BMW apresenta moto elétrica para jovens sem carteira – Conheça!

Nova motocicleta elétrica da BMW promete alcance de 90 km com apenas uma carga de bateria.

- Tempo de leitura: 1 minuto -

O Salão Internacional do Automóvel da Alemanha pode não começar até a próxima semana, mas isso não impediu a BMW Motorrad de revelar seu mais recente protótipo. A futurística Concept CE 02 é uma moto híbrida destinada a jovens que procuram o próximo passo em mobilidade urbana.

A divisão de motocicletas da montadora tentou criar algo novo com o Concept CE 02, por isso você seria perdoado por não saber se é uma motocicleta ou uma scooter. A marca tentou pegar os recursos essenciais de ambos os gêneros e transformá-los em um novo meio veloz de circular pela cidade sem emissões.

Booking.com

Para ajudá-lo a chegar ao seu destino rapidamente está um motor elétrico acionado por correia que pode gerar 11 kW de potência (ou cerca de 15 cavalos), de acordo com um comunicado à imprensa. 

Graças ao pequeno motor, você pode acelerar rapidamente quando o semáforo ficar verde e atingir a velocidade máxima de 90 km/h. A BMW não revelou detalhes sobre o tamanho da bateria, mas ela é forte o suficiente para fornecer 90 quilômetros de alcance. Isso deve ser mais do que suficiente para passar o dia na maioria das cidades.

A configuração híbrida do Concept CE 02 não é o único aspecto destinado a atrair os pilotos mais jovens. O veículo foi projetado especificamente com eles em mente. Até um suporte projetado para segurar skates ela tem. 

Com o novo conceito, a BMW mira nos jovens de 16 anos que nunca tiveram uma moto, já que o veículo pode ser utilizado por pessoas sem habilitação em algumas localidades.

A moto também apresenta um design ciberpunk minimalista, semelhante ao da scooter Definition Concept CE 04. Existem duas grandes rodas de disco, um garfo dianteiro, guidão e um motor – é isso. Por causa disso, o veículo inclina a balança em ultraleves 119 kgs. 

Tradicionalmente, uma moto como a Concept CE 02 parece ter poucas chances de acertar as estradas, mas não temos mais tanta certeza disso. Afinal, há apenas dois meses a BMW revelou uma versão de produção do Destination CE 04. Portanto, se você está procurando um meio-termo entre uma motocicleta e uma scooter, a paciência pode ser seu melhor aliado.

Você pode gostar também
8 Comentários
  1. Antonio Carlos Diz

    Só faltou dizer na matéria que esse tipo de veículo está começando a ser apreendido. E está sendo aplicada várias multas por voltarem várias regras de trânsito, incluindo a falta da habilitação e por não poderem andar na RUA pois não tem a possibilidade de ser emplacada

    1. Marcelo Gabert Masi Masi Diz

      Reforçando o comentário anterior: no Brasil é proibido em ciclovias ou vias públicas. Multa e apreensão.

  2. DalterLS Diz

    Calma. A regulamentação desse segmento já está vindo. Logo vai acabar essa vagabundagem de “sem CNH ” e “sem placa”. Trânsito não é lugar para crianças.

  3. Miguel Diz

    A legislação nao permite circular com esse tipo de veiculo…..quem comprar ficara com um elefante branco nas mãos ( se nao for apreendido antes). Lembrando que a multa por circular com esse tipo de veiculo é altissima!

    1. Diogo Diz

      As “crianças” muitas vezes são mais responsáveis que os adultos que por exemplo bebem muito e depois dirige ou pessoas que andam sem carteira as pessoas que falam que os adolescentes não são responsáveis é pq quando eles eram não teve pais para ensinarem a serem responsáveis por exemplo sou adolescente e tenho muito mais responsabilidade que muitos adultos

  4. Rafael Politi Diz

    Há uma pequena confusão quando se fala de veículos feitos para o mercado europeu, pois lá existe uma categoria chamada de veículos urbanos onde pessoas a partir de 16 anos podem dirigir veículos com dimensões e velocidade reduzidos somente em perímetro urbano sem precisar de habilitação e dependendo do país até sem registro, aqui no Brasil existe a categoria de ciclomotor (cinquentinha) que até 2015 não precisava de registro e habilitação, porém a partir de então ficou obrigatório o registro e foi criado uma nova categoria de habilitação chama ACC. (Lei 13154/15)

  5. Rafael Politi Diz

    Ao contrário do que muitos dizem, existe sim legislação para esse tipo de motocicleta que se chama ciclo elétrico através da Resolução 315/09, na prática o que acontece é que as empresas que importam esse tipo de moto não fazem o registro junto ao CONTRAN, portanto não é possível o emplacamento, não é proibido importar qualquer tipo de veículo no Brasil, porém nem todos podem rodar em vias públicas.

  6. Marcio Diz

    Infelizmente não tem legislação no Brasil para uso deste veículo. É comprar e ser apreendido.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Assumimos que você está de acordo, mas você pode não aceitar caso prefira. Aceitar Ler Mais