Conheça os benefícios complementares do novo Auxílio Brasil! – Quem tem direito?

Saiba como vai funcionar o Auxílio Brasil e quais são os benefícios complementares.

- Tempo de leitura: 3 minutos -

O Auxílio Brasil começa a ser pago neste mês de novembro. Inicialmente, o benefício vai pagar, em média, R$ 217,18. O programa vai substituir o Bolsa Família a partir do dia 17. A medida provisória (MP) que cria o programa precisa da aprovação do Congresso Nacional até o dia 7 de dezembro. 

O novo programa do Governo Federal tem como objetivo atender cerca de 17 milhões de famílias. Estima-se que entre 50 e 60 milhões de pessoas seriam atingidas. O presidente Bolsonaro espera que 2,5 milhões de famílias sejam acrescentadas ao benefício, além das 14,6 milhões do Bolsa Família. 

Apesar de ser tratado como um benefício, o Auxílio Brasil engloba três benefícios básicos e seis benefícios suplementares. De acordo com as informações da Agência Brasil,  o valor de R$ 400 será pago apenas com a aprovação da PEC dos precatórios.

Quem recebe?

Poderão receber o Auxílio Brasil as famílias com renda, por pessoa, de até R$ 200. Essas famílias se encaixam nos critérios de pobreza e extrema pobreza.  O auxílio começará a ser pago em 17 de novembro. As datas utilizadas pelo Bolsa Família serão mantidas.

O governo ressaltou que todas as famílias atendidas pelo Bolsa Família serão automaticamente cadastradas no Auxílio Brasil. 

Benefícios Básicos

Como dissemos anteriormente, o Auxílio Brasil se divide em vários benefícios. 

Benefício Primeira Infância: este benefício é destinado para as famílias que tem crianças de até 3 anos. As famílias receberão R$ 130 por criança. O valor máximo será de 650 reais, ou seja, limitado a cinco benefícios.

Benefício Composição Familiar: no caso deste benefício, serão contempladas as famílias que têm gestantes, crianças e adolescentes entre 3 a 17 anos de idade, ou jovens de até 21 anos que estejam estudando na rede de educação básica. Neste caso, o benefício será de R$ 65 por pessoa que se encaixa nesses critérios. O valor máximo é de 325 reais, ou seja, limitado a cinco benefícios.

Benefício de Superação da Extrema Pobreza: este benefício funciona como um complemento para famílias que não ultrapassam a renda, por pessoa, de 100 reais por mês. 

Benefícios suplementares

Auxílio Esporte Escolar: este auxílio será pago para famílias que têm estudantes entre 12 a 17 anos incompletos. Esses alunos devem se destacar nos Jogos Escolares Brasileiros. Este complemento será de 1200 reais divididos em 12 parcelas. 

Bolsa de Iniciação Científica Júnior: neste caso o complemento é pago para estudantes que se destacam em competições acadêmicas e científicas. Este complemento será de 1200 reais divididos em 12 parcelas. 

Auxílio Criança Cidadã: este benefício contempla famílias que têm filhos de até 4 anos incompletos e não tenham conseguido vaga em creches públicas ou privadas. O auxílio será pago até a criança completar 4 anos. O benefício varia entre 200 e 300 reais mensais.

Auxílio Inclusão Produtiva Rural: este complemento é focado em famílias que tenham agricultores familiares em sua composição. Serão pagos 200 reais mensais.

Auxílio Inclusão Produtiva Urbana: este auxílio é direcionado para pessoas atendidas pelo Auxilio Brasil que conseguiram um emprego com carteira assinada. Os beneficiários receberão R$ 200 mensais. Apenas um benefício é permitido. 

Benefício Compensatório de Transição: quem teve o valor do Bolsa Família reduzido receberá esse auxílio. Ele vai complementar o valor para que seja equivalente ao que era recebido.

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Se você continuar a usar este site, assumiremos que você está de acordo com isso. Aceitar Ler Mais

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->