Fatos interessantes sobre os impressionantes Jardins da Baía, em Singapura

Inaugurados em 2012, os Gardens by the Bay formam um parque que combina paisagismo e modernidade, sendo uma das maiores atrações de Cingapura.

- Tempo de leitura: 6 minutos -

Três jardins frente à costa, 250 acres e plantas que chegam 50 metros de altura. Assim são os Gardens by the Bay, ou os Jardins da Baía de Singapura. Uma estratégia do governo para transformar o país em uma “cidade jardim”, o complexo tem o objetivo de aumentar a qualidade de vida ao introduzir mais espaços verdes. Com toda a sua grandeza, conheça fatos interessantes sobre os impressionantes Jardins da Baía, em Singapura. 

O Gardens By the Bay é um parque natural construído em 250 acres de terras recuperadas ao sul de Cingapura. O jardim tropical leva o trunfo de celebrar a rica vegetação dos trópicos e a diversidade cultural da população de Cingapura. A ideia nasceu em janeiro de 2006, a partir de um concurso internacional de design no intuito de obter idéias para construção de um grande jardim. 

A competição atraiu mais de 70 inscrições enviadas por 170 empresas, de mais de 24 países, incluindo 35 de Cingapura. No final, a Grant Associates e Gustafson Porter, ambos do Reino Unido, receberam o projeto de plano diretor para os Jardins Bay South e East, em setembro do mesmo ano.  Inaugurado em junho de 2012, o Gardens by the Bay se organiza em torno de dois temas principais – plantas e planeta.  

O complexo é composto por três jardins que abrigam conservatórios refrigerados, espaços para refeições e eventos, lagos, cursos d’água, pontes, além das super árvores cobertas de plantas que chegam a medir até 50 metros de altura. Os destaques vão para o Conservatório Cloud Forest e o jardim temático World of Plants, além da Plants and People, onde as peças centrais são o Flower Dome e o Heritage Jardins.

Confira, a seguir, quais são as principais atrações dos Gardens by the Bay e, ainda, fatos interessantes sobre os Jardins da Baía, em Singapura

Principais atrações de Gardens by the Bay

O Gardens by the Bay é composto por três jardins à beira-mar – Bay South (54 hectares/133 acres), Bay East (32 hectares/72 acres) e Bay Central (15 hectares/37 acres). O Bay Central Garden funciona como um elo entre Bay South e Bay East Gardens. Com 15 hectares (37 acres), possui passeio marítimo de 3 km que permite passeios panorâmicos que se estendem do centro da cidade ao leste de Cingapura.

Mapa dos Jardins da Baía, em Singapura
Mapa dos Jardins da Baía, em Singapura

O Bay East Garden, por sua vez, tem 32 hectares (79 acres) e uma fachada de passeio com 2 km na fronteira com o reservatório da Marina. Um parque provisório foi desenvolvido no Bay East Garden em apoio aos Jogos Olímpicos da Juventude do Verão de 2010. Ele foi projetado como uma série de grandes jardins tropicais em forma de folha, cada um com seu próprio projeto paisagístico e tema.

Por fim, o Bay South Garden é o maior dos três jardins, com 54 hectares (130 acres). Seu objetivo é mostrar o melhor da horticultura tropical e da arte de jardins. O conceito geral do projeto é inspirado em uma orquídea, planta representativa dos trópicos e a flor nacional de Cingapura. Nele, estão 18 Supertrees, das quais 12 ficam no Supertree Grove e seis dispostas em grupos de três próximo à Praça da Chegada e do Lago Libélula.

Mapa do Bay South Garden, nos Jardins da Baía, em Singapura
Mapa do Bay South Garden

» Flower Dome

Principais Atrações dos Jardins da Baía, em Singapura: Flower Dome
Flower Dome

O Flower Dome é um jardim de inverno fresco e seco com 1,2 hectares (3 acres) que replica o clima mediterrâneo, ao mesmo tempo em que remonta partes da África. Com 38 metros de altura, mantém uma temperatura entre 23° C e 25° C, um pouco mais baixa à noite. Oferece uma vista espetacular do reservatório da Marina, expondo plantas e flores de todo o mundo, como baobás. 


