Custo de vida em Sydney, a bela cidade australiana

Se seu sonho é morar na Austrália, saiba quanto custa viver na maior cidade do país, preços dos principais itens e salário mínimo vigente.

A Austrália é, há algum tempo, um dos países mais procurados por intercambistas e estudantes de graduação. Porém, também é destino dos sonhos de profissionais já formados em busca de boas oportunidades, afinal, trata-se de país desenvolvido com bons índices de qualidade de vida. Outro atrativo é a fama de bons anfitriões que os australianos carregam. Mas, é caro morar na Austrália? Para respondermos a essa pergunta, veremos qual o custo de vida em Sydney, a maior cidade do país. 

Antes de embarcar, é interessante conhecer um pouco mais sobre o destino. A Austrália fica na Oceania e tem o privilégio de ser banhada por dois oceanos – Pacífico e Índico.  Com área territorial de 7.713.364 km², é o sexto maior país do planeta, ficando atrás apenas da Rússia, Canadá, China, Estados Unidos e Brasil. Tanto espaço é habitado por cerca de 24,6 milhões de habitantes em seis estados e cinco territórios. Destes, apenas dois ficam no continente, sendo os demais situados em ilhas.

O clima é, na maior parte do país, do árido tropical (daí a grande quantidade de incêndios), mas varia de subtropical, tropical e subtropical do tipo mediterrâneo conforme a região. A geografia da Austrália é caracterizada por desertos ou zonas semi-áridas, com 40% da massa terrestre coberta por dunas de areia, os outbacks. E quanto a Sydney? A maior cidade do país é uma das mais modernas e agradáveis do planeta. Abriga 5,23 milhões de pessoas e tem pontos turísticos bem conhecidos. 

A Opera House, edifício icônico com design inspirado em velas de barco; a Skywalk, plataforma externa da Torre de Sydney que oferece vista de 360 graus da cidade; e a Ponte da Baía de Sydney, em forma de arco, são apenas alguns deles. Agora que você sabe um pouco do país e da cidade, saiba qual o  custo de vida em Sydney

Opera House, em Sidney, um cartão postal da cidade
Opera House, em Sidney, um cartão postal da cidade

Quanto custa viver em Sydney?

Antes de falarmos sobre o custo de vida em Sydney, é importante abordar como funciona o sistema de remuneração no país. O salário mínimo da Austrália vigente em 2020 é de AU$ 19.49 por hora, AU$ 740.80 por semana, considerando carga horária de 38 horas semanais. Por mês, o montante equivale a R$ 8.320,00 (sujeito às variações cambiais). Nada mal, hein? Bom, para os padrões brasileiros, o salário é bem vantajoso, mas o custo de vida em Sydney justifica o alto salário. 

O salário mínimo da Austrália vigente em 2020 é de AU$ 19.49 por hora, AU$ 740.80 por semana, considerando carga horária de 38 horas semanais

Morar na Austrália, em si, é caro. Para se ter uma ideia, o custo de vida anual no país é de, aproximadamente, AU$ 31.954 para um adulto. Por isso, é recomendável se organizar para levar fundos suficientes caso queira se mudar para lá. 

No entanto, o custo de vida varia conforme a região e, infelizmente, Sydney está entre as mais caras. Para efeitos de comparação, um padrão de vida em Sydney com AU$ 8.000 (R$ 25,938.87) seria possível com AU$ 6.577,29 (R$ 21.325,94) em regiões como a Gold Coast (região de Brisbane). 

Preços em Sidney

Confira, a seguir, valores de serviços básicos na cidade para calcular o Índice do Custo de Vida médio:

  • Aluguel de apartamento com 1 quarto no centro: AU$ 2.637 – R$ 8.550
  • Aluguel de apartamento com 1 quarto fora do centro: AU$ 1.866 – R$ 6.051
  • Pacote básico de despesas (energia, aquecimento, água): AU$ 188.21 – R$ 610.25
  • Ticket de transporte público: AU$ 4.50 – R$ 14.59
  • Tarifa normal do táxi: AU$ 4 – R$ 12.97
  • Refeição em restaurante médio popular: AU$ 19 – R$ 61.60
  • Combo McMeal ou equivalente: AU$ 12 – R$ 38.91
  • Cerveja nacional: AU$ 8 – R$ 25.94
  • Litro de água: AU$ 2.76 – R$ 8.94
  • Litro de leite: AU$ 1.55 – R$ 5.03
  • Quilo de arroz: AU$ 2.83 – R$ 9.17
  • Quilo de filé de frango: AU$ 11.32 – R$ 36.69
  • Quilo de batatas: AU$ 3.43 – R$ 11.13

Você pode gostar também

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.