Os 8 lugares mais frios do mundo para você conhecer

Muito além do Alaska, os lugares mais frios do mundo podem até exigir coragem, mas guardam algumas das mais belas paisagens.

Você sabe quais são os lugares mais frios do mundo? Mesmo para quem gosta de clima tropical, é inegável a beleza que as paisagens gélidas têm. Quem não se impressiona com as geleiras de Ushuaia ou a neve que se perde no horizonte do Alaska? Desafiadores e fascinantes, os 8 lugares mais frios do mundo registram recorde de temperatura negativa. Mas, também trazem experiências extremas e fenômenos surreais. 

Conhecer novas paisagens, experimentar novas sensações e desafiar os limites do próprio corpo. Viajar, por si só, já possibilita a auto-descoberta, mas explorar lugares inóspitos maximizam a sensação do desconhecido. Por isso, traçar roteiros por países e regiões geladas têm atraído tantos aventureiros, independente da falta de mecanismos naturais para enfrentar graus negativos. 

Sendo assim, descobrir os prazeres que o frio proporciona, ainda que em regiões inóspitas, fazem valer a pena qualquer esforço. Desde fenômenos naturais não encontrados em praias, por exemplo, até o relaxamento pós-aventura de uma lareira bem quentinha, a lista é extensa. Por isso, separe aquecedores, casacos e roupas especiais, pois trouxemos uma lista com os 8 lugares mais frios do mundo para você conhecer.

Os lugares mais frios do mundo

International Falls, Minnesota

Menor temperatura já registrada: -40ºC

Lugares mais frios do mundo: International Falls, Minnesota
Icebox Days em International Falls, Minnesota

Se em International Falls faz frio? Imagine! Localizada no estado de Minnesota, nos Estados Unidos, a cidade tem uma das temperaturas médias mais baixas do país, oscilando entre 0ºC e 2ºC! Mas,acredite, por lá, já foram registrados inacreditáveis -40ºC! E, a cidade leva o título de um dos lugares mais frios do território americano tão a sério que o assunto chegou aos tribunais! 

De acordo com a BBC, em 2002, International Falls levou Fraser, no Colorado, ao tribunal para decidir quem levava o título de “Icebox of the Nation”. A cidade saiu vitoriosa e comemora o fato com o Icebox Days. O festival anual dura quatro dias e inclui atrações como o boliche de peru congelado (sim, isso também existe), esculturas de neve e um romântico esqui à luz de velas.

Stanley, Idaho

Menor temperatura já registrada: -47ºC

Lugares mais frios do mundo: Stanley, em Idaho
Stanley, em Idaho

Achou International Falls fria? Então, aguarde para conhecer Stanley, no estado americano do Idaho! Aqui, o título de lugar mais frio do território continental dos Estados Unidos é inegável! Situada nas Montanhas Rochosas, a cidade é cercada pelas cordilheiras Sawtooth, White Cloud e Boulder, todas estruturas com picos com mais de  3.048m. Três florestas nacionais também rodeiam a região: Boise, Challis e Sawtooth.   

Além da temperatura recorde de -47ºC, Stanley também possui o maior número de dias mais frios registrados. Isso aconteceu entre 1995 e 2005, de acordo com um relatório também da BBC.

Prospect Creek, Alasca

Menor temperatura já registrada: -62,1ºC

Lugares mais frios do mundo: Prospect Creek, Alasca
Prospect Creek, Alasca

Prospect Creek é um pequeno vilarejo situado a aproximadamente 290 km de Fairbanks, Alasca. No passado, recebia expedições de mineração e servia como base para 27.000 envolvidos na construção do Alaskan Pipeline, o Oleoduto do Alasca. A obra foi concluída em 1977 e, desde então, há pouca atividade na área. Mas, antes disso, em janeiro de 1971, a cidade registrou incríveis -62,1ºC!

E, você deve estar se perguntando: como construir um oleoduto em um local tão frio? O óleo não congela? Bom, segundo a Alaska Pipeline Operation Company, responsável pelo empreendimento, não! A razão é o isolamento térmico de fibra de vidro de 10 centímetros de espessura.      

Snag, Yukon Territory

Menor temperatura já registrada: -63,9ºC

Lugares mais frios do mundo: Snag, Yukon Territory
Snag, Yukon Territory

Snag,  no Yukon Territory (território a noroeste do Canadá), consegue ser ainda mais fria que as três cidades acima. A vila localizada no White River Valley é dona da temperatura mais fria já registrada na América do Norte. Em 1947, os termômetros registraram congelantes -63,9ºC enfrentados por uma rala, mas corajosa população composta por cerca de dez nativos, comerciantes de peles, 15 a 20 meteorologistas e operadores de rádio.

Fez tanto frio naquele dia que os meteorologistas precisaram abrir um novo talhe no casco do termômetro. Depois, enviaram os dados para análise e, só assim, conseguiram determinar a temperatura exata, segundo o Alaska Science Forum.

