos ecossistemas mais ricos do planeta garante o equilíbrio ambiental, conservação do solo e estabilização climática. 

O “reino das águas” é também berço de aproximadamente 4.700 espécies conhecidas, dentre animais e vegetais. Infelizmente, o complexo que, no Brasil, abrange os estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul vem sendo indiscriminadamente destruído pela pecuária extensiva, o que contribui para a redução significativa de várias espécies. Isto é, a ameaça vem desde antes do território arder em chamas! Contudo, a natureza resiste, possibilitando conhecer animais que vivem no Pantanal pelos quais precisamos lutar. 

Animais típicos do Pantanal

A riqueza da fauna pantaneira é inegável. Antes do incêndio devastador, o Pantanal, segundo o Ministério do Meio Ambiente, conservava 86,77% da cobertura vegetal nativa. 

Entre espécies endêmicas, ou seja, que só existem lá, e outras sob risco de extinção, estão mamíferos, pássaros, peixes, répteis, anfíbios e insetos dos mais variados. Tamanha riqueza se deve a influências amazônicas e do cerrado, bem como ao regime de inundações que mantém a área alagada por mais da metade do ano. 

Mas, o que isso tem a ver? Animais chegam à planície em busca do alimento depositado pelas enchentes, além de buscar um ambiente propício para a reprodução. Ainda que o tráfico de animais também seja um grande inimigo, já foram catalogadas:

  • 263 espécies de peixe
  • 41 espécies de anfíbios
  • 113 espécies de répteis
  • 463 espécies de aves
  • 1.032 de borboletas
  • 132 espécies de mamíferos, sendo duas endêmicas

Muitos bichos, não? Porém, tão extensa quanto a lista de espécies, está aquela que inclui animais em extinção. As onças parda e pintada, cervo do pantanal, arara azul, lobo guará e ariranha são alguns exemplares que correm grande risco de desaparecer! Por isso, existe fiscalização severa para impedir a caça indiscriminada, bem como santuários e reservas para protegê-los. 



➥ Mamíferos do Pantanal

O Pantanal tem cerca de 130 espécies de mamíferos catalogados, entretanto o número real pode ultrapassar o dobro! Estima-se que haja mais de 300 espécies ainda desconhecidas no complexo. Enquanto isso, vamos saber quais são os mamíferos já sabidos que habitam o Pantanal!

» Onça pintada

Animais típicos do Pantanal: Onça Pintada
Onça pintada

Maior felino das Américas, tem a mordida mais potente de todos. Apresenta comportamento solitário e vive próxima a cursos d’água. Seu tamanho varia conforme a região e a subespécie do Pantanal chegando a pesar 150 kg. Deste modo, são maiores que as onças-pintadas da Amazônia. Animais territorialistas, também integram a lista dos animais em extinção. 

» Onça parda

Animais típicos do Pantanal: Onça parda
Onça parda

Também conhecida como onça-preta ou jaguar, é o terceiro maior felino do mundo, após o tigre e o leão, e o maior do continente americano.

» Capivara

Animais típicos do Pantanal: Capivara
Capivara

O maior roedor atualmente vivo e chega a medir 1,30 m de comprimento. 

» Veado-catingueiro

Animais típicos do Pantanal: Veado-catingueiro
Veado-catingueiro (Miguelrangeljr, CC BY-SA 4.0 <https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0>, via Wikimedia Commons)

Também conhecido por veado-virá, virote, guassutinga, guaçucatinga e guazubira, é uma espécie de cervídeo sul-americano de pequeno porte, sendo a mais abundante no Brasil.  

» Cervo do pantanal

Animais típicos do Pantanal: Cervo do Pantanal
Cervo do Pantanal Phillip Capper from Wellington, New Zealand, CC BY 2.0 <https://creativecommons.org/licenses/by/2.0>, via Wikimedia Commons

Maior cervídeo da América do Sul, pesa cerca de 100 kg. Possui membranas entre os dedos, tornando-se adaptado aos terrenos alagáveis. A única população viável é encontrada na Estação Ecológica de Taiamã, portanto, a espécie é considerada sob perigo de extinção. 

