O que fazer nas Montanhas Capixabas: Melhores pontos turísticos

Confira dicas de o que fazer nas Montanhas Capixabas. Conheça os melhores pontos turísticos da região.
- Tempo de leitura: 6 minutos -

As Montanhas Capixabas, no estado do Espírito Santo, são consideradas um “pedacinho da Europa” no nosso país, devido à influência da cultura do velho continente em seus municípios.

A região é composta por 9 municípios, sendo eles: Afonso Cláudio, Brejetuba, Castelo, Conceição do Castelo, Domingos Martins, Laranja da Terra, Marechal, Floriano, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante.

A alta temporada é no inverno, entre os meses de junho e setembro, mas a região recebe turistas durante todo o ano. Apesar disso, vale destacar que, durante os meses de dezembro a março, o movimento é bem menor, e alguns estabelecimentos costumam ficar fechados.

Suas cachoeiras, grutas, turismo ecológico, cultura, festas, além do clima frio, são grandes atrativos das Montanhas.

Para saber mais sobre onde fica, ver o mapa da região e dicas de hotéis e pousadas nas Montanhas Capixabas, você pode clicar aqui.

O que fazer/Passeios nas Montanhas Capixabas

Confira abaixo nossas dicas de passeios nas Montanhas Capixabas.

O que fazer em Domingos Martins

– Pedra Azul

A Pedra Azul, também conhecida como Pedra do Lagarto, está entre os principais pontos turísticos da região das Montanhas Capixabas. Por conta da incidência solar, a pedra muda de cor várias vezes ao dia.

Pedra Azul: localizada no Parque Estadual Pedra Azul, em Domingos Martins

– Rota do Lagarto

A Rota do Lagarto, em Domingos Martins, com certeza deve fazer parte do roteiro de todo visitante. São mais de 7 quilômetros com vários restaurantes e pousadas, cada um deles com uma vista diferente da pedra.

Visitantes que fazem a rota nos meses de julho e agosto ganham um presente especial da natureza. Nessa época, as cerejeiras que ficam nas proximidades do Parque Pedra Azul brotam, deixando a paisagem com um toque especial de cor de rosa.

Cerejeiras próximas à Pedra Azul, em Domingos Martins

– Parque Estadual Pedra Azul

Dentro da rota, um dos grandes destaques é o Parque Estadual Pedra Azul. O lugar tem uma trilha bastante famosa que leva às piscinas naturais. Funciona de terça a domingo, com visitas pré-agendadas.

Parque Estadual Pedra Azul, em Domingos Martins

– Heimen Coffee

Ainda na Rota do Lagarto, mais especificamente na Fazenda Fjordland, está o Heimen Coffee. Vale frisar que a região é famosa pela produção de café. Na cafeteria, inclusive, são servidos café locais. Destaque para a varanda com vista para a pedra azul.

Heimen Coffee: cafeteria com vista para a Pedra Azul, em Domingos Martins

– Tuia Gastronomia e Arte

O Tuia Gastronomia e Arte, mais no finalzinho da rota, é uma galeria de arte que expõe trabalhos de artistas locais. Mas não é só isso, o lado gastronômico é contemplado por um espaço que serve refeições e petiscos, além de um delicioso chocolate quente.

Tuia Gastronomia e Arte, na Rota do Lagarto: destaque para a cerveja artesanal

– Fjordland Cavalgada Ecológica Pedra Azul

As instalações contam com diversas atividades baseadas em princípios ambientalmente responsáveis, ou seja, o lazer caminha lado a lado com a educação ambiental e desenvolvimento sustentável da região. Um dos pontos altos é o passeio (para adultos e crianças) em cavalos da raça Fjord, os únicos existentes do Brasil.

Passeio a cavalo no Parque Fjordland, em Domingos Martins

– Agroturismo Sabores da Montanha

O morango está entre os principais produtos dessa região. Aberto diariamente, o local trabalha com o sistema de colhe e paga da fruta. Os visitantes podem se deliciar com morangos livres de agrotóxico ao mesmo tempo em que experimentam a rotina do campo.