Yakutsk, Sibéria

Menor temperatura já registrada: -64,4ºC

Lugares mais frios do mundo: Yakutsk, Sibéria
Yakutsk, Sibéria

Yakutsk é a capital da república russa de Yakutia, uma das cidades mais antigas da Sibéria. Situada à margem do rio Lena, foi oficialmente designada cidade em 1822 sendo, atualmente, um importante centro administrativo, industrial, cultural e de pesquisa. Tudo isso apesar de estar a seis fusos horários de Moscou. Os invernos por lá são tão severos que conseguem congelar as águas do rio, de modo que funcionam como estrada sazonal.     

As baixas temperaturas viraram tema de folclore local porque todos os elementos da tabela periódica podem ser encontrados na região. Mas, o que isso tem a ver? Uma lenda local conta que o deus da criação voava ao redor do mundo distribuindo riquezas e recursos naturais. Porém, ao chegar a Yakutia, o deus sentiu tanto frio que suas mãos ficaram dormentes e ele deixou tudo escapar!

Verkhoyansk, Sibéria

Menor temperatura já registrada: -69,9ºC

Lugares mais frios do mundo: Verkhoyansk, Sibéria
Verkhoyansk, Sibéria

Também na Sibéria, Verkhoyansk fica próxima ao Círculo Polar Ártico, então, já pode imaginar as temperaturas locais, certo? A cidade foi fundada em 1638 e já foi um bocado de coisas, como porto fluvial, depósito de coleta de peles, centro de criação de renas e até exílio político. O terceiro lugar mais frio do mundo é, coincidentemente, a terceira menor cidade da Rússia. 

Porém, como tudo tem um lado bom, Verkhoyansk apresenta considerável amplitude de temperaturas entre as estações. As temperaturas médias mensais variam de -45,8ºC, em janeiro, e 16,9ºC, em julho.

Oymyakon, Sibéria

Menor temperatura já registrada: -71,2ºC

Lugares mais frios do mundo: Oymyakon, Sibéria
Oymyakon, Sibéria (Ilya Varlamov / CC BY-SA (https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0))

Lá vem a Sibéria de novo, desta vez, com Oymyakon, na Sibéria, o lugar habitado mais frio da Terra. A vila fica 350 km abaixo do Círculo Polar Ártico e abriga mais de 210.000 pessoas. Contingente populacional considerável, apesar do solo em estado de gelo permanente. A região é a prova de como o ser humano consegue se adaptar, mesmo em situações tão extremas. 

Os moradores deixam seus  veículos funcionando o dia todo para poderem dirigi-los (nem toda estrutura tem isolamento térmico como no Alaskan Pipeline). E mais, a escola de Oymyakon só fecha quando as temperaturas caem abaixo dos -61ºC. Ah, e uma curiosidade sobre Oymyakon! A cidade, junto a Verkhoyansk e Yakutsk, formam uma região antes apelidada de “Anel da Morte de Stalin”, um dos exílios políticos do regime soviético.

East Antarctic Plateau

Menor temperatura já registrada: -100ºC

Lugares mais frios do mundo: East Antarctic Plateau
O  East Antarctic Plateau, por motivos óbvios, não é uma cidade habitada, mas alcançou a menor temperatura já registrada

O East Antarctic Plateau, ou Planalto Antártico Oriental é, definitivamente, o lugar mais frio da Terra! Afinal, onde mais se registra impossíveis -100ºC? Situada em uma crista de gelo entre os cumes  Dome Argus e Dome Fuji, a área apresentou números jamais encontrados no mundo em qualquer época. Aliás, nem é conhecida uma temperatura que possa ser ainda mais baixa! 

Dados de satélite coletados entre 2004 e 2016, entre os meses escuros de inverno (julho e agosto) aferiram recordes de -93ºC. Porém, os cientistas recalibraram as referências, partindo das leituras atualizadas de estações meteorológicas e incorporando a secura atmosférica. Foi aí que os novos cálculos mostraram que o ar mais seco é capaz de reduzir a temperatura em pelo menos 5ºC. 

Deste modo, estudos publicados em 25 de junho de 2018 apontaram a temperatura recorde de -100ºC. Bolsões desse frio extremo foram encontrados em cem locais nas depressões a 3.800 metros, a parte mais alta do manto de gelo. Ah, e ainda na Antártida, em Canada Glacier, uma de suas mais belas geleiras, também podem ser registradas temperaturas baixíssimas, próximas aos -100ºC. 


E aí, deu ânimo para curtir uma friaca para deixar o Papai Noel, lá no Polo Norte, com inveja? Estes são os 8 lugares mais frios do mundo e, com certeza, vale a pena conhecer um pouco mais sobre eles! 

Você pode gostar também

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.