» Veado-campeiro

Animais típicos do Pantanal: Veado-campeiro
Veado-campeiro

Mamífero ruminante da família dos cervídeos, é fisicamente semelhante ao cervo-do-pantanal. É uma das sete espécies de cervídeos que existem no Brasil, ocorrendo principalmente em áreas abertas.

» Bugio-do-pantanal

Animais Típicos do Pantanal: Bugio-do-pantanal
Bugio-do-pantanal

Vive em bandos com sete indivíduos em média, liderados pelo macho mais velho, chamado de capelão. Possuem vocalização característica que pode ser ouvida a até 500 metros de distância.

» Lobo-guará

Animais típicos do Pantanal: Lobo-guará
Lobo-guará

A figura que estampa a nota de R$ 200,00 é uma espécie típica do Cerrado. Animal de hábito solitário, possui hábito noturno e é onívoro. Maior canídeo da América do Sul.   

» Porco do mato

Animais típicos do Pantanal: Porco do mato
Porco do mato (Ana_Cotta, CC BY 2.0 <https://creativecommons.org/licenses/by/2.0>, via Wikimedia Commons)

Conhecido também como queixada, pode ser encontrado em grupos de 50 a 300 indivíduos. Mede de 82 a 100 cm e são encontrados em abundância principalmente à noite.

» Tamanduá-bandeira

Animais típicos do Pantanal: Tamanduá-bandeira
Tamanduá-bandeira

Maior das quatro espécies de tamanduá, o tamanduá-bandeira pode atingir 2,4 metros de comprimento, da ponta do focinho à ponta da cauda. Animal solitário, requer uma grande área para viver.  

» Ariranha

Animais típicos do Pantanal: Ariranha

Maior carnívoro semi-aquático da América do Sul, vive em grupos familiares de 5 a 9 membros. É considerada uma espécie ameaçada de extinção. 

» Cachorro-do-mato

Animais típicos do Pantanal: Cachorro-do-mato
Cachorro-do-mato

Caçador solitário, possui pelagem cinza com preto e patas escuras. Alimentam-se de frutos, insetos, crustáceos, pequenos mamíferos, entre outros. 

» Anta 

Animais típicos do Pantanal: Anta
Anta

Habita áreas abertas ou florestas próximas a cursos d’água, com abundância de palmeiras. Dona de um curioso focinho alongado, descansa e economiza energia durante o dia, pois prefere se alimentar no período noturno. 

» Quati

Animais Típicos do Pantanal: Quati
Quati

Mamífero que vive em bando, são carnívoros gregários que possuem focinho alongado, o que torna seu olfato bastante apurado.  

» Tatu-canastra

Animais típicos do Pantanal: Tatu-canastra
Tatu-canastra

Também conhecido como tatuaçu, é uma espécie de tatu de grandes dimensões, chegando a medir mais de 1 metro de comprimento.

➥ Aves do Pantanal

De acordo com a World Wide Fund for Nature (WWF), cerca de 650 aves compõem o bioma pantaneiro, mais do que o já conhecido em toda a América do Norte, que tem 500. Contudo, “apenas” 460 já foram catalogadas, entre elas:   

» Arara azul

Animais típicos do Pantanal: Arara azul
Arara azul

Espécie de arara que se destaca pela beleza de suas penas azul-cobalto e por seu tamanho. Seriamente ameaçada de extinção, em razão da caça, comércio clandestino e degradação do habitat natural pelo desmatamento. 

» Garça-branca

Animais típicos do Pantanal: Garça-branca
Garça-branca

Garça de vasta distribuição e pode ser encontrada em todo o Brasil. Espécie de grande porte, com cerca de 88 cm de comprimento. 

» Gavião-preto

Animais típicos do Pantanal: Gavião-preto
Gavião-preto

Espécie mede cerca de 63 cm de comprimento e pode ser encontrada nas beiras de matas e nos brejos. 

