Carros voadores devem entrar em operação no Brasil em 2025 pela Gol

Empresa adquiriu 250 unidades do carro voador da Vertical Aerospace, líder do segmento.

- Tempo de leitura: 1 minuto -

A Vertical Aerospace, um fabricante britânico líder na produção de carros voadores (eVTOL) e pioneira na transição para a aviação livre de carbono, anunciou que a Gol vai operar seus veículos no Brasil. 

A empresa vai explorar soluções sustentáveis ​​e livres de emissões de Mobilidade Aérea Avançada (AAM), com foco na aplicação da aeronave elétrica carro-chefe da Vertical, o VA-X4, no mercado brasileiro. A Gol também concordou com uma opção de pré-encomenda de até 250 aeronaves da Vertical.

Booking.com

Esta importante parceria se baseia em parcerias comerciais existentes entre Vertical e American Airlines, Virgin Atlantic, Avolon, Iberojet e Bristow, que assim como a Gol, já concordaram coletivamente com pré-encomendas condicionais para 1350 aeronaves, com um valor de aproximadamente US$ 5,4 bilhões.

A Vertical e a Gol agora começarão a avaliar em conjunto os requisitos para operações de aeronaves eVTOL no Brasil, bem como outras considerações comerciais, como rota e planejamento de rede, requisitos de infraestrutura e capacidade, além de envolver outras partes interessadas que podem desempenhar um papel no lançamento desse serviço no país.

Com suas vantagens tecnológicas e regulatórias, como a capacidade de operar o tráfego eVTOL de alta frequência em um ambiente seguro, o Brasil tem grande potencial na comercialização do mercado de AAM. 

A Gol acredita que os eVTOLs terão uma série de usos, como operações intermunicipais, intra-urbanas, transporte de aeroporto e suporte de vida, que beneficiarão clientes e comunidades. A Gol espera que as operações eVTOL comecem em 2025 e utilizará seus recursos de aviação existentes para maximizar a qualidade do transporte pessoal. 

A Vertical está agora trabalhando com parceiros em locais importantes ao redor do mundo para estabelecer operações em mercados onde há alta demanda esperada para operações eVTOL. Nos EUA, a American Airlines planeja trabalhar com a Vertical em operações de passageiros e desenvolvimento de infraestrutura. 

No Reino Unido, a Virgin Atlantic e a Vertical planejam trabalhar juntas para explorar o lançamento de uma joint venture de uma rede eVTOL de curta distância com a marca Virgin Atlantic, incluindo operações e desenvolvimento de infraestrutura.

Você pode gostar também
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.