Criação de buldogues franceses pode ser banida por questões de saúde – Entenda!

A raça vai passar por uma análise de órgãos competentes para tentar solucionar os problemas relativos à saúde dos animais.

- Tempo de leitura: 2 minutos -

O Kennel Club, entidade que monitora a criação de cães, atualizou as diretrizes de raça para buldogues franceses. A medida veio após preocupações de que os cães estejam sendo criados com “características extremas” que agravam os problemas de saúde.

A raça braquicefálica (que significa “face plana”) normalmente enfrenta problemas de saúde como respiração deficiente, problemas nos olhos e dobras cutâneas que são agravados pela criação irresponsável, disse o Kennel Club.

Os buldogues franceses explodiram em popularidade na última década e são uma das raças de cães mais populares em todo o mundo.

A demanda pelo bulldog francês aumentou 1.682% desde 2010, alimentada por  celebridades como Reese Witherspoon, Lady Gaga, Chrissy Teigen e John Legend e David e Victoria Beckham.

Problemas de saúde

Mas, em meio à demanda crescente, o Kennel Club alertou que criadores e compradores irresponsáveis levaram o cão a ter “características extremas”, particularmente um nariz encurtado que muitas pessoas consideram “fofo”.

De acordo com o PDSA , as características da raça podem levar a problemas de saúde, como a síndrome obstrutiva das vias aéreas braquicefálicas (BOAS), que pode causar problemas respiratórios graves, problemas dentários e oculares e dermatite de pregas cutâneas, o que significa que a pele inflama ou mesmo infecciona.

Bill Lambert, especialista em saúde e bem-estar do Kennel Club, disse em entrevista ao New York Post: “Certos problemas de saúde em buldogues franceses foram impactados por seu enorme aumento na popularidade, e continuamos extremamente preocupados com os exageros que parecem criar uma aparência ‘fofa’ e tornaram-se gradualmente vistos como normais e até desejáveis.

Novas diretrizes para o bem estar da raça

“Todos os padrões da raça são revisados ​​regularmente, informados por dados de saúde específicos da raça em andamento e são explícitos que quaisquer exageros físicos devem ser evitados”.

“Essas mudanças nos padrões da raça buldogue francês visam garantir que não sejam mal interpretados e que os cães sejam criados tendo sua saúde e bem-estar como prioridade absoluta”.

As revisões das diretrizes incluem que um focinho bem definido deve “ser claramente visto de perfil” e as narinas do cão devem estar “visivelmente” abertas.

O Kennel Club espera que as novas diretrizes, assim como mais pesquisas sobre a saúde das raças braquicefálicas, ajudem a “melhorar e proteger a saúde da raça”.

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Se você continuar a usar este site, assumiremos que você está de acordo com isso. Aceitar Ler Mais

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->