Qual a posição em que Napoleão perdeu a guerra? Saiba a origem da expressão!

Expressão brasileira pode ter um contexto histórico relacionado aos portugueses.

- Tempo de leitura: 1 minuto -

Waterloo marcou o fim de Napoleão e o início da lenda. Sua derrota levou à queda do mito, do general todo-poderoso que conseguiu reunir o exército mais eficaz e letal de seu tempo e que derrotou um a um todos os Estados europeus que ousaram se colocar em seu caminho. 

A batalha também pôs fim ao longo período de conflitos bélicos iniciados pela Revolução Francesa em 1789. Esse status permaneceu por pelo menos meio século e, ao longo do caminho, cimentou a ordem geopolítica mundial que só seria explodida pela Primeira Guerra Mundial. 

Durante décadas, uma expressão popular brasileira chama a atenção. “A posição em que Napoleão perdeu a guerra” é utilizada quando alguém quer falar de uma pessoa que está em uma posição constrangedora.

A teoria mais aceita é de que esse boato foi espalhado pelos portugueses da Coroa, que odiavam Napoleão pelo fato de terem que fugir para o Brasil para evitarem um possível massacre de suas tropas. Portanto, não há realmente uma posição em que Napoleão perdeu a guerra, mas sim uma expressão sarcástica inventada pelos portugueses.

Como ele realmente perdeu a guerra?

As chuvas intensas dos dias anteriores turvaram o campo de batalha de Waterloo a ponto de impedir o avanço de Napoleão em direção às posições prussianas. Os historiadores e os teóricos militares dizem que o comandante foi forçado a interromper as ofensivas contra os britânicos pela lama, esperando até que o solo secasse. Isso fez Napoleão dar às tropas prussianas uma vantagem crucial.

Quando o exército Imperial começou sua ofensiva, a Prússia conseguiu defender sua posição por horas o suficiente para que outro exército prussiano, inicialmente a vários quilômetros de distância, chegasse pelo flanco direito e destruísse qualquer esperança francesa. As tropas napoleônicas, em menor número e criticamente pressionadas pela Prússia, acabariam perdendo a batalha.

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Se você continuar a usar este site, assumiremos que você está de acordo com isso. Aceitar Ler Mais

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->