Saiba como ir de Cartagena para San Andrés, na Colômbia

Ruelas históricas, café de sabor inconfundível e praias que constroem um cenário paradisíaco estão à sua espera neste roteiro imperdível.

0

Caminhar por ruas repletas de histórias e banhadas com o aroma inconfundível do café colombiano. De repente, dar de cara com praias de areias brancas e um azul tão estonteante que você vai ter uma certeza: o paraíso é aqui! Assim, podemos descrever a dupla dinâmica do turismo na Colômbia: Cartagena e San Andrés! Mas, você sabe como ir de uma a outra? 

Antes de traçar o roteiro, é interessante conhecer um pouco de cada cidade para inspirar seus planos! Cartagena de Índias é uma cidade portuária situada na costa caribenha da Colômbia. Cheia de história, tem como uma de suas principais atrações a Cidade Murada (ou Cidade Amuralhada), fundada no século XVI, com prédios coloniais coloridos, praças e ruas de paralelepípedo dignos de cartão postal. 

Cidade Murada (Amuralhada), em Cartagena de Índias
Entrada principal da Cidade Murada, em Cartagena de Índias

A Ilha de San Andrés, ou simplesmente, San Andrés, é a maior das ilhas que forma o arquipélago de San Andrés, Providencia e Catalina, também no território colombiano. Dona de um ecossistema diversificado, abriga corais, gêiseres, bosques e ilhotas. Suas águas mornas multicoloridas são perfeitas para a prática do mergulho. Entre suas atrações, estão os cedros da praia de Johnny Cay e a Morgan’s Cave. 

Praia Johnny Cay, em San Andrés
Praia Johnny Cay

Como chegar a Cartagena

Existem duas formas para os brasileiros chegarem até Cartagena – avião e navio. Ainda não há voos diretos de nossas capitais, portanto, será necessário fazer uma conexão em Lima ou Bogotá, se a opção por pela Latam Airlines

Pela Copa Airlines, a conexão é feita na Cidade do Panamá. Se tiver tempo, vale a pena pernoitar em qualquer uma delas, incluindo o stopover (parada de uma noite) em sua passagem. 

Outra opção para conhecer Cartagena é de navio, mas as paradas são normalmente bem curtas. Algumas bandeiras têm a cidade portuária como ponto de partida e chegada, o que facilita na hora de seguir viagem para outro destino no país. 

Mas, quando ir para Cartagena? A cidade é quente o ano todo, mas, há maior incidência de raio solares entre os meses de maio e novembro. 

Como ir de Cartagena para San Andrés?

San Andrés também é alcançável por avião, com voos chegando ao Aeroporto Gustavo Rojas. Há a possibilidade de chegar até a ilha direto de Lima, Bogotá e Panamá, pelas mesmas companhias aéreas acima. Porém, a maior parte dos roteiros inclui a cidade de Cartagena, por isso, é importante saber como ir de uma a outra. O trajeto entre as duas é feito de avião em voos bastante rápidos e baratos. 

A viagem costuma durar cerca de 1h30min e os voos são operados por empresas low cost, como a Wingo e Viva Colombia, ou comercial, como a Latam. Se optar pelas primeiras, saiba que o custo das passagens é bem baixo, mas os “adicionais” costumam ser cobrados, como check-in antecipado, impressão do cartão de embarque, despacho de bagagens e escolha dos assentos. 

Também é importante saber que, no momento do check in, é necessário comprar o cartão de turismo para a ilha de San Andrés, a menos que passe menos de 24 horas lá (o que é um desperdício). O cartão deve ser apresentado na entrada e saída das ilhas, sendo que um só é válido para visitar as três (San Andrés, Providencia e Catalina). No entanto, deve ser adquirido um novo caso visite Cartagena ou outro destino no continente e retorne para uma das ilhas.  A taxa custa cerca de 109.000 pesos colombianos (sujeito a alterações).

E quando ir para San Andrés? Assim como Cartagena, a ilha é quente o ano todo, mesmo com a temporada de chuvas entre maio e dezembro. Entretanto, mesmo que esteja fora da rota dos furacões, pode ser afetada pelas tempestades comuns no Caribe entre agosto e outubro. Logo, se for possível, é bom evitar a ilha neste período. 

Você pode gostar também

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.