Agroturismo Sabores da Montanha, em Domingos Martins

– Casa da Cultura

Conta a história do início da colonização alemã e italiana no Espírito Santo. Tombada pelo Patrimônio Histórico Estadual em 1986, a Casa tem um acervo como inúmeras peças, entre as quais, objetos de época, utensílios domésticos, fotografias, móveis e documentos que contam um pouco da história dos colonos.

Casa da Cultura, em Domingos Martins

– Pousada Pedra Azul

Além de passear, o local é propício para aproveitar o melhor da gastronomia capixaba. Apesar de funcionar como pousada, o restaurante é aberto ao público no almoço e no jantar.

Restaurante da Pousada Pedra Azul, em Domingos Martins

O que fazer em Venda Nova do Imigrante

– Fazenda Carnielli

Voltando a falar de café, a fazenda é bastante conhecida quando o assunto é o grão. Porém, a produção da Carnielli não para por aí. Outra delícia que pode ser provada pelos visitantes é o socol. O aperitivo é uma espécie de presunto cru, com tempero bem característico.

Fazenda Carnielli, em Venda Nova do Imigrante: é possível agendar uma trilha ecológica em determinados períodos do ano

– Orolatte – Queijos Artesanais

A combinação de serra com queijos nunca dá errado! O laticínio produz queijos gourmet de dar água na boca. Algumas receitas são da Itália, portanto, excelente oportunidade para provar um sabor muito especial.

O que fazer em Afonso Cláudio

O melhor da região serrana, mas, com gostinho de interior. O circuito está inserido em paisagens que juntam hospedagem e gastronomia. Em meio a fazendas e matas, os turistas podem apreciar comida típica da roça, cachaças tradicionais vinhos caseiros e artesanato local.

Pode-se destacar ainda a grande quantidade de cachoeiras na região, que atraem milhares de turistas anualmente e justificam o apelido de Cidade das Cachoeiras dado a Afonso Cláudio.

Cidade de Afonso Cláudio, nas Montanhas Capixabas

O que fazer em Castelo

– Gruta da Boa Sorte

Para quem gosta de turismo religioso, a gruta localizada dentro da Fazenda da Prata é uma excelente pedida. O local é usado como santuário, inclusive, com celebrações semanais de missas.

Gruta da Boa Sorte, em Castelo, nas Montanhas Capixabas

Cachoeiras das Montanhas Capixabas

Quem visita as Montanhas Capixabas não pode voltar sem conhecer as cachoeiras da região. São muitas opções em vários municípios. Algumas das mais famosas são Cachoeira da Concórdia, em Vargem Alta, Cachoeiras de Ibicaba e de Santa Luzia, ambas em Afonso Cláudio, e Cachoeiras Filete e do Pedregulho, no município de Castelo.

Cachoeira Santa Luzia, em Afonso Cláudio

Passeio de trem nas Montanhas Capixabas

Falando em passeios, existe um que não pode faltar no roteiro das Montanhas Capixabas, o passeio de trem. Em 2010 a linha férrea que parte de Viana (a 23 quilômetros da capital, Vitória) rumo a Araguaia, na serra capixaba, foi reativada para fins turísticos.

Durante a subida das montanhas o trem passa por túneis, pontes, cachoeiras e trechos da Mata Atlântica. Há paradas nas estações de Domingos Martins e Marechal Floriano.

Passeio de trem das Montanhas Capixabas

Comandado pela Serra Verde Express, o passeio custa R$ 160,00. As partidas do trem são às 10h de sábados, domingos e feriados, com retorno às 17h.

Há, ainda, uma opção que combina o passeio de trem com passeios pelas cidades que compõem o roteiro das montanhas, em especial, a Rota do Lagarto, passando pela famosa Pedra Azul. O programa de um dia para, no mínimo, duas pessoas, custa R$ 320,00.

Para saber preços atualizados, horários e mais informações, visite o site da Serra Verde Express.

Comentários (0)
Adicionar Comentário