Quanto ganha um marceneiro nos Estados Unidos?

O trabalho de marceneiro envolve habilidades com madeira e costuma ser relativamente bem remunerado.

- Tempo de leitura: 3 minutos -

A mudança para um novo país envolve preocupações básicas, como oportunidades de trabalho. Os Estados Unidos ainda estão entre os destinos para onde brasileiros mais migram, justamente por ter uma comunidade expressiva. Na busca por emprego, facilita ter contatos no país e, também, habilidades específicas, como na construção. Quanto ganha um marceneiro nos Estados Unidos, profissão que emprega muitos imigrantes?

O marceneiro constrói, repara e instala projetos e estruturas feitas de madeira, bem como outros materiais. Uma visão geral sobre a carreira mostra que os profissionais costumam trabalhar tanto em ambientes internos quanto externos, especialmente em atribuições que requerem mais detalhes. São processos mais artísticos, como a fabricação de móveis planejados, por exemplo.

Ainda que não exija curso superior específico, é importante que o marceneiro tenha experiência e desenvolva habilidades para se sair bem na profissão. Saiba, a seguir, os principais requisitos, detalhes e, principalmente, quanto ganha um marceneiro nos EUA.

O que um marceneiro faz?

Os marceneiros podem realizar tarefas diferentes, como a fabricação de armários de cozinha, móveis planejados em escritórios, entre outras. Para isso, usam ferramentas bem específicas para cortar e moldar madeira e demais materiais. As atribuições básicas do trabalho de marceneiro geralmente incluem: 

  • projetar móveis conforme a necessidade do cliente 
  • instalar estruturas e acessórios, como janelas e molduras
  • medir, cortar e moldar madeira, plástico, entre outros materiais
  • inspecionar e substituir estruturas danificadas, bem como estruturas e acessórios

Os marceneiros trabalham em ambientes internos e externos, muitas vezes em espaços apertados. Frequentemente, os projetos requerem esforço físico, posições desconfortáveis e manuseio de ferramentas perigosas. 

Por isso, são comuns os casos de acidentes de trabalho, além de lesões causadas por esforço excessivo, quedas, objetos ou equipamentos. Assim, é recomendável sempre usar equipamentos de proteção individual.

Como ser um marceneiro

A profissão de marceneiro normalmente exige a conclusão do ensino médio, mas é indispensável que o candidato adquira experiência no próprio trabalho ou, até mesmo, através de pequenos estágios. 

Existem escolas técnicas que oferecem cursos específicos para o ofício de marcenaria. O marceneiro começa com tarefas simples, como medir e cortar madeira, sob a orientação de profissionais experientes. 

Posteriormente, progridem para tarefas mais complexas, como ler plantas e construir estruturas de madeira. Importante frisar que, nos Estados Unidos, alguns sindicatos e associações patrocinam programas de aprendizagem. 

Os aprendizes devem cumprir uma carga horária determinada para ter noções básicas de carpintaria, leitura de plantas, matemática e primeiros socorros. Por vezes, esses programas são remunerados. 

Quanto ganha um marceneiro

O salário médio anual para marceneiros é de US$ 48.330 podendo, entretanto, variar de US$ 30.170 a US$ 84.690. A oscilação depende muito da experiência do profissional e o tipo de trabalho que ele realiza. 

O mercado se mostra estável e relativamente promissor, empregando a média anual de 1 milhão de marceneiros nos Estados Unidos.  

Achou promissor saber quanto ganha um marceneiro nos Estados Unidos? Se pensa em mudar para o país, saiba também o salário de um corretor ou o pintor de parede por lá.  


Curso de Inglês – Online e Gratuito!

Você que deseja trabalhar nos Estados Unidos e quer se capacitar para melhorar suas oportunidades de emprego, temos uma ótima sugestão!

Que tal fazer cursos gratuitos de inglês, do básico ao avançado, 100% online, com emissão de certificado, em um site associado à ABED (Associação Brasileira de Educação à Distância)?

➥ Confira as vantagens:

  • Melhorar seu currículo possibilitando mais chances de conseguir um bom emprego.
  • Aumentar a probabilidade de conseguir uma promoção no emprego.
  • Completar as horas necessárias nas atividades extracurriculares em faculdades e universidades.
  • Em alguns concursos públicos é necessário possuir um curso específico.
  • Ajudar com a progressão funcional para funcionários públicos.
  • Aumentar seus conhecimentos em uma nova profissão.

➥ CURSOS DISPONÍVEIS:

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.