BMW apresenta moto elétrica para jovens sem carteira – Conheça!

Nova motocicleta elétrica da BMW promete alcance de 90 km com apenas uma carga de bateria.

- Tempo de leitura: 1 minuto -

O Salão Internacional do Automóvel da Alemanha pode não começar até a próxima semana, mas isso não impediu a BMW Motorrad de revelar seu mais recente protótipo. A futurística Concept CE 02 é uma moto híbrida destinada a jovens que procuram o próximo passo em mobilidade urbana.

A divisão de motocicletas da montadora tentou criar algo novo com o Concept CE 02, por isso você seria perdoado por não saber se é uma motocicleta ou uma scooter. A marca tentou pegar os recursos essenciais de ambos os gêneros e transformá-los em um novo meio veloz de circular pela cidade sem emissões.

Para ajudá-lo a chegar ao seu destino rapidamente está um motor elétrico acionado por correia que pode gerar 11 kW de potência (ou cerca de 15 cavalos), de acordo com um comunicado à imprensa. 

Graças ao pequeno motor, você pode acelerar rapidamente quando o semáforo ficar verde e atingir a velocidade máxima de 90 km/h. A BMW não revelou detalhes sobre o tamanho da bateria, mas ela é forte o suficiente para fornecer 90 quilômetros de alcance. Isso deve ser mais do que suficiente para passar o dia na maioria das cidades.

A configuração híbrida do Concept CE 02 não é o único aspecto destinado a atrair os pilotos mais jovens. O veículo foi projetado especificamente com eles em mente. Até um suporte projetado para segurar skates ela tem. 

Com o novo conceito, a BMW mira nos jovens de 16 anos que nunca tiveram uma moto, já que o veículo pode ser utilizado por pessoas sem habilitação em algumas localidades.

A moto também apresenta um design ciberpunk minimalista, semelhante ao da scooter Definition Concept CE 04. Existem duas grandes rodas de disco, um garfo dianteiro, guidão e um motor – é isso. Por causa disso, o veículo inclina a balança em ultraleves 119 kgs. 

Tradicionalmente, uma moto como a Concept CE 02 parece ter poucas chances de acertar as estradas, mas não temos mais tanta certeza disso. Afinal, há apenas dois meses a BMW revelou uma versão de produção do Destination CE 04. Portanto, se você está procurando um meio-termo entre uma motocicleta e uma scooter, a paciência pode ser seu melhor aliado.

Você pode gostar também
9 Comentários
  1. Antonio Carlos Diz

    Só faltou dizer na matéria que esse tipo de veículo está começando a ser apreendido. E está sendo aplicada várias multas por voltarem várias regras de trânsito, incluindo a falta da habilitação e por não poderem andar na RUA pois não tem a possibilidade de ser emplacada

    1. Marcelo Gabert Masi Masi Diz

      Reforçando o comentário anterior: no Brasil é proibido em ciclovias ou vias públicas. Multa e apreensão.

  2. DalterLS Diz

    Calma. A regulamentação desse segmento já está vindo. Logo vai acabar essa vagabundagem de “sem CNH ” e “sem placa”. Trânsito não é lugar para crianças.

  3. Miguel Diz

    A legislação nao permite circular com esse tipo de veiculo…..quem comprar ficara com um elefante branco nas mãos ( se nao for apreendido antes). Lembrando que a multa por circular com esse tipo de veiculo é altissima!

    1. Diogo Diz

      As “crianças” muitas vezes são mais responsáveis que os adultos que por exemplo bebem muito e depois dirige ou pessoas que andam sem carteira as pessoas que falam que os adolescentes não são responsáveis é pq quando eles eram não teve pais para ensinarem a serem responsáveis por exemplo sou adolescente e tenho muito mais responsabilidade que muitos adultos

  4. Rafael Politi Diz

    Há uma pequena confusão quando se fala de veículos feitos para o mercado europeu, pois lá existe uma categoria chamada de veículos urbanos onde pessoas a partir de 16 anos podem dirigir veículos com dimensões e velocidade reduzidos somente em perímetro urbano sem precisar de habilitação e dependendo do país até sem registro, aqui no Brasil existe a categoria de ciclomotor (cinquentinha) que até 2015 não precisava de registro e habilitação, porém a partir de então ficou obrigatório o registro e foi criado uma nova categoria de habilitação chama ACC. (Lei 13154/15)

  5. Rafael Politi Diz

    Ao contrário do que muitos dizem, existe sim legislação para esse tipo de motocicleta que se chama ciclo elétrico através da Resolução 315/09, na prática o que acontece é que as empresas que importam esse tipo de moto não fazem o registro junto ao CONTRAN, portanto não é possível o emplacamento, não é proibido importar qualquer tipo de veículo no Brasil, porém nem todos podem rodar em vias públicas.

    1. Sergio Diz

      Caro Rafael Politi Diz,

      É possível pessoa física fazer esse registro no Contra ?

  6. Marcio Diz

    Infelizmente não tem legislação no Brasil para uso deste veículo. É comprar e ser apreendido.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Se você continuar a usar este site, assumiremos que você está de acordo com isso. Aceitar Ler Mais

!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->