» Gavião-de-Penacho

Animais típicos do Pantanal: Gavião-de-Penacho
Gavião-de-Penacho (Dysmorodrepanis, from original by Mateus Hidalgo, CC BY-SA 2.5 BR <https://creativecommons.org/licenses/by-sa/2.5/br/deed.en>, via Wikimedia Commons)

Considerado pelo IBAMA como ameaçado de extinção no Brasil, é encontrado nas florestas tropicais de baixada e encostas. 

» Tucano-toco

Animais típicos do Pantanal: Tucano-toco
Tucano-toco

Também conhecido como tucanuçu, é o maior dos tucanos, com cerca de 56 cm de comprimento.  

» Ema

Animais típicos do Pantanal: Ema
Ema

Ave que usa suas grandes asas para equilibrar-se e mudar de direção enquanto correm. Uma das maiores aves do Brasil, pode atingir 1,70 metros de altura e até 35kg.  

» Socozinho

Animais típicos do Pantanal: Socozinho
Socozinho

Ave migratória, vive em regiões de lagoas e se alimenta de peixes e insetos. Costuma nidificar nas margens dos rios. 

» Jaçanã

Animais típicos do Pantanal: Jaçanã
Jaçanã

Ave conhecida por andar sobre as águas, graças aos dedos e unhas longas. Também é conhecida como cafezinho

» Carcará

Animais típicos do Pantanal: Carcará
Carcará

Ave de rapina da família dos falconídeos, mede até 60 cm de altura e sua envergadura chega a 123 cm.

» Curicaca 

Animais típicos do Pantanal: Curiaca
Curiaca

Ave com canto composto de gritos fortes, é comum em áreas semi abertas, capoeiras e beiras de matas. Possui bico longo, fino e curvo.   

» Biguá

Animais típicos do Pantanal: Biguá
Biguá

Ave aquática de plumagem escura com pés palmados, pernas curtas e fortes. Vive perto de lagos, grandes rios e estuários. 

➥ Peixes do Pantanal

As águas do Pantanal também foram seriamente impactadas pelo fogo, matando milhares de peixes. Situação que preocupa, uma vez que, nos rios, lagoas e corixos, existem mais espécies que já registradas em toda a Europa. 

A riqueza ictiológica observada se deve à grande quantidade de lagoas e baías provenientes das cheias, ambiente ideal para a reprodução. Assim, a região funciona como um centro de procriação.

» Piranha

Animais típicos do Pantanal: Piranha
Piranha

Peixe carnívoro de água doce muito ágeis, capazes de destruir um pedaço de carne em segundos. 

» Pacu-caranha

Animais típicos do Pantanal: Pacu-caranha
Pacu-caranha

Originário principalmente do Rio Paraguai e no Rio Paraná. 

» Dourado

Animais típicos do Pantanal: Dourado
Dourado (David Morimoto (treez44est), CC BY-SA 2.0 <https://creativecommons.org/licenses/by-sa/2.0>, via Wikimedia Commons)

Peixe cujo nome vem exatamente da coloração dourada com reflexos avermelhados.

» Poraquê 

Animais típicos do Pantanal: Poraquê
Poraquê (KoS, CC BY-SA 3.0 <https://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0>, via Wikimedia Commons)

Espécie de peixe que pode chegar a 2m de comprimento e pesar cerca de 20kg.  

» Pintado

Animais típicos do Pantanal: Pintado
Pintado

Peixe de água doce que tem pintas escuras espalhadas pelo corpo. 

» Piraputanga

Animais típicos do Pantanal: Piraputanga
Piraputanga

Também conhecido como matrinxã e mamori, mede até 50 centímetros de comprimento. Tem cor olivácea-dourada, com nadadeiras caudal e anal vermelhas. 

» Cachara

Animais típicos do Pantanal: Cachara
Cachara

Popularmente como Surubim Cachara, pode alcançar um peso de até 20 kg, por isso, é uma espécie muito cobiçada pelos pescadores.  