✦ OFERTAS DE HOTÉIS EM SINGAPURA! ✦



Booking.com


» Supertree Grove

Principais Atrações dos Jardins da Baía, em Singapura: As impressionantes Supertrees
As impressionantes Supertrees

O Supertree at the Gardens by the Bay são jardins verticais de design exclusivo compostos por árvores super altas com 25 a 50 metros de altura. Durante o dia, desempenham diversas funções, incluindo plantio e sombreamento. Assim, abrigam samambaias únicas e exóticas, trepadeiras, orquídeas e uma vasta coleção de bromélias, como Tillandsia, entre outras espécies.

À noite, exibem um verdadeiro show de luzes e sons, usando música e iluminação sequencial colorida. Por isso, seus dosséis servem de local para muitos eventos. 

» Cloud Forest

Principais Atrações dos Jardins da Baía, em Singapura: Cachoeira coberta da Cloud Forest
Cachoeira coberta da Cloud Forest

A Cloud Forest é uma réplica do clima frio das montanhas, oferecendo espécies raras de plantas encontradas no sudeste da Ásia, América do Sul e Central. Mais alta, porém um pouco menor que a Flower Dome, tem 0,8 hectares (2,0 acres) e 42 metros de altura. É acessível por elevador e uma de suas grandes atrações é a cachoeira de 35 metros que encerra a descida da montanha por um caminho circular.

» The Children’s Garden

Principais Atrações dos Jardins da Baía, em Singapura: The Children's Garden
The Children’s Garden, parque voltado para o público infantil

The Children’s Garden é uma das atrações mais amadas dos Gardens by the Bay. Indicado para crianças de 1 a 12 anos, possui trampolins, pontes suspensas, vigas de equilíbrio e muito mais atrações.

» OCBC Skyway

Principais Atrações dos Jardins da Baía, em Singapura: Passarela OCBC Skyway
Passarela OCBC Skyway, ao lado das Supertrees com iluminação noturna

O OCBC Skyway combina a vista e experiência de caminhar em passarelas de 22 metros de altura. No passeio, os visitantes são cercados por um belíssimo jardim e pelas vistas da Baía da Marina.

Fatos interessantes sobre os Gardens by the Bay

  • O parque recebe mais de 8 milhões de pessoas por ano.
  • O planeta de Xandar, de Guardiões da Galáxia, inspirou-se no Gardens by the Bay.
  • A série de documentários Planet Earth II apresenta o Supertree Grove no episódio 7, “Um mundo de maravilhas”.
  • O Gardens by the Bay abriga 2.000 espécies exóticas de mais de 1.500.000 plantas naturais em exposição.
  • Para reduzir o custo de energia, são usados canos de água subterrâneos refrigerados pela energia gerada na queima dos detritos das plantas. O processo reduz o consumo em até 30%.
  • Durante a construção do jardim, foi criado um centro de pesquisa composto por 6 casas de vidro no valor de US$ 7 milhões. O centro era destinado ao estudo dos métodos mais eficientes de desabrochar flores não nativas.
  • No ano de abertura, o Gardens by the Bay foi premiado no World Architecture Festival com o prêmio World Building of the Year. A Cloud Forest e o Flower Dome também receberam o prêmio de Melhor Edifício de Exibição no mesmo ano.
  • A praça de alimentação conhecida como Satay Club foi aberta em 2013 com 28 barracas diferentes. A praça está distribuída em uma área de 20.000 metros quadrados e tem capacidade para 1000 pessoas.
  • A super árvore mais alta mede 50 metros (quase a altura de um prédio de 16 andares) e a menor mede 25 metros. Cada uma das supertrees tem cerca de 163.000 plantas de mais de 200 espécies e variedades, incluindo bromélias, orquídeas e alpinistas de flores tropicais.
  • As super árvores são ambientalmente sustentáveis. Algumas têm células fotovoltaicas, que, em conjunto com um sistema de baterias, geram e armazenam energia para iluminá-las à noite. Outras são integradas aos Conservatórios de Resfriamento e servem como receptáculos de exaustão de ar.
Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Se você continuar a usar este site, assumiremos que você está de acordo com isso. Aceitar Ler Mais

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->