» Curimbatá

Animais típicos do Pantanal: Curimbatá
Curimbatá

Habita tanto fundo de lagos como margens de rios, alimentando-se de restos orgânicos. 

» Jaú

Animais típicos do Pantanal: Jaú
Jaú

É considerado um dos maiores peixes das águas brasileiras com o seu 1,60 m.

➥ Répteis do Pantanal

Quem nunca se admirou com os enormes jacarés do Pantanal ou leu sobre as variadas espécies de cobras que vivem por lá? Aliás, não é raro assistir ou ler reportagens relatando sucuris gigantes atravessadas em estradas! Pudera, afinal, são cerca de 100 espécies de répteis pantaneiros

A temperatura da região desempenha papel importante na história de vida dos crocodilianos, inclusive determinando muitas de suas características. Entre as espécies que habitam o Pantanal, podemos destacar: 

» Jacaré-do-pantanal

Animais típicos do Pantanal: Jacaré-do-pantanal
Jacaré-do-pantanal

Exerce papel fundamental na regulação dos peixes que habitam as águas do bioma. Pode atingir até 3m, alimenta-se de peixes, insetos e de outros invertebrados, como os caramujos.

» Jacaré-de-papo-amarelo

Animais típicos do Pantanal: Jacaré-de-papo-amarelo
Jacaré-de-papo-amarelo

Animal de hábito noturno, alimenta-se de peixes, aves e mamíferos. Ameaçado de extinção em razão da destruição de seu habitat e poluição dos rios. Tem cerca de 2 metros, mas seu comprimento pode chegar a 3,5m. O ciclo de vida é longo e pode ultrapassar os 70 anos de idade.    

» Víbora-do-pantanal

Animais típicos do Pantanal: Víbora-do-pantanal
Víbora-do-pantanal

Lagarto de grande porte, é muitas vezes confundido com jacarés devido ao tamanho que pode chegar a 1,5m. Vive em terra firme, junto de banhados e rios.

» Sucuri-amarela

Animais típicos do Pantanal: Sucuri amarela
Sucuri amarela

Espécie de cobra não peçonhenta que mata suas presas por constrição.

» Jiboia

Animais típicos do Pantanal: Jiboia
Jiboia

Espécie de serpente não peçonhenta, de grande porte que pode chegar a 4 metros. Também mata suas presas por constrição.   

» Tartaruga-do-pantanal

Animais típicos do Pantanal: Tartaruga-do-pantanal
Tartaruga-do-pantanal

Cágado de água doce que se alimenta de plantas, caracóis, peixes pequenos, insetos, vermes e algumas plantas do pântano.

» Sinimbu 

Animais típicos do Pantanal: Iguana
Iguana

Popularmente conhecida como iguana, tem membros e dedos bem desenvolvidos, o que facilita para subir em árvores. Seu tamanho pode chegar até 2 metros, sendo dois terços só de cauda.

» Surucucu-do-pantanal

Animais típicos do Pantanal: Surucucu-do-pantanal
Surucucu-do-pantanal (Bernard DUPONT from FRANCE, CC BY-SA 2.0 <https://creativecommons.org/licenses/by-sa/2.0>, via Wikimedia Commons)

A maior serpente peçonhenta do Brasil pode chegar a 2,5 metros de comprimento. Quando ameaçada, achata a região do “pescoço”, desferindo botes ameaçadores.,

E aí, o que achou sobre a extensa lista de espécies que habitam o Pantanal? É impossível não se emocionar com as cenas devastadoras dos incêndios no complexo pantaneiro. Mas, tudo aquilo serve de alerta para que passemos a defender, não só os animais que vivem no Pantanal, como todo o ecossistema que tem inestimável importância para a conservação do planeta. Siga com a gente e conheça mais sobre a fauna de outros biomas pelo mundo!   

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Assumimos que você está de acordo, mas você pode não aceitar caso prefira. Aceitar Ler Mais

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->